conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

PLANTÃO DE NOTÍCIAS BLINK 102

Abril 2020 – Corona Vírus em Campo Grande

Abril 2020 - Corona Vírus em Campo Grande

OMS avisa que o coronavírus ainda é “emergência de saúde pública internacional”;

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, afirmou nesta sexta-feira em coletiva de imprensa virtual que o coronavírus ainda é uma “emergência de saúde pública internacional”. A conclusão vem exatos três meses depois da organização ter decretado a emergência internacional pela covid-19. “Ontem [quinta-feira], me reuni com o Comitê de Emergência para rever a evolução da pandemia e fazer as recomendações apropriadas. É claro, a pandemia permanece uma emergência de saúde pública de interesse internacional”, declarou. 

MS: 09 óbitos e 261 casos confirmados de Covid-19;

De acordo com o Centro de Estudos de Coronavírus de Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, 1.008.678 de pacientes contraíram a covid-19 e se recuperaram da doença. A Espanha é o país que teve mais recuperados (137.984), seguida pelos Estados Unidos (125.636), Alemanha (123.500), China (78.493) e Itália (75.945).;

O Instituto Polis, uma ONG que atua na área de políticas públicas urbanas e direito à cidade, fez um infográfico mostrando as diferentes realidades da pandemia de coronavirus em São Paulo;

30.04.2020 – 16:58

Brasil é o 3º país do mundo com maior número de óbitos por Covid-19;

Brasil registrou 435 novos óbitos em 24 horas, totalizando 5.901 mortes por covid-19, informa o Ministério da Saúde. Os casos confirmados chegam a 85.380, com 7.218 casos notificados em 24 horas;

Em visita a Porto Alegre nesta quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro cumprimentou apoiadores aglomerados e caminhou sem máscara, contrariando medidas paara evitar a transmissão da covid-19. O presidente esteve na cidade para a posse do novo chefe do Comando Militar Sul, Valério Stumpf. Bolsonaro não discursou na cerimônia;

O Paraguai não tem mais pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) por Covid-19, o novo coronavírus. Essa declaração foi dada pelo presidente do país, Mario Abdo Benítez, durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (29). O país, que tem 7 milhões de habitantes, registrou apenas 239 infectados e nove mortes pelo novo coronavírus, é a federação da região com os menores números durante a pandemia. “Podemos dizer que hoje não temos uma só pessoa em terapia intensiva por Covid-19”, declarou o presidente. Benitez aproveitou a boa notícia para lançar uma plataforma digital para que a população controle o destino das verbas públicas que foram encaminhadas para a combate a doença.

30.04.2020 – 11:57

Sistema de Drive-Thru em Dourados já é realidade e “pega” caso positivo de Covid-19 logo no primeiro dia de funcionamento;

MS: 09 óbitos e 255 casos confirmados de Covid-19;

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quinta-feira que o Governo “fez de tudo” para conter a crise do novo coronavírus no país e acusou prefeitos e governadores de uso político da pandemia. Ao comentar a escalada de mortes causadas pelo vírus, em relação a qual ele questionou “e daí?” no início da semana, o presidente disse a jornalistas nesta quinta-feira que cabe aos Governos locais gerir os recursos federais liberados e tomar medidas. “Governadores e prefeitos que tomaram medidas bastante rígidas não achataram a curva”, declarou, acrescentado que “o que mais a imprensa quer é colocar no colo do Governo federal” a culpa sobre o avanço da pandemia. O Brasil registra até o momento 5.466 mortes por covid-19, com 78.162 casos confirmados e 34.132 pessoas curadas. Especialistas afirmam que as medidas de isolamento adotadas pelos Estados e municípios contribuíram para que o número de mortes não fosse ainda maior. Sem apresentar provas, Bolsonaro voltou a acusar o Governo de São Paulo de inflar o número de mortes, registrando como covid-19 óbitos com causas não identificadas, para fazer uso político da crise do coronavírus.”É o governador ‘gravatinha’ fazendo politicalha” com o coronavírus, afirmou, em referência a João Doria (PSDB);

Divulgação de dados prometidos por Nelson Teich não se concretiza e agrava apagão de informações diante da ascensão severa da curva de mortes, que devem dobrar até o final de semana. Interlocução com secretários diminui.

29.04.2020 – 19:21

“Quando vai ser o pico? Não sei e ninguém sabe”, diz ministro da Saúde;

Nelson Teich diz que o Ministério da Saúde avalia agora a possibilidade de uma “segunda onda” de contágios por coronavírus, fazendo um paralelo com a gripe espanhola. “Quando vai ser o pico? Não sei e ninguém sabe. E um dos grandes problemas de estabelecer uma data é que se passa a tratar aquilo como se fosse uma verdade e, quando não acontece, todo mundo se questiona por quê. As datas que temos hoje são suposições em cima de um modelo matemático”, explica o ministro. Nelson Teich diz que não vai descartar políticas criadas na gestão de Luiz Henrique Mandetta à frente do Ministério da Saúde. “O que já existia nunca vai ser rasgado. Vamos pegar o que já tinha e melhorar isso. O que posso dizer que vamos fazer tudo o que for possível para sair dessa crise o mais rápido possível”, afirma;

Brasil tem 78.162 casos registrados de covid-19, com 5.466 óbitos, o que equivale a uma taxa de mortalidade de 7%. 34.132 pessoas se recuperaram da doença, o que equivale a 44% dos casos confirmados.

29.04.2020 – 10:42

Indisposições políticas marcam a crise de saúde no Brasil;

MS: 09 óbitos e 249 casos confirmados de Covid-19;

O Brasil superou a China na terça-feira(28), em mortes causadas pelo coronavírus, tornando-se o nono país em número de óbitos pela covid-19 desde o início da crise. As informações são da Universidade Johns Hopkins (EUA), que atualiza os dados confirmados pelas autoridades em tempo real.

  1. EUA: 58.355
  2. Itália: 27.359
  3. Espanha: 24.275
  4. França: 23.694
  5. Reino Unido: 21.745
  6. Bélgica: 7.331
  7. Alemanha: 6.314
  8. Irã: 5.806
  9. Brasil: 5.017 (a universidade contabiliza 5.083 mortes no país, somando casos informados após o boletim do Ministério da Saúde pelas secretarias estaduais).
  10. China: 4.637

Enquanto Nelson Teich (Ministro da Saúde), fala em “agravamento da crise”, com mais de 400 mortos confirmados nas últimas 24 horas, Jair Bolsonaro decidiu falar ao vivo na saída do Planalto, com jornalistas e na presença de apoiadores, uma claque quase permanente no local. Fez questão dizer que as mortes “não são de agora”, que ele lamenta, mas tem pouco a fazer. “E daí? Lamento. Quer que eu faça o quê? Sou Messias, mas não faço milagre”, afirmou. Depois de alguns minutos, disse se solidarizar com as vítimas. “É a vida. Amanhã sou eu.”  Um dos repórteres perguntou sobre o agravamento da crise citado por Teich, mas o presidente não respondeu diretamente: “Não vou obrigar o ministro da Saúde a fazer nada.” Na conversa, Bolsonaro defendeu ainda a indicação de Alexandre Ramagem para direção-geral da Polícia Federal, de quem disse ter ficado “amigo”, depois que Ramagem foi designado para fazer a sua segurança quando ele era presidente eleito, em 2018. Questionado, Bolsonaro também disse que só vai apresentar “no momento oportuno” as “provas” de que a eleição de 2018, que ele venceu, foi fraudada. Mais uma vez disse não confiar nas urnas eletrônicas.

28.04.2020 – 17:34

Brasil ultrapassa a marca de 5.000 mortos, e tem 5.385 novos casos de covid-19 confirmados em 24h;

A pandemia de coronavírus fez com que o Brasil alcançasse a marca de 5.017 mortos pela covid-19, um aumento de 474 óbitos em 24 horas, crescimento de 10,4%, a maior alta em um dia desde o início da crise. Agora o país supera a China em número de mortos: o gigante asiático divulgou ter 4.643 casos letais da doença;

São Paulo continua sendo o Estado com mais mortos, 2.049, seguido por Rio de Janeiro (738) e Ceará (403). A taxa de mortalidade registrada pela doença no Brasil também aumentou, de 6,8% para 7%;

No total o país tem 71.886 casos confirmados da doença, 5.385 novos casos em um dia. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde no fim da tarde desta terça-feira. Além disso, 1.156 óbitos ainda estão em investigação, o que pode elevar a cifra de mortos ainda mais;

O ministro da Educação e Ciências do Paraguai, Eduado Petta, anunciou que as aulas presenciais ficarão suspensas até dezembro deste ano para evitar a propagação do novo coronavírus. A decisão afeta cerca de 1,4 milhão de estudantes do ensino público e privado. No final de março, a ONU estimou que mais de 850 milhões de crianças e jovens em todo o mundo estavam com as aulas suspensas devido à pandemia;

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta terça-feira que o Brasil tem “praticamente um surto” da covid-19 e lamentou a forma como as autoridades brasileiras têm lidado no combate à pandemia. “Eles também foram de uma maneira diferente de outros países na América do Sul, se você olhar os gráficos você vai ver o que aconteceu infelizmente com o Brasil”, disse o presidente, segundo informa correspondente em Washington do jornal O Estado de S. Paulo;

Grupo de parlamentares que negocia postos no Governo em troca de apoio almeja Ministério da Infraestrutura, que controla obras e chave na retomada, mas já garantiu postos de segundo escalão na Esplanada.

28.04.2020 – 11:17

EUA superam um milhão de pessoas infectadas;

MS: 09 óbitos e 240 casos confirmados de Covid-19;

Média de 300.000 mil pessoas passam pelas barreiras sanitárias de MS;

Os Estados Unidos se tornaram o primeiro país do mundo a ultrapassar um milhão de casos confirmados de coronavírus. De acordo com a Universidade Johns Hopkins, 1.003.625 das infecções ocorreram nos Estados Unidos, um terço do total de casos no mundo: até esta terça-feira o planeta tinha 3.091.141 casos de covid-19 confirmados. Em todo o mundo, são 215 mil mortes confirmadas, um quarto delas nos EUA: 57.608 pessoas perderam a vida em decorrência da doença no território norte-americano. Na Itália, o segundo país em número de mortes, casos ultrapassaram 200.000;

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou nesta terça-feira a realização em farmácias de testes rápidos para o diagnóstico do novo coronavírus. Com isso, os testes deixam de ser exclusivos para hospitais e clínicas, e deverão ser feitos e analisados por um profissional de saúde adequado.  O teste rápido auxilia no diagnóstico, mas não serve para a contagem de casos confirmados no país, uma vez que pode apresentar o resultado “falso negativo”. A medida foi aprovada por unanimidade na Reunião Ordinária Pública da Diretoria Colegiada da Anvisa, comandada nesta manhã pelo diretor-presidente substituto da Agência, Antonio Barra Torres. “O aumento será uma estratégia útil para diminuir a aglomeração de indivíduos [em hospitais]”, disse Torres na reunião;

27.04.2020 – 18:18

Cartórios contam 247 mortes a mais que o Ministério da Saúde no Brasil;

O secretário de vigilância em Saúde, Wanderson de Oliveira, afirma que o Ministério da Saúde passou a comparar os dados entre os óbitos informados ao Ministério da Saúde pelos Estados e os registros de óbitos feitos nos cartórios. A diferença entre esses dados no Brasil, aponta Wanderson, é de 247 mortes a mais contabilizadas pelos cartórios.  O secretário pondera que ha um delay na notificação das mortes à pasta.

Brasil chega a 4.543 mortes por coronavírus e soma um total de 66.501 casos confirmados da covid-19. A taxa de letalidade é de 6,8%. Foram 338 mortes notificadas ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas;

Depois de 10 dias no comando do Ministério da Saúde, o ministro Nelson Teich retoma a entrevista coletiva técnica sobre a crise do coronavírus. O ministro disse que precisou de uma semana para se inteirar da situação e desenhar suas políticas. E que a “prioridade absoluta” neste momento é garantir a estrutura necessária para que pessoas acometidas gravemente pela covid-19 tenham acesso à estrutura hospitalar necessária. “Brasil é um país heterogêneo e vai ter ações pensadas no detalhe”, afirma. O ministro ainda que “não vai existir qualquer medida intempestiva” em relação ao relaxamento do distanciamento social;

Dólar fecha em R$5,65 no Brasil e campanha publicitária feita pela prefeitura de Teresina e postada nas redes sociais viralizou nesta segunda-feira. O vídeo mostra pessoas contrárias ao isolamento social se deparando com um difícil dilema durante a pandemia. Quem vai viver e quem vai morrer? Assita!

27.04.2020 – 11:20

09 óbitos registrados em MS;

MS: 09 óbitos e 238 casos confirmados de Covid-19;

Óbitos confirmados vem da cidade de Paranaíba e Dourados* (*essa pessoa a residência está em Dourados e estava no Tocantins);

Três Lagoas concentra o maior número de óbitos com 3 no total, em Campo Grande são 2 óbitos;

Adesão de máscaras começa ficar visível em Campo Grande;

Taxa de isolamento no MS é de 55,6% segundo Secretaria de Saúde do Estado de MS;

O novo coronavírus já infectou mais de três milhões de pessoas no mundo, segundo a contagem da Universidade Johns Hopkins. De acordo com a mesma métrica,  207.500 pessoas morreram da doença. O país mais afetado em termos brutos são os Estados Unidos, com mais de 968.000 infectados e mais de 55.100 mortos;

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu a possibilidade de tratar o coronavírus com “uma injeção” de desinfetante ou aplicando “luz solar” no corpo humano para poder assim vencer a covid-19, a doença gerada pelo vírus, informou a rede NBC. “Vejo que o desinfetante nocauteia o vírus em um minuto, em um minuto. E podemos fazer algo como uma injeção dentro ou quase uma limpeza”, afirmou o mandatário norte-americano, dirigindo-se ao diretor da Divisão de Tecnologia e Ciência do Departamento de Segurança Nacional, Bill Bryan. “Como podem ver, chega aos pulmões e alcança uma cifra enorme nos pulmões, por isso seria interessante averiguar isso”, declarou. Trump fez esta sugestão depois que Bryan apresentou as medidas adotadas para evitar a propagação do coronavírus, em que assinalou que o vírus “morre rápido” quando exposto à luz solar;

Nova Zelândia diz que conseguiu eliminar o vírus. A diretora-geral da saúde local afirma que a transmissão comunitária foi interrompida e que o país pode agora aliviar restrições. É um dos poucos países a declarar vitória na luta contra o vírus. A primeira-ministra Jacinda Ardern revelou este domingo, 27 de abril, que a Covid-19 foi eliminada — o que não significa que não existam casos novos. A conquista, explicam, está no facto de terem conseguido travar a transmissão comunitária. Simplesmente, as autoridades sabem agora “qual a origem de todos os casos”, nota Bloomfield, citada pela “BBC”. As boas notícias chegam numa altura em que no país se prepara para aliviar as restrições impostas no último mês. O sucesso da abordagem do país ao vírus tem sido atribuída à rapidez com que o governo reagiu à pandemia, através de algumas das mais rígidas restrições no mundo no que toca às fronteiras.

24.04.2020 – 17:07

Letalidade do Covid-19 no Brasil é acima da média de outros países;

Brasil: 357 óbitos nas últimas 24 horas, 10,8% mais que no dia anterior. 3.670 óbitos no total no país e 52.995 casos confirmados do novo coronavírus;

Presidente Jair Bolsonaro afirmou durante coletiva de imprensa que o Ex-Juíz e Ex-Ministro de Justiça e Segurança Pública Sérgio Moro barganhou cargo para que ele fosse nomeado no STF;

Moro rebateu em um twitter dizendo que ele teria concordado com o Presidente se estivesse vendido;

Economia Brasileira recua 7% diante da instabilidade política;

Presidente Jair Bolsonaro não respondeu os jornalistas no local.

24.04.2020 – 10:48

Sérgio Moro pede exoneração e faz acusações de interferência política do Presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal;

O agora ex-ministro afirmou à imprensa que presidente violou promessa de carta branca no cargo e que queria alguém no comando a quem pudesse “ligar, colher informações e relatório de inteligência”.

A notícia da saída do diretor-geral da PF começou a circular na tarde de quinta-feira e gerou uma crise nos bastidores do Planalto. Valeixo trabalhou com o ex-juiz no início da Operação Lava Jato e foi levado por ele ao comando da PF no início da gestão do Presidente Jair Bolsonaro, por isso era homem de confiança de Moro. Militares entraram em ação durante a tarde de quinta-feira para tentar evitar a saída do “superministro” da pasta da Justiça. Acenaram com a possibilidade de ele ser responsável pela indicação do substituto. Mas, nesta sexta-feira, o Diário Oficial trouxe a exoneração do diretor-geral da PF. Nas redes sociais, o próprio Planalto e o deputado Eduardo Bolsonaro ressaltaram, de forma a tentar criar uma vacina, que a saída de Valeixo foi feita “a pedido”. A justificativa, entretanto, foi rechaçada por Moro na manhã desta sexta, ao afirmar que ele estava sendo pressionado. O agora ex-ministro também afirmou que não assinou a exoneração de Valeixo, apesar de sua assinatura constar no Diário Oficial. “Eu não assinei [a exoneração do Valeixo]. Fui surpreendido. Achei que foi ofensivo.”

Moro ressaltou ainda que essa interferência na Polícia federal não ocorreu nem durante dos governos do Partido dos Trabalhadores, um dos principais alvos da Operação Lava Jato, o que acerta em cheio uma das bandeiras do Governo Bolsonaro: a luta anticorrupção. “Foi garantida a autonomia da PF nos trabalhos de investigação. O Governo na época tinha inúmeros defeitos, crimes gigantescos e foi fundamental a manutenção da autonomia da PF, que permitiu que resultados fossem alcançados”, disse. “Imagina se durante a própria Lava Jato o ministro, a então presidente Dilma e o ex-presidente [Lula] ficassem ligando para as autoridades para obter informações?”, ressaltou. O agora ex-ministro também afirmou que escutou do presidente que havia preocupação, por parte dele, com investigações em curso. “O presidente me informou que tinha preocupação com inquéritos em curso no STF e a troca seria oportuna da Polícia Federal por esse motivo. Também não é razão que justifique a substituição. É algo que gera uma grande preocupação.”

A saída de Moro ocorre pouco mais de uma semana depois de o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deixar o posto em seu momento de maior popularidade, em meio ao combate à crise da covid-19. E é uma decisão difícil para o próprio Moro, que com a ida ao Governo abriu mão de uma carreira de juiz, que não poderá retomar. “Meu futuro pessoal após isso, abandonei esses 22 anos de magistratura, infelizmente é um caminho sem volta. Quando assumi, eu sabia dos riscos. Eu vou descansar um pouco. Nesses 22 anos foram de muito trabalho. Especialmente durante o período da Lava Jato e como ministro não tive descanso.”

Durante o pronunciamento de Sergio Moro o Ibovespa acentuou a queda nesta sexta-feira. Às 11h15, o principal índice da Bolsa de valores brasileira, a B3, recuava 7, 41%. 

MS: 07 óbitos e 213 casos confirmados de Covid-19;

O número de mortos nos EUA confirmados até esta sexta-feira era de 49.963, segundo dados da Universidade Johns Hopkins, que monitora em tempo real a evolução da pandemia no mundo. Os casos aumentaram em 26.971 em 24 horas, o número total de infecções já é 869.172. A crise que o país americano está passando também é econômica. A onda de demissões desde meados de março é de longe a maior desde que existem registros. Os Estados Unidos têm o maior número de mortes no mundo por covid-19;

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sugeriu a possibilidade de tratar o coronavírus com “uma injeção” de “desinfetante” ou de aplicar “luz solar” no corpo humano para vencer a covid-19, a doença gerada por o vírus, conforme relatado pela rede NBC. “Vejo que o desinfetante o derruba em um minuto, em um minuto. Existe uma maneira de fazer algo como uma injeção dentro ou quase uma limpeza?”, Disse o presidente dos EUA, dirigindo-se ao diretor da Divisão de Tecnologia e Tecnologia. Ciência do Departamento de Segurança Interna, Bill Bryan. (EP).

23.04.2020 – 19:18

Mais de 1.200 óbitos suspeitos de coronavírus aguardam investigação laboratorial;

De acordo com o Ministério da Saúde, 1.269 óbitos suspeitos de coronavírus aguardam investigação laboratorial para confirmar a causa da morte. Muitas das mortes notificadas diariamente ocorreram há muitos dias, devido à demora para a conclusão dos testes. Dos 407 óbitos confirmados hoje por covid-19, 112 ocorreram nos últimos três dias, e os demais 295, antes ainda desse período. Atualmente, o Brasil contabiliza 2.095 mortes notificadas em decorrência do coronavíurs;

O ministro da Saúde, Nelson Teich, afirmou que não sabe se o grande aumento de mortes registradas em 24 horas “representa um esforço de fechar os diagnósticos” e zerar, assim, a fila de testes, ou se trata-se de “uma linha tendência de aumento” da mortalidade no Brasil. “Na prática, o que você tem que fazer é acompanhar dia a dia. Por isso, eu disse ontem que as previsões matemáticas têm que ser feitas com dados mais recentes, porque assim é mais preciso. Temos que esperar os próximos dias para saber o que está acontecendo”, disse Teich;

O presidente Jair Bolsonaro não comentou as especulações sobre a saída do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, de seu Governo em sua live no Facebook desta quinta-feira. Apesar de o pedido de demissão de Moro, por ocasião ameaça de troca do diretor-geral da PF, ter dominado o noticiário ao longo de todo o dia, o “assunto do momento” para o presidente é o “auxílio da Caixa”. Ao lado do presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, Bolsonaro fez um balanço da distribuição do benefício, explicou por que algumas pessoas não se encaixaram nos critérios e esclareceu que a falta de aprovação de um orçamento suplementar atrasou os planos do Governo. Além disso, o presidente da Caixa informou que, por conta de filas, 1.100 agências do banco passarão a abrir duas horas mais cedo. Neste sábado, serão 800 as agências a abrir –as escolhidas são exatamente aquelas que registraram mais filas. Bolsonaro aina mencionou a portaria do Ministério da Defesa publicada hoje sobre o quantitativo de munições que pode ser adquirido ao longo do ano.

23.04.2020 – 10:54

Sétimo óbito em MS por Covid-19;

Mais um óbito por Covid-19 (Coronavírus) acaba de ser confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Três Lagoas. Trata-se de uma mulher de 76 anos de idade que, além de estar com a doença e internada na UTI, tinha outras patologias, como: hipertensão, doença neurológica crônica e Alzheimer;

MS: 07 óbitos e 186 casos de Covid-19;

Ministro da Saúde anuncia “plano de saída” da quarentena em uma semana e promete “recuo” em caso de erro de cálculo. Nelson Teich disse que não é possível aplicar testes em massa no país e que Brasil não pode sobreviver “um ano e meio parado”;

“Tanto o Ministério da Cidadania quanto a Caixa manifestaram seu desejo de antecipar o pagamento da segunda parcela. No entanto, devido ao alto número de informais cadastrados e a determinação do governo em não deixar ninguém para trás, todas as expectativas foram superadas e tornou-se imperativo solicitar crédito suplementar para poder completar o atendimento a todos”, explicou o Ministério da Cidadania em nota na noite desta quarta-feira. A pasta destaca que “o recurso disponível para cada uma das três parcelas é de R$ 32,7 bilhões”e que “já foram transferidos R$ 31,3 bilhões, e ainda serão avaliados cerca de 12 milhões de cadastros para a primeira parcela”;

O continente africano chegou na manhã desta quinta-feira ao total de 25.924 casos confirmados e 1.246 mortes pelo novo coronavírus. A Argélia é o país com mais falecimentos, 402, enquanto Egito e África do Sul são os com mais contágios, quase 4.500 cada um. Existem algumas denúncias de censura, principalmente na Argélia, e os números não são certeiros pela dificuldade que os Governos encontram em contabilizá-los. Segundo a OMS, a África está apenas na primeira etapa da pandemia.

22.04.2020 – 19:03

Brasil conta 165 novas mortes por Covid-19;

O número de óbitos no país chegou a 2.906, com 45.757 casos de coronavírus confirmados. O índice de letalidade é 6,4%, de acordo com os últimos dados do Ministério da Saúde;

O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, informou que outras 474 mortes foram registradas nas últimas 24 horas, o que representa uma pequena recuperação em relação ao dia anterior e coloca o número total de mortes em 15.302. No entanto, ele destacou em sua entrevista coletiva que este é o terceiro dia consecutivo em que o número diário de mortes é inferior a 500, uma indicação de que o surto está se estabilizando após dias em que o número esteve acima de 700. Ele também destacou que o número de pacientes internados em hospitais diminuiu pelo nono dia seguido;

O ministro da Saúde, Nelson Teich, anunciou nesta quarta-feira que o general Eduardo Pazuello como o número dois da pasta. Ele será o novo secretário-executivo da Saúde. Pazuello comandou, de 2018 até o início deste ano, a Operação Acolhida, de apoio humanitário a refugiados venezuelanos em Roraina. Depois disso, assuminou o comando militar do Exército na Amazônia, em Manaus. “Ele tem muita experiência em logística, compra e distribuição, algo muito importante para o ministério neste momento”, afirmou Teich;

Governo do Estado de São Paulo prevê abertura gradual no dia 11 de maio. O Governador João Dória avalia projeção dos casos para conciliar economia e saúde. Nesse momento o Estado é o Epicentro de Covid-19 no Brasil;

Governador do Distrito Federal, que diz não considerar Bolsonaro um aliado, inicia reabertura do comércio após 40 dias de quarentena. Ele elogia novo ministro, e critica socorro econômico do Executivo. Além disso citou: “Mandetta já foi tarde”;

O Senado aprovou, nesta quarta-feira, por unanimidade, ampliar as categorias de trabalhadores que podem receber o auxílio emergencial de 600 reais que está sendo pago pelo Governo a trabalhadores de baixa renda prejudicados pela pandemia do coronavírus. O texto que agora segue para sanção presidencial, estende o benefício para outras categorias de trabalhadores informais e autônomos, como caminhoneiros, diaristas, garçons, catadores de recicláveis, motoristas de aplicativos, manicures, camelôs, garimpeiros, guias de turismo, artistas, taxistas, entre outros. O novo texto inclui no auxílio os sócios de empresas que estão inativas e as mães adolescentes (não contempladas pela lei porque o auxílio é destinado aos maiores de 18 anos). Também estende para aos lares só com pais que criam os filhos (monoparentais) a possibilidade de receberem duas cotas do auxílio emergencial (1.200 reais), uma vez que a lei havia restrito essa possibilidade apenas às mulheres chefes de família.

22.04.2020 – 12:22

Transmissão comunitária do Covid-19 é realidade em MS;

MS: 06 óbitos e 175 casos de Covid-19;

Secretário de Saúde do Estado Geraldo Rezende diz: “As pessoas que estão na rua protestando devem assinar um terno abrindo mão dos respiradores”. Aumento do número de casos confirmados SEM VÍNCULO é um risco eminente para população;

Segundo os dados da Universidade Johns Hopkins, nos EUA, a pandemia de coronavírus já atingiu ao menos 2.578.930 de pessoas e matou 178.096 infectados. Estados unidos continuam como epicentro mundial e já registraram cerca de quatro vezes o número de infecções da Espanha;

A Itália chega ao número de 187.327 casos confirmados desde o início da pandemia. De ontem para hoje, foram 437 mortos, que totalizam 25.085 falecidos no total.

21.04.2020 – 19:08

Petróleo dos EUA tem movimento de recuperação após ordem de Trump de encher reservas;

O barril do West Texas Intermediate (WTI) desenha uma recuperação nesta terça feira após na véspera ter caído mais 300% e ter fechado em nível negativo pela primeira vez na história. A retomada do petróleo dos Estados Unidos, no entanto, é muito fraca e volátil para ser considerado uma tendência.  Por volta das 7h45, o preço seguia negativo, em -6,30 dólares. Nesta segunda-feira, o barril do WTI chegou a ser cotado a 37 dólares negativos. O anúncio de que os Estados Unidos comprarão até 75 milhões de barris para encher as reservas estratégicas até o limite contribui para estabilizar minimamente o mercado;

Já foram confirmados 2.423.470 casos de covid-19 no mundo, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), e 166.041 óbitos. O Brasil, com 40.581 pacientes diagnosticados e 2.575 mortes, ocupa a 11ª posição global em número de casos e também em número de óbitos em decorrência do coronavírus;

O ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes autorizou nesta terça-feira a abertura de inquérito para investigar quem financiou e organizou os atos contre o Congresso, o Judiciário e a favor da intervenção militar, realizados em várias cidades no domingo. O pedido para a apurar os protestos foi feito pelo procurador-geral da República, Augusto Aras. O presidente Jair Bolsonaro chegou a participar de um dos atos, onde falou sem máscara em meio a forte tosse que não queriam “negociar” com ninguém. Já na segunda-feira o mandatário afirmou não saber que se tratava de um evento anti-democrático.

21.04.2020 – 14:07

Óbito confirmado em Três Lagoas/MS;

Segundo o site da Prefeitura e Três Lagoas, um idoso de 87 anos de idade é a segunda vítima da Covid-19 (Coronavírus) a vir a óbito na cidade. Ele estava entre os 18 casos confirmados no Boletim Epidemiológico emitido pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), por meio da Vigilância Epidemiológica. O idoso veio a óbito na manhã desta terça-feira (21), estava internado e entubado. Segundo a SMS, o paciente tinha outras comorbidades (doenças), como: hipertensão e diabetes. A vítima não tinha histórico de viagem e nem de contato com caso positivo;

MS: 06 óbitos e 173 casos confirmados de Covid-19;

Brasil ainda está em fase inicial da epidemia, afirma Ministério da Saúde. Um posicionamento contrário ao discurso do Presidente Jair Bolsonaro, que disse recentemente em coletiva de imprensa, que o coronavírus “já estava passando”.

20.04.2020 – 16:34

Brasil marca 383 óbitos em apenas um dia… NÃO, ESPERA…

O Ministério da Saúde cometeu um erro de digitação, segundo garante, e se equivocou ao informar sobre o número de novas mortes confirmadas por coronavírus nesta segunda-feira. A pasta afirmado anteriormente que 383 novos óbitos haviam sido confirmados; Agora, afirma que o número é de 113 novas mortes. O equívoco está no número de mortes do Estado de São Paulo: se antes havia sido divulgado 1.307 novas mortes registradas, agora o ministério afirma que foram 1.037. Taxa de letalidade é 6,3%, e não 7% (como fora divulgado anteriormente).

Assim, também mudou também a soma de mortes confirmadas em todo o Brasil pela covid-19: se antes era 2.845, agora passou para 2.575. O número de casos confirmados continua o mesmo: 40.581 confirmados em todo o território nacional;

O barril do West Texas Intermediate (WTI) desenha uma recuperação nesta terça feira após na véspera ter caído mais 300% e ter fechado em nível negativo pela primeira vez na história. A retomada do petróleo dos Estados Unidos, no entanto, é muito fraca e volátil para ser considerado uma tendência.  Por volta das 7h45, o preço seguia negativo, em -6,30 dólares. Nesta segunda-feira, o barril do WTI chegou a ser cotado a 37 dólares negativos. O anúncio de que os Estados Unidos comprarão até 75 milhões de barris para encher as reservas estratégicas até o limite contribui para estabilizar minimamente o mercado.

20.04.2020 – 13:07

Infectados no mundo já passam de 2,4 milhões;

O novo coronavírus causou até agora 2.416.135 infecções e 165.939 mortes em todo o planeta, aponta o levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Com cerca de 760.000 casos, mais que o triplo do total da Estanha, os Estados Unidos continuam sendo o epicentro mundial. O Brasil está no 12º lugar, com 38.654 casos, e é o que mais concentra ocorrências na América Latina;

MS: 05 óbitos e 171 casos confirmados de Covid-19;

Na África do Sul, que tem uma das quarentenas mais duras do mundo, as ruas vazias propiciaram a “visita” de seres que costumam ser avessos às ruas. Na Cidade do Cabo, moradores flagraram o passeio tranquilo de pinguins.

18.04.2020 – 18:04

Coronavírus chega às ilhas Galápagos;

Cerca de 80 pessoas estão com coronavírus no arquipélogo de Galápagos. 48 deles estão confinados em um barco. “Temos 48 casos identificados dentro de uma embarcação que está ancorada na costa”, afirmou nesta sexta-feira agência Efe Norman Wray, ministro presidente do conselho de Governo do arquipélogo. A doença coloca em risco o turismo na ilha que se sagrou famosa após a viagem de Charles Darwin;

Passado um mês da primeira morte notificada em decorrência do coronavírus, São Paulo mostra um mapa manchado pelo avanço da doença, com óbitos registrados em todas as regiões do município, em especial, nas periferias. É nas franjas dessa megalópole que, ao que parece, se concentram também a maior parte das mortes suspeitas de cornavírus. “A testagem é menos rápida dependendo do seu CEP”, afirma Paulo Saldiva, patologista e professor da Faculdade de Medicina da USP. Ainda segundo dados da Prefeitura, mulheres adultas entre 30 e 39 estão entre a maior parte dos infectados pela covid-19;

A pandemia de coronavírus segue avançando no Brasil, que já soma 36.599 casos confirmados e ao menos 2.347 mortes, de acordo com os dados do Ministério da Saúde divulgados na tarde deste sábado. Isso significa que 2.917 casos e 206 óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas pelo Governo brasileiro. O epicentro da pandemia continua sendo o Estado de São Paulo, com 13.894 casos e 991 óbitos confirmados. Em segundo lugar está o Estado do Rio de Janeiro, com 4.543 casos e 387 mortes registradas;

O presidente Jair Bolsonaro se aproximou de alguns poucos apoiadores que faziam ato neste neste sábado em frente ao Palácio do Alvorada. Em vídeo gravado ao vivo no Facebook, o Presidente voltou a defender o fim do distanciamento social para deter a pandemia do coronavírus, conforme defende a Organização Mundial da Saúde (OMS).

18.04.2020 – 11:57

Sistemas de saúde começam entrar em colapso no Brasil;

O Ceará, que nesta semana declarou que as unidades de terapia intensiva do SUS estavam esgotadas e já não poderiam receber pacientes com suspeita da covid-19, tem ao menos 38 pacientes em espera por um leito de UTI. O secretário da saúde do Ceará, Carlos Roberto Martins Rodrigues Sobrinho (conhecido como Cabeto), explica que a fila (que na quinta-feira era de 48 pessoas) reduziu por conta do trabalho constante de expandir a rede, com a abertura de novos leitos. “Por que foi dito que o sistema estava esgotado? Exatamente por isto: fica 40 na fila, aí a gente amplia 20, 30 ou 40. Aí empata. E daí por diante, mas isso tem um limite. Então cada dia a gente fica se reinventando”, declarou;

O Reino Unido ultrapassou 15.000 mortes pelo coronavírus em estado de alarme total por causa da situação nos asilos. Os casos positivos confirmados estão perto de 115.000, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados neste sábado, em meio a informações de que as mortes em lares de idosos multiplicam as estimativas oficiais por cinco. Os 888 novos casos relatados neste sábado é uma cifra menos dos que os 980 casos registrados há uma semana. No total, são 114.217 positivos confirmados.

17.04.2020 – 18:04

Brasil tem 2.141 mortes em 33.682 casos de coronavírus;

O Brasil contabiliza nesta sexta-feira (17) 33.682 casos confirmados de coronavírus e 2.141 mortes pela doença. Nas últimas 24 horas, foram notificados 3.257 novos casos da doença e 217 novas mortes. Os números, repassados pelo Ministério da Saúde, estão consolidados com as informações que foram repassadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde ao Ministério da Saúde até às 14h desta sexta-feira (17). O Brasil ainda enfrenta limitação no número de testes e demora para o processamento dos exames, o que impacta nas estatísticas;

O secretário da Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, afirmou nesta sexta-feira que o Governo Doria tem como meta chegar a uma taxa de isolamento de 60% em todo o território paulista. Nas últimas semanas, a equipe liderada pelo infectologista David Uip vinha afirmando que somente um isolamento de 70% poderia evitar o colapso na pública de saúde. Questionado sobre se mudou a meta, Germann garantiu que o objetivo sempre foi conseguir uma taxa entre 50% e 70%. Ele também aproveitou para lembrar que os pauslitas não devem aproveitar o feriado de Tiradentes para viajar, mas sim para ficar em casa;

Coronavírus deixa rastro de mais de 150.000 mortos e 2,2 milhões de infectados no mundo. Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins informaram que as cifras de mortos e contaminados pelo coronavírus no mundo já alcançaram 150.000 e 2,2 milhões, respectivamente. O país mais afetado continua sendo os Estados Unidos, com 683.000 pessoas testadas positivas, e 34.757 óbitos;

Sem visitas nem acesso a advogados, presos temem coronavírus. Primeira vítima morre em cadeia do Rio de Janeiro. De acordo com levantamento feito pelo EL PAÍS com base nas portarias e notas técnicas elaboradas pelas secretarias de administração penitenciária e enviadas ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), ligado ao Ministério da Justiça e da Segurança Pública, ao menos 14 Estados e o Distrito Federal suspenderam o atendimento de advogados e defensores públicos em todo seu território ou em algumas unidades específicas.

17.04.2020 – 11:58

Máscaras em Campo Grande/MS são “recomendadas” pela Prefeitura Municipal;

MS: 05 óbitos e 143 casos confirmados de Covid-19;

EUA: 4.591 óbitos em 24h;

O número total de casos confirmados da covid-19 no mundo está em 2 milhões e 173 mil, segundo parcial atualizada nesta manhã pela Universidade Johns Hopkins. Os EUA são o país com mais doentes: 671.425. Espanha, Itália, França, Alemanha e Reino Unido já contabilizaram mais de 100.000 casos. No mundo inteiro, 146.291 pessoas já morreram pelo novo coronavírus;

O presidente Jair Bolsonaro agradeceu ao ex-ministro Luiz Henrique Mandetta em discurso durante a posse do novo chefe da Saúde, Nelson Teich. Ele afirmou que Mandetta, demitido do cargo nesta quinta-feira após um mês de crise durante a gestão da pandemia de coronavírus do “fez o que achava que tinha que ser feito” e “deu o melhor de si”. “Não existem vitoriosos nem derrotados”, disse, em referência ao ex-auxiliar;

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou agora a prorrogação da quarentena no Estado para o dia 10 de maio. Todos os municípios do Estado estão em quarentena desde o dia 24 de março. Doria afirmou que a prorrogação é para evitar “o colapso” na saúde pública e particular do Estado. São Paulo apresentou ontem 49% de índice de isolamento social, abaixo dos 50% que vinha apresentando nos dias anteriores e longe dos 70% considerada ideal pelo Governo;

16.04.2020 – 17:40

Bolsonaro troca Mandetta por Nelson Teich;

Após o presidente Jair Bolsonaro demitir Luiz Henrique Mandetta do Ministério da Saúde, o Governo diz que não realizará nesta quinta-feira a entrevista coletiva diária para tratar do coronavírus. Há expectativa de que o presidente faça um pronunciamento sobre a troca no ministério ainda nesta tarde. O novo ministro será o médico oncologista Nelson Teich.

O anúncio da saída de Mandetta do Ministério da Saúde reavivou os panelaços, que haviam perdido intensidade pelo país nos últimos dias. Além disso, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso se posicionou no twitter sobre a saída de Mandetta;

Nova York é o estado mais afetado pela pandemia de coronavírus e seu governador, Andrew Cuomo, anunciou nesta quinta-feira uma prorrogação das rigorosas medidas de isolamento. Em sua entrevista coletiva diária, Cuomo relatou que 606 mortes foram registradas nas últimas 24 horas, o número mais baixo em 10 dias. Apesar da informação, Cuomo enfatizou que as ações de contenção devem continuar. “Gostaria que a taxa de infecção caísse ainda mais”, reconheceu o governador, que decretou que “a política de isolamento de Nova York continuará até 15 de maio”;

MS/UTI: 900 leitos prontos e 511 em efetivação.

16.04.2020 – 10:57

Óbito por Covid-19 em Três Lagoas é confirmado;

MS: 05 óbitos e 131 casos confirmados;

3 respiradores para 5 milhões de pessoas: o drama da pandemia na África;

As forças de segurança nigerianas mataram pelo menos 18 pessoas em uma ação para impor restrições de movimento no país, de acordo com um relatório da Comissão Nacional de Direitos Humanos da Nigéria. Dessas vítimas, 12 são do Estado de Kaduna, localizado na metade norte do país. O chefe da Comissão de Direitos Humanos, Tony Ojukwu, revelou que “enquanto a Covid-19 matou onze pacientes, as forças de segurança executaram extrajudicialmente 18 pessoas para fazer cumprir as ordens”. A comissão assegurou que, entre 30 de março e 13 de abril, recebeu 105 denúncias sobre supostas violações de direitos humanos em 24 estados do país africano. Os possíveis abusos incluíram casos de estupro, detenções arbitrárias e execuções extrajudiciais, segundo os jornais The Punch e This Day, relata a Europa Press;

15.04.2020 – 18:51

Brasil tem 1.736 mortes por coronavírus em 28.320 casos confirmados;

Nas últimas 24 horas, foram notificados ao Ministério da Saúde 3.058 novos casos e 204 mortes. O Brasil ainda enfrenta uma longa fila de testes reprimidos, o que impacta nas estatísticas;

O ministro Luiz Henrique Mandetta diz que não aceitou a demissão do secretário Wanderson de Oliveira. “Falei que não aceito, Wanderson continua”, afirma. E acrescentou que a equipe seguirá trabalhando junta até que o próprio Mandetta deixe a pasta.  “Entramos no Ministério juntos, estamos no Ministério juntos e sairemos do Ministério juntos. Hoje teve muito ruído por conta do Wanderson, por conta de toda essa ambiência. O Wanderson já mandou lá pro setor dele falando que ia sair. Aquilo virou uma… chegou lá pra mim. Eu falei que não aceito. Wanderson continua, está aqui. Acabou esse assunto. Nós vamos trabalhar juntos até o momento de sairmos juntos do Ministério da Saúde”, afirma Mandetta;

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, João Gabbardo, afirmou durante entrevista coletiva que 159 respiradores e 300 mil máscaras N95 adquiridas pela empresa Suzano chegou ao país. Gabbardo afirmou que 210 leitos de UTI foram habilitados nesta quarta-feira para atender pessoas com coronavírus, em hospitais localizados no Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul e Salvador. Gabbardo ainda anuncia o lançamento de um edital para fornecimento de equipamentos de proteção individual. O gestor diz que o Governo recebeu 30 tomógrafos de doações de bancos e anunciou que os hospitais deverão informar as condições que dispõem para a distribuição desses equipamentos;

Em coletiva de imprensa, o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus do Governo do Estado de São Paulo, afirma que a taxa de ocupação da UTI do Hospital das Clínicas passou de 77% para 83%. Ele também afirmou que 199 municípios já apresentam casos confirmados da Covid-19 e que há uma clara “interiorização” da pandemia pelo Estado. O médico também falou que já existe uma clara pressão sobre o sistema público de saúde;

Mundo: 2.075.532 de pessoas infectadas;

OTAN adverte que a pandemia pode ter efeitos geopolíticos “significativos” a longo prazo. “Consideramos as implicações a longo prazo dessa crise de saúde para nossas sociedades e o mundo. Os efeitos geopolíticos da pandemia podem ser significativos”, alertou o secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, em uma entrevista coletiva ao final de uma videoconferência de ministros da Defesa para abordar a resposta à pandemia. “É muito cedo para tirar as conclusões finais, mas é claro que precisamos fortalecer ainda mais a resiliência de nossas sociedades, planejar melhor as futuras pandemias, proteger nossas indústrias críticas e melhorar nosso planejamento de continuidade de negócios”, afirmou. Especificamente, ele mencionou que “alguns podem procurar usar a desaceleração econômica como uma oportunidade de investir em nossas indústrias e infraestrutura críticas, o que por sua vez pode afetar nossa segurança a longo prazo e nossa capacidade de lidar com a próxima crise, quando ela vier.” (Efe)

15.04.2020 – 10:53

Wanderson de Oliveira, braço direito de Mandetta, pede demissão;

Considerado o braço direito de Luiz Henrique Mandetta, ministro da Saúde, Oliveira enviou uma carta aos funcionários de sua área na quarta-feira, afirmando que “a gestão de Mandetta acabou”, conforme informou a colunista da  Folha de S. Paulo Mônica Bergamo;

MS: 04 óbitos e 121 casos confirmados de Covid-19;

Secretaria Estadual de Saúde amplia em 36% disponibilidade de leitos de UTI em MS;

Mais de 130.000 mortes com coronavírus no mundo. A Universidade Johns Hopkins já contou mais de 130.500 mortes em 185 países de infectados com o corornavírus;

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump suspende repasses financeiros à OMS em meio à pandemia do coronavírus, anunciou nesta terça-feira a suspensão dos repasses feitos pelo país à Organização Mundial de Saúde. A medida foi uma retaliação do mandatário a uma série de críticas feitas pela entidade à maneira como ele coordenou a resposta à crise sanitária nos EUA. Além disso, segundo Trump, o fim do financiamento americano também se deve ao fato de a OMS ter supostamente se “inclinado” à favor da China ao não exigir da potência asiática medidas mais duras de combate à Covid-19. O anúncio de Trump ocorre no dia em que os EUA ultrapassaram a marca de 25.000 óbitos relacionados ao coronavírus, e beiram os 600.000 casos confirmados da doença, fazendo do país o mais afetado do mundo pela pandemia;

O continente africano tinha, até esta quarta-feira(15), 16.274 casos confirmados de coronavírus e 879 mortes. África do Sul e Egito, com 2.415 e 2.350 infecções, respectivamente, são os países que lideram esse triste ranking. Como sempre, os números devem ser tomados com cautela, não é coincidência que os países com mais casos tenham mais exames e o sistema de saúde mais preparado. No outro extremo estão nações como a República Centro-Africana, um país sem leitos de UTI, em guerra, com uma epidemia de sarampo e agora com medo do coronavírus. As informações são do Planeta Futuro.

Drive-Thru do coronavírus em Campo Grande: Bombeiros pedem que apenas pacientes com sintomas liguem;
67 3311-6262

14.04.2020 – 16:26

Governador do Rio de Janeiro Wilson Witzel declara que testou positivo para a Covid-19;

Estudo indica que o número real de casos no Brasil é cerca de 12 vezes maior do que o oficial;

Brasil registra novo recorde de mortes em 24 horas. O país já soma 1.532 mortes por Covid-19, de acordo com o Ministério da Saúde, 204 delas em 24 horas. No total, são 25.262 casos da doença (1.832 registrados em 24 horas);

Governo de SP cortará gastos públicos que não sejam direcionados à saúde ou segurança;

O coordenador do Centro de Contingência de Coronavírus do Estado de São Paulo, o infectologista David Uip, afirmou que o sistema de saúde está “claramente estressado” do ponto de vista de ocupação de vagas em UTI.
Ele informou o balanço de uma pequena amostra dos hospitais da capital, e disse que a ideia é ampliar este balanço para ao menos 10% das unidades (cerca de 60 hospitais).
– Situação em alguns centros de saúde:
Sancta Maggiore Higienópolis – 83% dos leitos de UTI ocupados;
Hospital das Clínicas – 77% dos leitos de UTI ocupados;
Hospital Municipal do Tatuapé – 77% dos leitos de UTI ocupados;
Hospital do Mandaqui – 76% dos leitos de UTI ocupados;
Santa Casa de São Paulo – 71% dos leitos de UTI ocupados;

O ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, informou em coletiva de imprensa que o Governo brasileiro prepara uma “operação de guerra” para trazer 960 toneladas de equipamentos da China “ao longo das próximas seis ou oito semanas”. A operação, que contará com 40 aviões brasileiros, começará nesta quarta-feira (15).

14.04.2020 – 11:43

Covid-19 mata mais que a gripe comum em uma década inteira;

Mundo: 1.949.989 casos de infecção por Covid-19.
São 122.731 óbitos em todo mundo;

MS: 04 óbitos e 115 casos confirmados de Covid-19;

Poder Público no MS tem dificuldade da adesão do distanciamento social;

01 em cada 03 infectados em Pernambuco é profissional da saúde;

Segundo o Ministério da saúde 113.000 casos no Brasil são sub-notificados;

Acompanhe aqui o portal Covid-19 Brasil. (Cientistas independentes de várias instituições brasileiras de pesquisa);

13.04.2020 – 17:56

Brasil recebeu metade dos 5 milhões de testes rápidos doados pela Vale, diz Ministério da Saúde;

Brasil: 23.430 casos de coronavírus e 1.328 mortes notificadas. São 105 mortes notificadas nas últimas 24 horas. A taxa de letalidade pela Covid-19 brasileira é de 5,7%. O país ainda enfrenta limitação de testagem e demora no processamento dos exames, o que impacta nas estatísticas oficiais sobre o avanço da doença;

Entrevista ao Fantástico (Globo) do Ministro da Saúde não agradou apoiadores de Bolsonaro;

Demora para notificação de óbitos tem média de quatro dias, segundo Ministério da Saúde.

13.04.2020 – 10:51

Campo Grande confirma 02 novos óbitos por Covid-19. Confira na matéria do Campo Grande News;

MS: 04 óbitos e 113 casos confirmados de Covid-19;

Mundo: 1,9 milhão de infecções e 114.983 mortes;

Banco Mundial projeta uma queda no PIB de 4,6% na América Latina, a maior desde que há registros. À emergência sanitária do coronavírus começam a ser adicionados os estragos econômicos. A América Latina e o Caribe fecharão 2020 com uma queda no PIB de 4,6%, de acordo com a projeção divulgada pelo Banco Mundial no início deste domingo. Entre os principais países da região, o maior golpe será no México e no Equador (ambos com queda de 6%), seguidos pela Argentina (-5,2%), Brasil (-5%) e Peru (-4,7 %). O impacto será notavelmente menor no Chile (-3%) e na Colômbia (-2%).  De acordo com essas mesmas projeções, a recuperação começará em 2021;

O G20 está considerando oferecer a países menos desenvolvidos uma moratória de dívidas, como parte de um plano para combater a pandemia de coronavírus e evitar uma crise de dívida nos mercados emergentes, disse o jornal econômico Financial Times nesta segunda. A iniciativa deve receber a aprovação dos ministros das Finanças dos países membros do G20, que se reunirão nesta semana;

A partir de hoje (13), o Governo estadual do Mato Grosso obriga a população a usar máscaras de proteção como medida de combate à pandemia da Covid-19. Durante a semana passada, o Corpo de Bombeiros distribuiu máscaras de tecido para toda a população da capital Cuiabá. O governador, Mauro Mendes, reforçou a necessidade de seguir orientações e recomendações do Ministério da Saúde. Ainda não foram divulgadas as penas para quem descumprir a ordem. Até o fim de semana, eram 121 casos do vírus em Mato Grosso, com três óbitos registrados.

12.04.2020 – 17:53

O que é a Grande Depressão econômica de 1929? Clique aqui;

Brasil: 1.223 óbitos e 22.169 de infecções confirmadas de Covid-19;

O Banco Mundial projetou neste domingo uma queda do Produto Interno Bruto (PIB) de 5% para o Brasil neste ano, um pouco mais acentuado do que o recuo médio de 4,6% calculado para a região da América Latina e Caribe, destacando a necessidade de respostas urgentes ao forte impacto do coronavírus nas economias. Para o ano que vem, a estimativa do Banco Mundial é de avanço de 1,5% do PIB brasileiro, seguido por crescimento de 2,3% em 2022. A perspectiva é mais tímida que a calculada para a América Latina e Caribe, que deve crescer na média 2,6% tanto em 2021 quanto em 2022;

O presidente do Equador, Lenin Moreno, anunciou por meio de sua conta no Twitter que determinou um corte em seu salário e no de seu vice-presidente, ministros e vice-ministros, em 50%, devido à pandemia de coronavírus. A medida também será aplicada aos 24 governadores e aos 137 membros da Assembléia Nacional. No Equador, foram detectados mais de 7.000 casos de coronavírus e 300 mortes por causas relacionadas à Covid-19;

A polícia indiana inovou para punir 10 turistas estrangeiros que ignoraram o confinamento em uma cidade no norte do país. Os viajantes, vindos de México, Israel, Austrália e Áustria, foram detidos quando caminhavam pelas ruas de Rishikesh, uma cidade aos pés do Himalaia. A punição foi escrever 500 vezes “Não respeitei as regras do confinamento, desculpe”, disse o policial local Vinod Sharma. Devido ao confinamento decretado no final de março para todo o país, os habitantes são proibidos de deixar suas casas, exceto para comprar alimentos ou medicamentos. A polícia indiana deixou claro que tem recursos para advertir os infratores do confinamento. A punição variou de lhes bater para forçá-los a agachar ou pular como sapos. A Índia registrou 273 mortes por coronavírus e 8.300 infectados.

12.04.2020 – 11:25

Brasil testa 296 para cada 1 Milhão de pessoas;

MS: 02 óbitos e 101 casos confirmados de Covid-19;

Boris Johnson recebeu alta e deixou o hospital St, Thomas, onde foi tratado para se recuperar da Covid-19. “A conselho de sua equipe médica, o primeiro-ministro não retornará imediatamente ao trabalho. Ele deseja agradecer a todos em St. Thomas ‘pela brilhante atenção que recebeu”, disse um porta-voz. Johnson testou positivo para coronavírus em 29 de março e foi hospitalizado em Londres em 5 de abril. No dia seguinte, foi a uma unidade de terapia intensiva. O primeiro-ministro foi dispensado dos cuidados intensivos na última quinta-feira. Conforme relatado pela mídia britânica, ele continuará sua recuperação na residência do primeiro-ministro em Chequers, em Buckinghamshire;

O papa Francisco rezou neste domingo (12), a tradicional Urbi et Orbi de Páscoa, numa Basílica de São Pedro sem fiéis devido ao coronavírus. A luta contra a pandemia dominou as palavras do pontífice, que instou os países mais ricos a se unirem para enfrentar a doença;

Curva de infectados segue em ascensão no Brasil, e Bolsonaro mantém ‘corpo a corpo’ com apoiadores. Dobra o número de casos em uma semana e total de pessoas com Covid-19 ultrapassa 20.000. Presidente volta a desautorizar discurso de Mandetta por isolamento social em visita a obras de hospital.

11.04.2020 – 17:11

EUA: Cidade de New York cancela aulas até o final de 2020;

Brasil: 1.124 óbitos por Covid-19 e mais de 20.000 casos;

Mortes por Covid-19, por países:

  1. EUA: 19.602.
  2. Itália: 19.480.
  3. Espanha: 16.468.
  4. França: 13.197.
  5. Reino Unido: 9.875.
  6. Irã: 4.357.
  7. China: 3.349.
  8. Bélgica: 3.346.
  9. Alemanha: 2.710.
  10. Holanda: 2.643.
  11. Brasil: 1.124.

Depois dos Estados Unidos, o Brasil é o país com mais infectados em toda a América.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou neste sábado que as escolas públicas da cidade serão fechadas pelo resto do ano letivo, uma medida que ele chamou de “dolorosa”, mas “necessária para salvar vidas”, a fim de continuar implementando o distanciamento social e vencer o coronavírus. 

11.04.2020 – 11:23

Idosos somam 22 milhões de pessoas no Brasil;

Mundo: 1.727.171 casos confirmados de Covid-19 e 104.925 infectados;

MS: 02 óbitos e 100 casos confirmados de Covid-19;

A Espanha teve mais um dia de queda no número de mortes pelo novo coronavírus, mas ainda registrou 510 óbitos em um dia. É o menor número desde 23 de março, quando 462 pessoas morreram. No país, os casos confirmados superam 161.852 e os mortos chegam a 16.353. A Espanha vem registrando nos últimos dias uma tendência de queda nos dados, mas o Governo alerta que é preciso aguardar o fim de semana para confirmar se a tendência continua nos próximos dias, quando os municípios do interior do país comunicam os dados do feriado da Semana Santa. O Governo decretou a prorrogação até 25 de abril dos controles nas fronteiras terrestres com a França e Portugal, medida que está sujeita a novas prorrogações, se necessário;

O número de vítimas confirmadas de coronavírus no Irã é de 4.357 pessoas, depois de adicionar 125 nas últimas 24 horas. 70.029 pessoas foram infectadas desde o início da epidemia, de acordo com o último relatório oficial divulgado em Teerã no sábado. Foram confirmados 1.837 novos casos de contaminação, refletindo uma diminuição de novas infecções em relação ao aumento anunciado no dia anterior (de 1.972 casos) após nove dias consecutivos de queda nesse indicador;

A Organização Mundial de Saúde afirmou neste sábado que investiga a possibilidade de pessoas curadas da Covid-19 serem novamente infectadas pelo coronavírus. O anúncio ocorre após autoridades sul-coreanas relatarem, na sexta-feira, que 91 pessoas que acreditavam curadas haviam retornado para hospitais do país com o diagnóstico.

10.04.2020 – 16:50

Adolescente yanomami de 15 anos morre em decorrência da Covid-19;

Um adolescente indígena yanomami, da comunidade Rehebe, morreu na noite desta quinta-feira (09) em decorrência do novo coronavírus. A informação foi confirmada nesta sexta pelo Ministério da Saúde. O caso aconteceu no município de Alto Alegre. O adolescente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva no Hospital Geral de Roraima, desde 3 de abril. É a terceira morte de pessoas da comunidade indígena;

Brasil: 1.057 mortes por coronavírus e soma 19.638 casos; 

Mais de 100.000 pessoas já morreram do coronavírus em todo o mundo e mais de 1,65 milhão estão infectadas, segundo dados da Universidade Johns Hopkins. A pandemia já atingiu 185 países. O Reino Unido registrou nesta sexta-feira seu pior número de mortos até agora: 980 em 24 horas. No total, o país agora tem 8.958 mortes e 70.272 infecções. Hoje, na Espanha, foram relatadas 605 novas mortes por coronavírus, o número mais baixo desde 24 de março.

10.04.2020 – 12:55

Mundo chega a 1,6 milhão de pessoas infectadas por Covid-19;

MS: 02 óbitos e 97 casos confirmados de Covid-19;

Barreiras sanitárias em MS identificam 42 pessoas com suspeita de Covid-19;

O Instituto Robert Koch alemão divulgou 113.525 casos positivos na Alemanha; um total de 5.323 casos a mais nas últimas 24 horas;

África: 11.500 infectados em 53 países, incluindo o Saara Ocidental. A África do Sul continua liderando com 1.845 casos, seguidos pela Argélia (1.572), Egito (1.560), Marrocos (1.346) e Camarões (730). O número de mortes no continente é de 576;

Alemanha pede para que seus cidadãos saiam do Brasil imediatamente;

O Governo dos Estados Unidos expulsou 10 mil imigrantes do país desde o início da crise de Covid-19, sob regulamentos de emergência adotados para evitar a propagação do novo coronavírus, revelou nesta quinta-feira o jornal “The Washington Post”. O periódico, que cita funcionários da Fiscalização de Alfândega e Proteção das Fronteiras dos EUA (CBP), diz que as deportações sumárias e as expulsões começaram a ser aplicadas em 21 de março.

09.04.2020 – 17:38

Boris Johnson deixa a UTI;

Brasil: 17.857 casos confirmados e 941 mortes por coronavírus;

Cuba confirmou 58 novas infecções por coronavírus e outros três falecimentos, elevando a ilha a mais de 500 casos positivos, num total acumulado de 515 casos confirmados e 15 mortes;

Ministério da Saúde ainda prepara plataforma para apresentar ocupação de leitos no país. Gabbardo diz que o Ministério da Saúde ainda tenta concluir o trabalho para apresentar o balanço de pacientes internados na rede privada e pública, assim como os índices de ocupação por Estado. O secretário-executivo afirmou que 290 leitos de UTI estão instalados e funcionando. Outros 40 foram entregues aos hospitais, mas não estão funcionando pela falta de itens, como por exemplo cilindro de oxigênio. No início da crise, o Ministério da Saúde informou que disponibilizaria 2000 leitos de retaguarda exclusivos para a Covid-19. Em algunas coletivas, Gabbardo já havia sinalizado que a dificuldade de conseguir comprar equipamentos havia prejudicado a distribuição dos primeiros 500 leitos, que visavam dar uma estrutura mínima para lidar com a crise em casa Estado;

João Gabbardo anuncia que na próxima segunda-feira (13), o Ministério abrirá um novo edital para cadastrar fornecedores brasileiros que tenham interesse em vender máscaras, ventiladores mecânicos e respiradores para o país.

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou hoje que os médicos de todos os hospitais municipais estão autorizados a prescrever a cloroquina para pacientes com coronavírus, contanto que haja consentimento do paciente;

09.04.2020 – 11:20

Mundo tem quase 1,5 milhão de infectados;

MS: 02 óbitos e 89 casos confirmados de Covid-19;

O Presidente Bolsonaro fez novo pronunciamento à nação na noite desta quarta-feira (08), e novamente usou um tom mais moderado do que o dos primeiros discursos feitos durante a crise do coronavírus;

Novos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA superam 6 milhões pela segunda semana consecutiva;

2,5 milhões receberam auxílio emergencial de 600 reais nesta quinta-feira (09);

Camelódromo reabre com restrições de atendimento e abertura de box;

08.04.2020 – 17:33

Fundador do Twitter doa 1 bilhão de dólares para a luta contra o coronavírus;

Brasil: 800 óbitos e 15.927 casos confirmados de Covid-19;

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informou nesta quarta-feira (8) que fechou o primeiro contrato com uma empresa brasileira para a compra de respiradores. Segundo o ministro, uma grande força-tarefa foi feita com diversas empresas (inclusive automobilísticas) para ampliar a capacidade de produção deste equipamento, fundamental para a assistência dos casos mais graves da Covid-19 nas UTIs. O ministro anunciou a produção local de 6.500 respiradores nos próximos 90 dias;

Governo boliviano é criticado por ameaçar a liberdade de expressão durante quarentena. As medidas adotadas pelo Gabinete interino da Bolívia contra a pandemia de coronavírus provocaram críticas pela margem de ação que eles deixam às autoridades para restringir a liberdade de expressão. A ONG Human Rights Watch (HRW) questionou a norma aprovada pelo Governo de Jeanine Áñez para punir aqueles que se opõem à quarentena realizada pelo país ou que desinformam a população.
Segundo José Miguel Vivanco, diretor para a América da organização de direitos humanos, “o Governo interino da Bolívia aproveita a pandemia para se imputar o poder de penalizar aqueles que publicam informações que as autoridades consideram incorretas e isso viola o direito à liberdade de expressão”;

O governador do Estado de Nova York, Andrew Cuomo, informou que houve mais 779 mortes em um único dia, um número recorde que coloca o total de mortes por coronavírus por lá em 6.268. Em perspectiva, ele lembrou que 2.753 pessoas morreram nos ataques de 11 de setembro de 2001. Cuomo enfatizou que os dados sobre as mortes são um “indicador que está atrasado”. Ele explicou que as pessoas hospitalizadas há muito tempo estão começando a morrer agora, enquanto o número de pessoas admitidas diminui. “Cada número é um rosto. Cada número é uma família”, disse durante uma entrevista coletiva na qual insistiu que as medidas de distanciamento social estão funcionando e que a infecção está diminuindo. Além disso, enfatizou o aumento da capacidade nos hospitais, bem como a transferência de equipamentos e materiais entre “diferentes colaboradores do sistema de saúde”.

08.04.2020 – 12:03

Infestogista Davi Uip retruca twitter do Presidente Jair Bolsonaro;

MS: 02 óbitos e 85 casos confirmados de Covid-19;

Itália: O levantamento diário do Governo italiano contabilizou 542 mortos hoje, 62 a menos que ontem. Entretanto, o número de contágios aumentou: 3.836 nas últimas 24 horas. O número total de falecidos é de 17.669 e o de infectados está em 139.422;

Donald Trump ataca a OMS por causa de coronavírus e ameaça cortar contribuição dos EUA;

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), pediu que “quem puder” não viaje neste feriado de Páscoa. “Faço um apelo. Por favor, não se dirijam especialmente ao litoral de São Paulo”, afirmou durante entrevista coletiva nesta quarta-feira (08);

Espanha: As mortes por coronavírus voltam a crescer na Espanha pelo segundo dia consecutivo: foram para 757 óbitos em 24 horas. O país tem 146.690 casos confirmados e um total de 14.555 mortos. Mais de 48.000 já pacientes receberam alta em um dos epicentros da crise na Europa;

07.04.2020 – 18:42

França atravessa a barreira das 10.000 mortes por Covid-19;

Brasil: 681 óbitos e 13.831 casos confirmados de Covid-19;

Até as 15h00 desta terça-feira, 15 milhões de brasileiros já haviam se cadastrado para receber auxílio emergencial de 600 reais aprovado pelo Governo, informa Pedro Guimarães, presidente da Caixa;

Chile: Os vizinhos chilenos reportaram 301 novos casos de Covid-19 de ontem para hoje, elevando o total em 5.116. São até agora 43 mortos pela doença no Chile;

Ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta informou que há nove ensaios clínicos sendo realizados em 100 centros de pesquisa brasileiros com 5.000 pacientes com sintomas leves de Covid-19. Entre os medicamentos testados, estão a cloroquina e a hidroxocloroquina, que o Ministério da Saúde já autoriza para pacientes graves ou moderados com a doença. O ministro da Saúde prevê os resultados preliminares estarão disponíveis no dia 20 de abril. 

07.04.2020 – 14:19

MS registra segundo óbito por Covid-19 em Batayporã;

MS: 02 óbitos e 80 casos confirmados de Covid-19;

Estabelecimentos em Campo Grande-MS retornam operação com aprovação de plano de segurança Biológica;

Governo lança app para auxílio emergencial e estima que pagamentos começam na quinta-feira (09). O ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, anunciou o lançamento do aplicativo Caixa/Auxílio Emergencial e o site  https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio através dos quais será possível fazer o cadastramento para receber o auxílio emergencial de 600 reais para trabalhadores informais de baixa renda, que será concedido durante a crise gerada pela pandemia de coronavírus;

Clique aqui para matéria completa sobre o Auxílio Emergencial do Governo Federal;

O médico David Uip, coordenador do centro de contingência do coronavírus em São Paulo, não quis informar se foi ou não tratado com hidroxicloroquina para se curar do coronavírus. Ele ficou 15 dias afastado, após testar positivo para a Covid-19;

Reino Unido: São, agora, 6.159 mortes e 55.242 casos confirmados no novo coronavírus no Reino Unido. O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, de 55 anos, permanece internado na UTI em estado estável. Ele está com a Covid-19 e deu entrada no tratamento intensivo ontem após seus sintomas de tosse frequente e febre permanecerem por mais de 10 dias.

06.04.2020 – 18:26

Primeiro-ministro Boris Johnson é levado para UTI;

Brasil: 553 óbitos e 12.056 casos confirmados de Covid-19;

MS: 01 óbito e 66 casos confirmados de Covid-19;

Chefe da urgência clínica da Unifesp morre de coronavírus. O médito hematologista Paulo Fernando Moreira Palazzo, que era chefe do plantão de urgência clínica do pronto-socorro do Hospital São Paulo, da Unifesp, morreu neste domingo após contrair o novo coronavírus.
Ele se torna o primeiro médico do Samu a morrer por Covid-19, já que também atendia no plantão do Samu no Tribunal de Contas de São Paulo. A informação foi confirmada pela Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH);

Diretor da OMS descarta testes de vacina contra o coronavírus em países da África: “mentalidade racista e colonial”;

“Médico não abandona paciente, e eu não vou abandonar”, afirma Mandetta, que pede “paz” para trabalhar.

06.04.2020 – 11:00

Mercado prevê queda de 1,18% no PIB brasileiro;

Primeiro Ministro Britânico Boris Johnson continua internado por Covid-19;

Japão declara estado de emergência em 7 cidades incluindo Tóquio;

Entrevista: Fernanda Versolato moradora de Madri na Espanha. Governo Espanhol supera os 30 dias de quarentena. Mortes diminuem na Espanha com isolamento social afirma Fernanda;

Em caráter excepcional, MEC autoriza formatura antecipada de estudantes de medicina e enfermagem.

04.04.2020 – 17:31

EUA pode chegar a 2.000.000 de óbitos caso não pratiquem isolamento social, segundo especialista;

Brasil: 431 mortes em 10.278 casos confirmados de coronavírus;

MS: 01 óbito e 62 casos confirmados de Covid-19;

Quatro Estados podem entrar em fase de “aceleração descontrolada” da Covid-19, diz Ministério da Saúde;

“É inevitável, todo mundo vai ter contato com vírus. O que a gente precisa é ter tempo para que consigamos lidar com isso”, afirma João Gabbardo, Secretário-executivo do Ministério da Saúde.

O Ministério da Saúde anunciou que contratou 32.000 respiradores para serem entregues nas próximas semanas.

04.04.2020 – 11:14

Governo lança na terça aplicativo para cadastrar trabalhadores informais que podem receber auxílio de 600 reais;

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, 1.083.084 pessoas já foram diagnosticadas com a  nova doença em todo o mundo;

Brasil: 366 óbitos por Covid-19 e 9.056 casos confirmados de contágio por coronavírus. A taxa de mortalidade é de 4%;

EUA enfrenta denúncias de pirataria e usurpação de equipamentos;

03.04.2020 – 15:08

“Surgimento das redes de solidariedade são um fenômeno importante para auxiliar o próximo”, afirma Marcelo Demirdjian, Mestre em direito político econômico;

MS: 01 óbito e 60 casos confirmados de Covid-19;

Entrevista: Marcelo Demirdjian, Mestre em direito político econômico, pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Ele afirma que é necessário traçar um plano de ação com foco na vida do indivíduo;

768 brasileiros foram repatriados nesta sexta-feira, informa o Palácio do Planalto. No total, 11.235 cidadãos já retornaram ao país desde o início da pandemia de coronavírus;

O Parlamento búlgaro aprovou nesta sexta-feira a extensão do estado de emergência por um mês para tentar impedir a propagação da Covid-19. Pelo menos 485 pessoas já foram infectadas no país. A decisão foi tomada por unanimidade. Além disso, 14 pessoas morreram com coronavírus na Bulgária.

03.04.2020 – 11:23

Dólar opera em alta e é vendido a 5,29 reais;

Quarentena provoca protestos em áreas pobres da Bolívia;

Os Estados Unidos tiveram um recorde mundial no número de mortes por Covid-19 em um dia: 1.169 pessoas morreram, elevando o número total de óbitos no país para 6.057 nesta quinta-feira, enquanto as infecções subiram para mais de 245.000;

A Alemanha ultrapassou 1.000 mortes nesta sexta-feira e tem 79.696 infectados;

Entrevista: Advogado Rodrigo Corrêa. Nova MP 936/2020 prevê jornada de trabalho reduzida e corte de salários em até 70%;

O Governo antecipou em um mês o prazo final de saque do abono salarial 2019/2020. Inicialmente, ele seria no dia 30 de junho e agora passa a ser 29 de maio deste ano;

Aprovação de Mandetta dispara durante pandemia e já é o dobro da de Bolsonaro, mostra Datafolha.

02.04.2020 – 18:24

Convid-19 faz 1.000.000 (um milhão) de infectados no mundo;

Brasil: 299 óbitos e 7.910 casos confirmados de Covid-19;

MS: 53 casos confirmados de Covid-19 e 01 óbito;

Ministério da Saúde convoca de fonoaudiólogos a veterinários para curso de capacitação contra o coronavírus;

Ministério da Saúde institui portaria com protocolo de internação e orça 1.500 reais por leito para tratar a Covi-19 em leito comum;

Primeiro caso de coronavírus no Brasil aconteceu em janeiro. A paciente é uma mulher de 75 anos, que acabou morrendo por complicações respiratórias no Estado de Minas Gerais no dia 23 de janeiro. É a morte confirmada por Covid-19 mais antiga no Brasil até o momento. As informações são do Ministério da Saúde.

02.04.2020 – 11:42

Número de mortos por Covid-19 no Reino Unido chega a 2.921;

Mundo: 49.290 óbitos e 966.702 casos confirmados de Covid-19;

Brasil: 241 óbitos e 6.863 confirmados de Covid-19;

MS: 53 casos confirmados de Covid-19;

Rede privada para idosos, Prevent Senior, concentra quase metade das mortes por coronavírus no Brasil. As unidades do hospital Sancta Maggiore compõem a rede de centros pertencentes a um plano de saúde particular especializado em clientes com mais de 60 anos;

Presidente das Filipinas ameaça atirar em quem desobedecer a quarentena;

Após bater patamar recorde, dólar segue em alta e é vendido a R$ 5,26;

01.04.2020 – 18:37

Primeiro caso de coronavírus é confirmado entre os povos indígenas;

Brasil: 39 óbitos e 1.119 de novos casos confirmados de Covid-19;

MS: 01 óbito e 51 casos confirmados de Covid-19;

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, informa que as Forças Armadas disponibilizaram 22 mil soldados, 700 viaturas e 40 embarcações para ajudar no combate ao coronavírus no Brasil;

Tereza Cristina, ministra da Agricultura, diz que, no momento, não há risco de desabastecimento de gêneros alimentícios no país;

O Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), Marcos Pontes, afirma que será lançada uma chamada no valor de 50 milhões de reais, através do CNPq, para desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao teste, diagnóstico, sequenciamento genético e modelagem do novo coronavírus;

O diplomata Ernesto Araújo informa que, dos cerca de 16.000 brasileiros que encontravam-se no exterior no início da pandemia do coronavírus e com dificuldades de regressar ao país, 10.000 foram repatriados pelo Itamaraty, mas 5.800 cidadãos ainda aguardam a volta ao Brasil;

90% dos óbitos registrados no Brasil são em pessoas acima de 60 anos, destaca o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. “As pessoas de mais idade precisam ser protegidas. A hora é de redobrar o cuidado. O vírus está mostrando para nós a que veio”, alerta o ministro;

Distrito Federal registra quarta morte por Covid-19;

Apenas 6% das internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) correspondem a casos confirmados de Covid-19, informa o Ministério da Saúde;

OMS pede atenção aos casos assintomáticos;

Estado do MS prorroga suspensão de aulas em toda rede de ensino;

01.04.2020 – 15:08

“A recessão é um FATO.” afirma o Mestre em Economia Eugênio Pavão;

Alemanha: estende a quarentena até o dia 19 de abril. A medida foi tomada pelo Governo federal em conjunto com os Estados e anunciada pela chanceler Angela Merkel;

Petrobras corta produção e gastos com funcionários;

Entrevista: Mestre em Economia Eugênio Pavão. Ele afirma que medidas econômicas devem ser financiadas pelo Poder Executivo para evitar que muito morram de fome. Os Bancos na visão do Professor Eugênio também precisam auxiliar nessa demanda de fortalecimento econômico;

Wimbledon, o torneio de tênis mais tradicional do mundo, foi cancelado;

Preço do botijão de gás não pode passar de 70 reais, no Estado de São Paulo determina Governador João Dória;

Itália: 727 mortos em 24 horas e 4.782 novos contágios;

Brasil: 39 mortes e 1.119 confirmações de casos de Covid-19.

01.04.2020 – 10:25

Para enfrentar coronavírus, Estado garante 138 novas UTI’s, 281 leitos clínicos e 48 semi-intensivos;  

O pronunciamento do Presidente Jair Bolsonaro durou cerca de sete minutos. É a quarta vez que o presidente convoca rede nacional para falar sobre a pandemia da Covid-19. O mesmo se viu isolado politicamente e afastado até do aliado Trump na luta contra doença;

Mais cedo, presidente distorceu fala de diretor-geral da OMS;

Panelaços soaram em várias cidades brasileiras;

Espanha: 864 mortes com coronavírus em 24 horas, segundo o Ministério da Saúde, um novo máximo diário. É o quinto dia em que o país ultrapassa 800 mortes por Covid-19 em 24 horas;

ONU: Coronavírus é a crise mais grave que o mundo enfrenta desde a 2ª Guerra;

Covid-19 faz Ibovespa despencar 30% em março, pior resultado em mais de 20 anos;

Mundo: 873.000 infectados, 43.000 mortes e 184.000 curados;

Dólar é cotado a 5,23 reais e encerra trimestre com maior valorização em 18 anos;

Mais de 30% das empresas perceberam impacto de coronavírus em março, segundo a FGV;

Comentários

Você também vai gostar:

COLUNISTAS

São vinte anos olhando para você desse mesmo lugar. Um privilégio porque daqui pude assistir seu repouso tranquilo e imaginar seu sonho que vez...

COLUNISTAS

Ouvir dizer que a palavra Beleza vem do hebraico e quer dizer “Onde Deus Brilha”. Achei poético para começar a contar sobre o dia...

COLUNISTAS

Ideia boa quando brota na cabeça, desce pelo braço, como quem vai para as pernas, desembarca na mão, vira rabisco e nasce em forma...

ENTRETENIMENTO

Tom Brady (marido da Gisele) fez uma surpresa no 40 aniversário da top. Só que ele teve ajuda de Stevie Wonder.Sua postagem no Instagram,...

BLINK NEWS

No Café com Blink o Blaster Pirotécnico Caio César Guiselli, comentou sobre a explosão que teria tido início em um galpão com fogos de...

ENTRETENIMENTO

Copy – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – COPY...

ACORDA BLINK

Paste – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – PASTE...

APERTE O PLAY ;)