Conecte com a gente

BLINK NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 2 DE JANEIRO

Publicado em 02/01/2019

1- Jair Bolsonaro assume Presidência da República …

Após a cerimônia de posse, ontem (1º), o novo presidente do Brasil prometeu “reestabelecer ordem no país”. Bolsonaro também disse que irá “tirar o peso do governo sobre quem trabalha e produz” e falou sobre a implantação de reformas necessárias ao Brasil. O novo presidente também mencionou desafios: enfrentar efeitos da crise econômica, desemprego recorde, “ideologização” das crianças, “desvirtuamento dos direitos humanos” e “desconstrução da família”.

Victor Miranda, cientista político e professor da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul responde: o que esperar – do novo governo – nos âmbitos econômico, social e internacional? Ouça:

2- … Nomeia ministros …

Após a posse, Jair Bolsonaro nomeou 21 dos 22 novos ministros do governo e oficializou fusões, extinções e transferências de órgãos.

Foi criada uma superestrutura no Ministério da Justiça, que passa a ser Ministério da Justiça e da Segurança Pública, comandado por Sérgio Moro. Também foi criada uma superestrutura no Ministério da Economia, que engloba, agora, os ministérios: da fazenda, do planejamento, da indústria, do desenvolvimento, do comércio exterior e do trabalho.

Os ministérios do Desenvolvimento Social, da Cultura e do Esporte se tornam Ministério da Cidadania. E o Ministério dos Direitos Humanos foi transformado em Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

3- … E decreta novidades.

Entre novas determinações e decretos já publicados pelo novo Presidente da República está a determinação do salário mínimo em R$ 998, valor menor do que os R$ 1.006 anteriormente aprovados pelo Congresso. Também ficou determinado que a demarcação de terras indígenas e quilombolas passam a ser responsabilidade do Ministério da Agricultura, comandado por Thereza Cristina. Até então, o processo ficava a cargo da Funai, a Fundação Nacional do Índio.

Hoje, quarta-feira (02), equipe econômica do novo governo deverá apresentar proposta de reforma da previdência social.

4- Jornalistas reclamam de anti-democracia em posse

Profissionais do jornalismo e da imprensa protestaram contra restrições realizadas durante a cerimônia de posse e todos os outros eventos relacionados. Em nota divulgada ontem (1º), a Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) protestou contra regras impostas aos profissionais da área durante a posse do novo presidente.

Segundo a associação, o tratamento conferido a repórteres em Brasília durante o dia de ontem foi “anti-democrático”. Repórteres que estavam em atuação precisaram chegar ao local da posse – que começaria às 14h45 – antes das 7h da manhã (horário de Brasília) e tiveram acesso limitado à água e banheiro. Quatro jornalistas estrangeiros abandonaram a cobertura em sinal de protesto.

Para a Abraji, “um governo que restringe o trabalho da imprensa ignora a obrigação constitucional de ser transparente”. E mais: “os brasileiros receberão menos informações sobre a posse presidencial por causa das limitações impostas à circulação de jornalistas em Brasília”.

É a primeira vez em uma cerimônia de posse que profissionais de imprensa, mesmo credenciados, são proibidos de circular pela Esplanada dos Ministérios e de fazer entrevistas com o público.

5- Reinaldo Azambuja define metas do novo mandato

Governador reeleito do Mato Grosso do Sul concedeu entrevista coletiva para falar sobre objetivos imediatos. Entre as metas está o corte de gastos do estado, inclusive com funcionalismo público. O corte é destaque do segundo mandato de Azambuja, levando em consideração um primeiro mandato com queda na receita sul mato-grossense. O governador anunciou que realizará reunião com secretários para solicitar ações de enxugamento e análise de despesas com pessoal e custeios.

6- Previsão do Tempo

Previsão de pancadas de chuvas até o fim do final de semana. Apenas amanhã, quinta (03), não deve chover durante a tarde em Campo Grande.

weather.com

Escrito por

Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Católica Dom Bosco (2008) e Pós-graduação em Produção Audiovisual - Estéticas Contemporaneas pela UCDB (2010). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Videodifusão, produção Audiovisual para as novas mídias e Direção de Arte.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Vôlei do MS na Primeira Divisão do Brasileiro

CAFÉ COM BLINK

PODCAST: Editais de cultura para Campo Grande

CAFÉ COM BLINK

PODCAST: Economia do MS perde “fôlego”

CAFÉ COM BLINK

PODCAST: 42 anos de MS!

CAFÉ COM BLINK