Conecte com a gente

BLINK NEWS

Câmara dos Vereadores garante que irá corrigir erros do Plano Diretor

No #ClubeCafé do #CaféComBlink desta quinta-feira (28), voltamos a falar sobre o polêmico Plano Diretor de Campo Grande. Falando em nome de todos os vereadores da cidade, o presidente da Câmara dos Vereadores, Prof. João Rocha, reafirmou a existência de diversos pilares no plano, inclusive relacionados às questões sociais, de segurança, de saúde e de [...]

No #ClubeCafé do #CaféComBlink desta quinta-feira (28), voltamos a falar sobre o polêmico Plano Diretor de Campo Grande. Falando em nome de todos os vereadores da cidade, o presidente da Câmara dos Vereadores, Prof. João Rocha, reafirmou a existência de diversos pilares no plano, inclusive relacionados às questões sociais, de segurança, de saúde e de educação, além de debater possíveis alterações no principal imbróglio do documento: o coeficiente de aproveitamento.

Para João Rocha, a ideia é que Câmara dos Vereadores, Ministério Público e outros órgãos envolvidos no desenvolvimento e nas mudanças do Plano Diretor, estabeleçam uma espécie de “meio termo” nas decisões. Em relação ao coeficiente, por exemplo, este meio termo seria encontrado entre o que já existe (da atual lei em vigor) e o coeficiente único, proposto pelo MP, depois da avaliação de regiões, vazios urbanos e até mesmo da questão de impermeabilidade do solo.

O presidente da Câmara destaca que as decisões precisam ser tomadas “pensando no todo” e garante que os vereadores entendem as propostas de mudanças vindas do Ministério Público como sugestões, “que são transformadas em emendas para arrumar o plano”.

Ele diz que o plano diretor não pode ser transformado em “uma colcha de retalhos”, “porque foi muito bem feito pelo poder executivo”. E completa, afirmando que ainda há pontos importantes a serem analisados e que essa análise cabe, justamente, à Câmara, “enquanto representante do povo”. Segundo João Rocha, o papel da Câmara dos Vereadores é fazer uma mediação para buscar a melhor situação e conclusão deste plano, ou seja, discutí-lo, votá-lo e transformá-lo numa lei que será ferramenta do Poder Executivo para promoção do desenvolvimento da cidade pelos próximos dez anos.

O vereador diz também que todos já trabalham para fazer as emendas e tornar os capítulos do Plano Diretor que estão mais reduzidos (com menos detalhes e especificações), em capítulos mais consistentes e com mais conteúdo.

A Câmara vai corrigir os erros do plano? “Com certeza”, afirma João Rocha.

Ainda não há data para a aprovação do plano, mas as mudanças, segundo 0 presidente, deverão ser concluídas no máximo até o final do mês de agosto, para posterior votação.

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

Escrito por

Acreditar no melhor da vida e ter valores bem definidos para saber vivê-los. Mesmo assim ser dócil e gentil com dias difíceis e nunca esmorecer. Assim busco a felicidade e compartilho minha vida. Seja bem-vinda(o) aos meus conteúdos e conte comigo!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST Especial CG: Monumento Manoel de Barros

PODCAST

PODCAST Especial CG: Feira Central

PODCAST

PODCAST Especial CG: Praça das Araras

PODCAST

PODCAST: Em qual bairro Eduardo Costa NÃO passou?

AO VIVAÇO

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

WhatsApp chat