Conecte com a gente

BLINK NEWS

Servidores municipais poderão ser prejudicados por bloqueio nas contas da prefeitura

A prefeitura bloqueou R$19 milhões por determinação judicial para poder pagar a concessionária responsável pela coleta de resíduos de Campo Grande. Porém, este bloqueio pode prejudicar o pagamento dos servidores do município. A prefeitura declarou que irá recorrer da decisão visto que "este fato impacta diretamente na folha de pagamento dos servidores municipais e em outras [...]

A prefeitura bloqueou R$19 milhões por determinação judicial para poder pagar a concessionária responsável pela coleta de resíduos de Campo Grande. Porém, este bloqueio pode prejudicar o pagamento dos servidores do município. A prefeitura declarou que irá recorrer da decisão visto que “este fato impacta diretamente na folha de pagamento dos servidores municipais e em outras despesas necessárias e urgentes”.

Como o salário de setembro – pago em outubro – será de forma escalonada, a primeira parte, de até R$ 2 mil para todos os funcionários, não será prejudicada, pois, segundo a prefeitura, o dinheiro já estava reservado.

Contudo, o município afirma que não terá condições de pagar o restante dos salários dos que ganham acima de R$ 2 mil, o que corresponde a cerca de 40% dos quadros municipais.

 

NOTA

Em relação ao pedido da justiça de bloqueio dos recursos da prefeitura de Campo Grande, esclarecemos que por ser uma ação cautelar, o bloqueio das contas bancárias é automático e após o fato ocorrer, a Justiça notifica a prefeitura.

Assim que a notificação chegar, a Procuradoria do Município irá recorrer da decisão, pois este fato impacta diretamente na folha de pagamento dos servidores municipais e em outras despesas necessárias e urgentes.

A prefeitura entende que pelo fato da CG Solurb já haver recebido mais de R$ 58 milhões em 2015, não há necessidade de penalizar o servidor para atender a referida empresa.

Em relação à primeira parte do salário, que será pago de forma linear para os servidores municipais, a prefeitura esclarece que o mesmo está garantido, pois o valor já havia sido reservado.

Caso esta medida permaneça, a prefeitura não terá como pagar a diferença dos salários conforme o cronograma anteriormente apresentado, o que prejudicará mais de 40% dos servidores municipais.

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

WhatsApp chat