Talvez seja hora de renovar o estoque de cuecas!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp

Pergunte a um homem quando foi a última vez que ele comprou cuecas por livre e espontânea vontade e se surpreenda (ou não) com a resposta. Principalmente, se ela vier de um homem hétero.

Em 2019, uma pesquisa nos Estados Unidos mostrou que 45% dos homens americanos não trocavam de cueca todos os dias e 46% afirmaram que não compravam roupas de baixo todos os anos.

Usar cuecas, além de higiênico, é uma questão de saúde. Ela pode evitar doenças como a miíase peniana que pode acontecer por conta da má higiene e desproteção no pênis.

Além disso, uma prática frequente entre homens é usar a mesma cueca mais de uma vez. O hábito deve ser deixado de lado para ontem — inclusive entre aqueles que usam do lado avesso. Peças íntimas precisam ser substituídas e lavadas pois são propícias à proliferação de bactérias por ficarem em uma região úmida e quente. Essas são informações da hypeness.

Confira os melhores comentários e participações com a turma do café com Blink↓

Como escolher cuecas?

A primeira dica é: sempre opte pelas de algodão. Tecidos sintéticos dificultam a troca de calor da pele, o que pode ser prejudicial para a saúde do maior órgão do seu corpo (estamos falando da pele, ok?).

No mesmo sentido, não tenha apenas um tipo de cueca para realizar todas as suas atividades. Se você é adepto de exercícios físicos, por exemplo, deve procurar modelos que sejam desenvolvidos para absorver suor e que também não irritem a pele por conta do atrito.

Estar atento ao estado das suas cuecas e ao cuidado com as suas partes íntimas é importante para manter a saúde em dia. Não seja negligente com ela — e não espere sua mãe, parceira ou tia te dar um estoque novo no Natal. Você já é um adulto.”