Boa notícia: Estudantes distribuem absorventes para mulheres de rua

Estudantes da USP estão distribuindo absorventes e itens de higiene para ajudar mulheres em situação de rua a resgatar a dignidade.

O Projeto Pontes da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto está tentando melhorar as condições da chamada pobreza menstrual, situação que atinge cerca de 29% das jovens no país, que engloba falta de produtos de higiene íntima, água, saneamento básico, infraestrutura e informações.

Esse projeto existe desde 2018 e vem dialogando com os serviços de atenção primária à saúde para que estes orientem a população em situação de rua sobre quais serviços procurar para cuidar de questões de saúde que estejam vivenciando e quais serviços poderiam receber essas pessoas.

Em Ribeirão Preto, essa realidade fez com que os coordenadores do Projeto Pontes reestruturassem suas ações e passassem a distribuir itens de higiene para a população em situação de rua, incluindo absorventes, porque muitas mulheres relataram a falta do produto.

As mulheres em situação de rua enfrentam inúmeros preconceitos e sofrem violência e deveriam receber informações sobre saúde íntima e saúde sexual.

Por isso os estudantes de medicina estão fazendo esse lindo trabalho! Parabéns!