Boa notícia: O que algas e genes têm a ver com pacientes cegos?

Um homem de 58 anos, já pode ver novamente depois de 40 anos de cegueira, graças a uma injeção de proteínas fotossensíveis em sua retina.

O paciente, diagnosticado com uma doença chamada retinite pigmentosa aos 18 anos, pode agora localizar, identificar e contar objetos novamente.

O ensaio clínico, conduzido pela empresa GenSight Biologics, com sede em Paris, inscreve pessoas com retinite pigmentosa (RP): uma doença degenerativa que mata as células fotorreceptoras do olho, que são o primeiro passo na via visual.

O paciente testado ainda precisa usar os óculos, mas conta que a visão dele continuou a melhorar nos dois anos desde a injeção.

Se não fosse a pandemia de Covid-19, outros 6 pacientes já estariam podendo ver novamente.

Vamos torcer para que o estudo avance o quanto antes.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br