fbpx

A espécie humana pode acabar, mas o responsável não será o Coronavírus

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
A espécie humana pode acabar, mas o responsável não será o Coronavírus

A espécie humana pode acabar, mas o responsável não será o Coronavírus

Todos estão assustados com a pandemia de COVID – 19. Muitos acreditam que esse é o começo do fim da raça humana e que o vírus que não está sendo controlado em muitas partes do mundo pode acabar evoluindo e dizimando completamente nossa espécie. Bem, lamentamos decepcionar os alarmistas do apocalipse, mas o maior perigo para os humanos não é esse.
Um relatório cientifico ambiental acaba de chegar à conclusão que a maior ameaça a humanidade é a RIQUEZA.

Cientistas da Austrália, Suíça e Reino Unido apontam para essa conclusão e alertam que os humanos precisam desenvolver políticas claras para combater o consumo excessivo, e isso deve se tornar uma prioridade para nossa espécie.

Leia aqui o relatório Scientists ‘Warning on Affluence ↓

https://www.nature.com/articles/s41467-020-16941-y#citeas

As principais conclusões desse relatório mostram que devemos pensar que:
• A riqueza é a maior ameaça ao nosso mundo
• A verdadeira sustentabilidade só será alcançada por meio de mudanças drásticas no nosso estilo de vida.
• Após o Covid – 19 o capitalismo deve ser repensando e reinicializado

Nosso maior desafio nesse pequeno planeta azul é aceitar que já estamos em um ponto de inflexão ecológico. Os seres humanos devem aceitar sistematicamente, e agora, que “para cuidar da humanidade, devemos cuidar da natureza”. Essas duas coisas estão juntas e não podem ser pensadas de forma separada.

Muita coisa no planeta depende da natureza ser preservada. O PIB, por exemplo, metade dele tem relação direta com a preservação do nosso meio ambiente, e que diz isso é a ONU. Então bilhões de pessoas dependem de uma radical mudança nosso sistema de oferta e demandas que guia a sociedade capitalista. O custo de não pensar sobre isso pode ser fatal para todos. Não pode ser mais a necessidade de consumo a principal mola a impulsionar a economia..

Será necessário daqui para frente pensar em como os investimentos devem ser direcionados para objetivos comuns, como igualdade e sustentabilidade. É essa a principal conclusão desse relatório cientifico: reduzir as desigualdades, e mudar a percepção de que as riquezas, e aqueles que as possuem, são inerentemente coisas boas e que esse acumulo não que traz benefícios para todos os habitantes desse planeta.

Leia mais sobre isso aqui ↓

https://www.weforum.org/agenda/2020/07/affluence-bigger-threat-than-coronavirus-scientists-capitalism/

E aí? O que acha do assunto? Comente!

PLANTIO DIA DA ÁRVORE

PLANTIO DIA DA ÁRVORE

Única emissora de rádio no mundo a criar um Break Sustentável A Blink nasceu na era da sustentabilidade, da ampliação de consciência e em um

Leia mais »

Assine nossa newsletter e receba tudo primeiro!

Não mandamos spam e nem divulgamos seu e-mail! Apenas enviamos mediante sua autorização.