fbpx

TIJOLO ECOLÓGICO FEITO DE EPI HOSPITALAR

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Rascunho automático

Sabemos que os hospitais estão lutando bastante contra a covid.

Enfermeiros técnicos e médicos estão dando seu melhor, e não sei se você parou pra pensar, mas com todos os cuidados necessários, a quantidade de EPI, que são os Equipamentos de Proteção Individual, aumentaram bastante.

A Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais estima que só em junho, o descarte desses materiais aumentou mais de 20%. Cerca de 8 quilos por dia por pessoa infectada em tratamento.

Um jovem indiano então teve uma ideia, viu nesses resíduos, uma forma de reciclagem muito legal, transformou máscaras e toucas de TNT em tijolos.

Os tijolos ecológicos são resistentes a água, retardadores de chamas e impedem a propagação de pragas.

Esses tijolos são compostos de 52% de máscaras e toucas de TNT, 45% de resíduos de papel e 3% de aglutinante para dar liga.

Isso é muito legal, e uma forma diferente de reciclagem, aproveitando o aumento de uso de EPIs.

Ele agora se prepara para produzir em escala comercial. Está procurando parceiros para a coleta segura dos descartáveis em hospitais e shoppings.

O ser humano é muito criativo e normalmente tem ideias impressionantes em situações de necessidade.

PROFESSOR DOA TVS ANTIGAS PARA ALUNOS POSSAM ACOMPANHAR AS AULAS

Desde o início da pandemia do coronavírus, quando as aulas foram canceladas, o mundo pareceu se abrir como nunca para a educação à distância. De fato, ela facilita e muito a vida das pessoas, mas ainda não é a realidade de todos, já que milhões de alunos simplesmente não têm acesso à internet, computadores e mesmo televisores. Foi pensando neles que o professor peruano Lino Rojas (Lino Rôrras) começou a distribuir TV’s antigas.

Desde o início das medidas de confinamento, o governo peruano suspendeu as aulas presenciais e instituiu o programa “Eu aprendo em casa”, que oferece aulas à distância através de um canal de televisão e de rádio.

Mas, ao perceber que seus alunos poderiam passar meses sem estudar por não ter TVs em casa, o dedicado professor decidiu agir. Afinal, sua principal preocupação e interesse é que as crianças não sejam afetadas, especialmente aquelas com recursos financeiros limitados! E foi então que ele começou uma campanha pedindo para que as pessoas que tivessem uma televisão em bom estado e que não usavam doassem estes jovens.

Felizmente a campanha deu certo e a resposta das famílias do povoado foi excelente! Aos poucos as doações foram crescendo e o professor começou a entregar as TV’s pessoalmente nas casas de seus alunos.

Isso é que é dedicação, e amor à profissão e à educação, né?

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Assine nossa newsletter e receba tudo primeiro!

Não mandamos spam e nem divulgamos seu e-mail! Apenas enviamos mediante sua autorização.