Conecte com a gente

BLINK NEWS

Atualizações de Brumadinho (MG): crime ambiental e mudanças de estrutura

Buscas entram no 5º dia, número de mortos chega aos 65 e mais de 270 pessoas ainda estão desaparecidas em Brumadinho, Minas Gerais. Nesta terça-feira (29), pela manhã, 3 funcionários da Vale e 2 funcionários da empresa alemã que presta serviços à mineradora foram detidos. A polícia suspeita de fraudes nos documentos.

Crime ambiental

Ontem (28), a Vale negou responsabilidade pelo rompimento da barragem e pediu desbloqueio dos R$ 11 bilhões bloqueados pela justiça. O valor corresponde a 45% do total em caixa da empresa e, apesar de negar a responsabilidade, a Vale diz que irá doar R$ 100 mil às famílias de vítimas fatais.

O Greenpeace pede suspensão imediata de atividades nas 167 barragens de resíduos de mineração da Vale que operam em todo o país. Também pediu revisão de engenharia efetivamente executada. A Organização das Nações Unidas diz que o desastre deve ser investigado como crime.

Mudança de estrutura

Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente, comentou o rompimento da barragem do Córrego do Feijão e defende mudanças nas estruturas e no acúmulo de rejeitos de mineração do país. Para Salles, a indústria mineradora deve substituir técnica atual de barragens por uma tecnologia a seco, em todos os lugares possíveis. O Ministro garante que as estruturas existentes serão fiscalizadas, em ordem de prioridade.

Barragens em Corumbá

Hoje (29), o diretor presidente e técnicos do Imasul – Instituto do Meio Ambiente do Mato Grosso do Sul – visitaram a cidade de Corumbá (MS) para, segundo o diretor, análise visual das barragens e posterior encaminhamento de novas vistorias técnicas. O Instituto garante que não há risco de rompimentos. Ouça a entrevista completa com Ricardo Eboli.

Escrito por

Graduada em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Católica Dom Bosco (2008) e Pós-graduação em Produção Audiovisual - Estéticas Contemporaneas pela UCDB (2010). Tem experiência na área de Comunicação, com ênfase em Videodifusão, produção Audiovisual para as novas mídias e Direção de Arte.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Seu nome tem “cara” de qual profissão?

ACORDA BLINK

20 Set #6_PrincipaisNotícias

BLINK NEWS

PODCAST: E agora, quem resolve essa TBTreta?

ACORDA BLINK

PODCAST: Será formação de quadrilha?

ACORDA BLINK