Conecte com a gente

VIVA+

Eita pega! Essa e outras gírias.

Tem conversa que parece codificada, a gente não entende uma só frase, porque a junção de palavras não aprece fazer sentido algum para você, mas para as pessoas que estão conversando não existe dificuldade alguma. Já passou por alguma situação parecida?

Isso acontece quando usamos em uma conversa as chamadas gírias, que são palavras que representam uma situação ou contexto, quer um exemplo?

Maria estava conversando com Juliana, quando soltou:

– Olha, lá vem meu novo Crush

Juliana que não era do mesmo meio, nem tinha a mesma idade de Maria e ficou sem entender o que era Crush, já que essa é uma gíria recente usada por adolescentes para chamar o paquera, ou pessoa que vocês está a fim.

Mas nem só de gírias modernas vivemos, temos também o regionalismo traduzido em palavras. Por exemplo, quem é de Corumbá (MS) ou conviveu com alguém de lá, com certeza já deve ter ouvido um Alas, xexar ou outras expressões. Para você entender as colocações corumbaenses, separamos uma lista de significados:

Alas – Reação de espanto, de surpresa,

Alaaaas – Não acredito que fez isso”.

Duro – É usado como advérbio de intensidade

Ele correu duro – “Ele correu rápido demais”;  “Ontem choveu duro aqui” = “Ontem choveu muito, demais da conta”)

Xexar –  O ato de furtar

 Vôti – Sinal de espanto…. significado de “cruzes”, “que horror”.

Mas vamos voltar para a Capital? Aqui em Campo Grande também temos as nossas gírias, quem nunca deu azia por algo que não gostou?! Acompanhe algumas que enchem o nosso vocabulário:

Dar azia – encher o saco, irritar;

Prosear – conversar;

Dar um pião – passear, sair;

Moagem – frescura;

Morgar – ter preguiça;

Pior – quando você concorda com algo. Ex: “Tá quente aqui né? – Pior!”

Viu como uma conversa pode ser bem diferente de região para região, claro que alguma são faladas em todo o Brasil, e você, qual é a gíria que mais usa?

Escrito por

Jornalista e especialista em marketing digital, agora mergulho no universo radiofônico. Produtora do #CaféComBlink. No ar de 2ª a 6ª, a partir das 7h, na Blink 102. Amo colecionar histórias... Me conta a sua?!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Pedrita e suas previsões, será que ela sabe mesmo?

AO VIVAÇO

Respire… 1 ano de Break Sustentável

SUSTENTABILIDADE

Descubra: Cleber e Cauan Part. Jorge – Pedaço Meu

DESCUBRA

“O Google é a tiazona que escuta a conversa da gente”

ENTRETENIMENTO

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Posts recentes

Publicidade Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat