Foi assim, de surpresa! Beyoncé deu o maior susto nos fãs no início da madrugada deste sábado (20) com o lançamento do single “Black Parade”. A faixa chega horas após a cantora ter feito o anúncio de uma iniciativa de mesmo nome em apoio a empresas lideradas por pessoas pretas.

“Feliz Juneteenth neste fim de semana! Espero que continuemos compartilhando alegria e celebrando uns aos outros, mesmo em meio a luta”, escreveu. “Por favor, continuem se lembrando de nossa beleza, força e poder. Ser preto é o seu ativismo. A excelência preta é uma forma de protesto. Alegria preta é um nosso direito”.

O single, primeiro trabalho solo da artista desde o lançamento da trilha sonora de “O Rei Leão”, batizada como “The Gift”, chega no fim de semana em que se celebra o feriado Juneteenth. A data lembra a emancipação dos escravos nos Estados Unidos, consolidada em 1865.

Uma das vozes mais poderosas do movimento negro no mundo todo, Beyoncé escreveu uma carta aberta em que pediu justiça no caso Breonna Taylor. Vítima da violência policial em Louisville, no estado de Kentucky, nos EUA, Taylor foi morta por policiais que invadiram seu apartamento sem ter um mandado para a ação. Durante a abordagem ela foi baleada 8 vezes.

O caso, assim como o de George Floyd, causou indignação. No documento, Beyoncé escreveu:

“Três meses se passaram – e as investigações do LMPD criaram mais perguntas do que respostas. Três meses se passaram – e zero prisões foram feitas, e nenhum oficial foi demitido. Três meses se passaram – e a família de Breonna Taylor ainda espera por justiça. A família de Taylor não conseguiu levar tempo para processar e lamentar. Em vez disso, eles têm trabalhado incansavelmente para reunir o apoio de amigos, sua comunidade e o país para obter justiça a ela. Seu escritório tem o poder e a responsabilidade de trazer justiça a Breonna Taylor e demonstrar o valor da vida de uma mulher negra”.