fbpx

Adeus dengue, zica e chikungunya! Saiba mais!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

Quem não sofreu com a dengue, zica ou chikungunya com certeza conhece alguém que já ficou de cama ou até hospitalizado por estar com sintomas de uma destas três doenças. Dores no corpo, febre e mal estar são alguns dos alertas para você procurar um especialista em saúde e começar a se cuidar.

Mas este pode ser um problema minimizado na Capital, isso porque nesta segunda-feira (15), Campo Grande recebeu um seminário sobre o controle do mosquito Aedes Aegypti que contou com a presença do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e também do pesquisador da Fiocruz e líder da World Mosquito Program no Brasil, Luciano Moreira.

Durante o seminário, foi apresentado um projeto piloto que será implantado na cidade com o objetivo de conter o transmissor, o Aedes Aegypti, com a ajuda de uma bactéria que inibe os mosquitos contaminados. Minas Gerais e Pernambuco também vão receber o projeto de combate.

Durante o processo, o Aedes Aegypti é infectado com a bactéria, que não afeta a saúde do ser humano, e depois são liberados na natureza e recuam os mosquitos transmissores sem a necessidade de ações como o “fumacê”, que é o método de combate usado hoje.

A pesquisa teve bons resultados nas fases teórica, ensaio clínico, laboratório e já passou por testes em cidades com poucos habitantes, e agora é implantada em cidades com população maior de 500 mil habitantes, por isso Campo Grande foi uma das escolhidas. A previsão é de que o trabalho comece no segundo semestre.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Negras Poderosas de Campão!

O Dia da Consciência Negra, 20 de novembro. Em 823 cidades do Brasil é considerado feriado. Essa data é lembrada oficialmente desde 2011. Marcada pela

Leia mais »

Assine nossa newsletter e receba tudo primeiro!

Não mandamos spam e nem divulgamos seu e-mail! Apenas enviamos mediante sua autorização.