Após 37 anos separadas, mãe reencontra filha trocada na maternidade

Uma mistura de revolta e alegria tomou conta de uma mãe que reencontrou a filha biológica, trocada na maternidade há 37 anos. O caso aconteceu no interior de São Paulo. Maria Regina, que até então vivia com duas filhas em Ribeirão Preto.

Em abril deste ano, Maria Regina Dias do Nascimento Fernandez recebeu uma carta da Santa Casa de Sertãozinho (SP). O bilhete informava que duas bebês nascidas em 1985 haviam sido trocadas, e uma delas era a filha da mulher.

“A sensação que eu tive é que um cometa caiu na minha cabeça. Eu liguei para minha advogada na hora e falei para ela ‘olha, a sensação é que caiu um cometa na minha cabeça e eu preciso da sua ajuda’. Eu não acreditei. Falei ‘não é possível’, ‘eles estão loucos, imagina’. Trinta e sete anos. Não é normal, não está certo”, contou.

Maria Regina abraçou a filha biológica, sem deixar de amar a outra filha que criou durante esses 37 anos com todo o carinho. No final, apesar de não ter como compensar as décadas perdidas longe da filha biológica, ela terá amor em dobro dentro de casa, com Thaísa e Mônica. E assim vão reconstruir a vida daqui para frente, juntas.

Os dados são do site Só Notícia Boa.

Quer falar com a BLINK?