Conecte com a gente

BLINK NEWS

Wendell Lira supera Messi e ganha Prêmio Puskas como o gol mais bonito de 2015

Na maior premiação do futebol, um brasileiro fez o mundo se emocionar. Pela quinta vez, o argentino Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro da Fifa, que é o prêmio para o melhor jogador do mundo. Mas, para um brasileiro, essa segunda-feira (11) foi inesquecível. Wendell Lira, vencedor do Prêmio Puskas, de gol mais bonito [...]

Na maior premiação do futebol, um brasileiro fez o mundo se emocionar.

Pela quinta vez, o argentino Lionel Messi conquistou a Bola de Ouro da Fifa, que é o prêmio para o melhor jogador do mundo. Mas, para um brasileiro, essa segunda-feira (11) foi inesquecível. Wendell Lira, vencedor do Prêmio Puskas, de gol mais bonito de 2015.

Eu me emocionei, porque ele se emocionou, passou para gente a humildade dele, a vontade de poder ganhar um prêmio e a felicidade. Então, para a gente isso é muito importante

disse Marcelo, melhor lateral-esquerdo do mundo em 2015.

Os holofotes, os olhares estavam voltados para as superestrelas. As do Barcelona, por exemplo, treinaram pela manhã na Espanha antes de seguir para a Suíça.

Os candidatos a Bola de Ouro também estavam na seleção mundial: além de Neymar, outros brasileiros: Tiago Silva, Daniel Alves e Marcelo.

Após a escolha da americana Carli Lloyd como melhor jogadora do mundo, chegou a vez dos homens. Messi que já era soberano com quatro troféus, ampliou sua conta.

Privilégio entregar a Bola de Ouro para um jogador que está recebendo a quinta bola e não por acaso todas merecidas.

disse Kaká, melhor jogador do mundo em 2007.

Messi disse que quando subiu ao palco perdeu até a fala pela emoção.

No prêmio principal não houve surpresa. Messi foi eleito com mais de 40% dos votos. Cristiano Ronaldo foi o segundo, Neymar, o terceiro. Mas para um outro brasileiro essa segunda-feira, 11 de janeiro de 2016, será lembrada pela vida inteira.

Prêmio Puskas de gol mais bonito da temporada, Messi entre os finalistas. Só que no caminho do argentino havia um brasileiro acrobático: Wendell Lira. O atacante de 27 anos subiu ao palco do prêmio e abriu o coração.

No tapete vermelho, ganhou elogios de Neymar. Agora, só há um problema. O gol de Wendel não tem nome, vamos ajudar. “Falei que era meio Karatê Kid”, brinca Neymar.

A vida no futebol não foi fácil para este jovem de 27 anos. Quando saiu a indicação para o Prêmio Puskas no ano passado Wendell estava há quatro meses desempregado. Já teve que enfrentar uma lesão no joelho, que dificultaram a carreira no futebol.

Uma nova chance veio ao ser contratado pelo Goianésia para disputar o campeonato goiano. No dia 11 de março de 2015, no Serra Dourada, ele marcou o gol contra o Atlético-GO. Uma meia bicicleta, que deu uma guinada na vida do jogador.

A família agora quer uma festa completa. Mas com o homenageado presente. Por isso eles vão esperar o retorno do autor do gol mais bonito a Goiânia pra comemorar a conquista com amigos e parentes. Na última conversa com os irmãos, Wendell disse que embarca nesta terça de volta pra casa

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Campo Grande é palco da 2ª edição Campeonato de Base Brasil 2020

BLINK NEWS

Torcida do Corinthians faz protesto e são censurados

BLINK NEWS

Blatter e Platini são banidos do futebol pela Fifa por oito anos

BLINK NEWS

MPE interdita Estádio Jacques da Luz por falta de laudos

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat