Boa notícia: Avião faz voo transatlântico com óleo de cozinha como combustível

O grupo aéreo europeu Air France-KLM realizou na última semana o primeiro voo internacional utilizando óleo de cozinha na mistura de combustível da aeronave.

O Airbus A350, a mais moderna e sustentável aeronave já construída, decolou de Paris (França) e levou sete horas para pousar em Montreal (Canadá).

A mistura do combustível a bordo contem 16% de óleo de cozinha refinado e o restante é completo com querosene de aviação. A viagem com essa mistura, possibilitou 20 toneladas de dióxido de carbono a menos na atmosfera.

A iniciativa das empresas envolvidas faz parte de uma meta para tornar a aviação neutra em carbono nos próximos 30 anos na Europa e esses testes estão em andamento para viabilizar a troca dos combustíveis de avião para uma solução mais sustentável.

A fabricante da aeronave, a Airbus, já declarou que está em desenvolvimento junto com as várias fabricantes de motores que equipam suas aeronaves para poder criar uma alternativa de combustível que diminua substancialmente a emissão de carbono na atmosfera.

Para quem ficou com a pulga atrás da orelha, pode ficar tranquilo, pois essa nova mistura não afeta a segurança do voo, visto que esse novo combustível atende todas as normas e as especificações dos motores, para que eles funcionem de forma normal.

Se os testes derem certo, a Air-France e a KLM vão inserir esse novo combustível oficialmente nos planejamentos de seus voos, começando em setembro entre a rota Paris e Amsterdã (Holanda).

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br