Brasileiro, vendedor de laranjas se torna mestre em Harvard

O brasileiro André Menezes, de 34 anos, agora é mestre em Havard. Para conseguir estudar, ele vendia laranjas na feira na periferia de Guarulhos, na Grande São Paulo. André se tornou mestre em Administração pela Universidade de Harvard, fala três idiomas e hoje é Program Manager da Nubank. Uma história de dedicação, foco e sucesso.

O sonho dele era se tornar um jogador profissional de futebol para sobreviver em meio a violência – que matou vários amigos de infância, e a falta de direitos básicos. Mas foi através da educação que André conseguiu sair das estatísticas cruéis dos jovens pretos no nosso país e crescer na vida.

Ante de ir para os Estados Unidos, André se formou aqui no Brasil. “Eu fiz faculdade de Turismo na Universidade de Guarulhos e depois eu fiz uma transição de carreira para Tecnologia da Informação e então fiz um MBA na FIAP em Gestão de Tecnologia da Informação. Além disso, eu tenho diversas outras, dentre elas, em Gestão de Projetos pelo PMI e também sou Black Belt Lean Six Sigma, uma certificação de Gestão de Processos e eu falo 3 idiomas, português, inglês e espanhol.

Agora com o Mestrado em Libertal Arts focado em Administração, em Harvad, André fala da importância da representatividade, para ele e outros jovens pretos. “Então, quando eu conto a minha trajetória para outros jovens negros, eu quero passar uma mensagem de que podemos sonhar, de que precisamos acreditar. Ao mesmo tempo, é muito importante planejar, sonhar só não é suficiente. A gente precisa sonhar, ter objetivos e ter planejamento”, concluiu.

Os dados são do site Só Notícia Boa e Mídia Ninja.

Quer falar com a BLINK?