fbpx

PROJETO FACILITA HOSPEDAGEM PARA TRABALHADORES DA LINHA DE FRENTE DA COVID

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Vigilância Sanitária de Campo Grande e a Covid-19

A gente sabe que a luta é constante, que os profissionais estão trabalhando bastante nos hospitais para salvar as pessoas que chegam por lá com a covid.

Mas o pior de tudo isso é que muitas vezes para quem trabalha na linha de frente, o maior medo é levar contaminação para dentro de casa.

Para ajudar esses profissionais foi criada a iniciativa Rooms Against Covid (Rums Aguenst Covid) em Portugal e replicada aqui no Brasil. A iniciativa já contemplou 25 profissionais com mais de 600 estadias em hotéis, pousadas, hostels e até apartamentos.

Cada trabalhador para aquilo que realmente pode pagar, seja 20,00 ou até mesmo 3,00 reais na diária e o projeto financia o resto.

Graças a essa iniciativa que o técnico de enfermagem Adolfo Casas Ebel, que estava morando na casa de uma amiga que é profissional da saúde também, conseguiu proteger sua família, pois ele foi infectado pela covid no meio da hospedagem, ou seja, ele protegeu a família ao se manter afastado durante o período em que precisou trabalhar.

Esse é um entre várias facilidades que estamos proporcionando para os nossos profissionais da saúde.

Outro exemplo é a isenção de quase todas as taxas para viagem de avião se um médico precisar se deslocar a trabalho, ele só paga a taxa de aeroporto, basta consultar a companhia aérea, pois quase todas as brasileiras estão fazendo isso.

Vamos ajudar nossos profissionais gente.

GIGANTES DA INDÚSTRIA DOS GANES SE UNEM PARA UMA INICIATIVA ECOLÓGICA GLOBAL

A gente sabe que a molecada de hoje tem pelo menos um jogo no celular que joga sempre que dá. E foi pensando nisso que a ONU criou um movimento chamado Playing for the Planet (Plêin fôr de Plénet) e chamou os desenvolvedores dos consoles e celulares para participar.

Para quem é desse universo sabe que a Sony e a Mycrosoft são as maiores rivais, mas elas aceitaram se unir também nessa iniciativa.

A ação tem como objetivo alertar o mundo sobre a crise climática, bem como ampliar a conscientização para a importância do uso de energias renováveis atingindo cerca de 250 milhões de jogadores.

Por enquanto, o grupo é composto por 11 grandes empresas, incluindo produtoras de console, com as citadas Sony e Microsoft, e 25 estúdios de design de jogos para celular. A meta é que o grupo cresça já no próximo ano, para que possam ser atingidos 1 bilhão de jogadores.

O grande objetivo é conquistar a maior parte desses jogadores do universo eletrônico, a maioria de jovens, para a as causas ambientais.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Assine nossa newsletter e receba tudo primeiro!

Não mandamos spam e nem divulgamos seu e-mail! Apenas enviamos mediante sua autorização.