Conecte com a gente

BLINK NEWS

Câmara Municipal arquiva denúncia contra prefeito afastado

  Olarte foi afastado no último dia 25 de agosto quando foi deflagrada a operação Coffee Break, que investiga corrupção ativa e passiva num suposto esquema de compra de votos que resultou na cassação do então prefeito Alcides Bernal, em março de 2014. Foi decidido pela Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final (CCJR) [...]

 

Olarte foi afastado no último dia 25 de agosto quando foi deflagrada a operação Coffee Break, que investiga corrupção ativa e passiva num suposto esquema de compra de votos que resultou na cassação do então prefeito Alcides Bernal, em março de 2014.

Foi decidido pela Comissão Permanente de Legislação, Justiça e Redação Final (CCJR) da Câmara Municipal de Campo Grande o arquivamento da Comissão Processante que tinha como objetivo a investigação da quebra de decoro do ex-refeito Gilmar Olarte.

O parlamentar passou a ser investigado após se tornar réu em processo que tramita no Tribunal de Justiça, referente a Operação ADNA, deflagrada pelo Ministério Público Estadual, por meio do Gaeco, em 2014.

A análise ocorreu após o atual presidente da Casa de Leis, Flávio César, pedir aos membros da Comissão Permanente para que analisassem o parecer e decidissem pelo arquivamento, alegando que, a Câmara Municipal era extremamente regimentalista e que não haveria a possibilidade de prorrogar a Processante, que tinha prazo de 90 dias para ser encerrada.

Os vereadores Airton Saraiva, Otávio Trad, Vanderlei Cabeludo, Carlos Augusto, o Carlão e Herculano Borges, representando o vereador Alex do PT, decidiram pelo arquivamento, antes mesmo que a sessão que iria ocorrer para análise do processo fosse aberta.

“Devido ao parecer da procuradoria, da própria autora do processo, não sabendo que não há mais prazo para a Processante decidimos pelo arquivamento do processo”

comentou o parlamentar que teve cinco votos a zero.

Segundo Flávio César, apesar da Processante ter sido arquivada, isso não significa que Olarte foi totalmente beneficiado.

“Se caso ele retornar a prefeitura, esta Comissão Processante poderá ser reaberta e o objeto poderá ser julgado”

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Ele aqueceu o inverno do próximo

CAFÉ COM BLINK

26 JUN #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

PODCAST: Entrevista com o cientista político Victor Garcia

CAFÉ COM BLINK

27 MAI: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Posts recentes

Publicidade Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat