Boa notícia: Empresa cria tala para fixação de fratura com material biodegradável

A ‘Fix It’ é uma startup nascida no Rio Grande do Norte que desde 2015 tem se tornado referência em soluções ortopédicas, neurológicas e reumatológicas construídas com plástico termomoldável e biodegradável.

Com impressão 3D, ela desenvolveu um tipo de órtese de plástico biodegradável capaz de substituir o gesso utilizado em imobilizações de membros fraturados.

Esse tipo de “tala” criada pela empresa nordestina trazem mais conforto para os pacientes, a essa altura cansados de sentir tanta dor, afinal quebrar um osso é horrível e quem já passou por isso sabe.

Segundo os engenheiros da Fix It, as órteses são feitas de bagaço de cana de açúcar, beterraba e milho. Elas podem ser usadas em procedimentos envolvendo fraturas e casos pós-cirúrgicos, e eles são indicados para membros inferiores e superiores, com um design que facilita a imobilização e limpeza da área.

Diferentes do gesso, as órteses não coçam, não esquentam e pesam bem menos, uma vez que são impressas em material fino 3D, e ainda são à prova d’água. Após seu uso, elas se decompõem facilmente em uma composteira, virando adubo.

Cada vez mais consolidada no Brasil, a Fix It se prepara para chegar ao mercado estrangeiro, começando por nossos vizinhos da América do Sul, como Paraguai, Venezuela e Chile.

Importante ver como a indústria médica também está se preocupando com o meio-ambiente.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br