Boa notícia: Tijolos ecológicos no Quênia são mais fortes que concreto

A engenheira queniana Nzambi Matee decidiu que queria fazer mais do que só olhar a poluição se alastrar pela cidade onde mora, Nairóbi, no Quênia. Ela teve a ideia de reaproveitar todo o plástico que é jogado nas ruas e de quebra ajudar a comunidade criando um produto excelente.

Nzambi criou tijolos feitos de resíduos plásticos e areia, e esse material é 7 vezes mais resistente que concreto. Para esse processo era necessário um maquinário especial, que também foi desenvolvido por ela. Ela também criou a startup Gjenge Makers, que reaproveita resíduos que poluíam o planeta.

Os plásticos e polímeros de alta e baixa densidade vem de empresas que iriam descartar o material, então passa por fornos de altas temperaturas e quando quente é misturado com areia. Aí essa mistura vai para os moldes com máquinas hidráulicas.

O resultado é um tijolo extremamente forte que pode ser usado para a pavimentação.

A empresa já empregou 110 pessoas e já reciclou dezenas de toneladas de plástico.

Uma mulher poderosa com gana e vontade de ajudar o mundo.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br