Conecte com a gente

BLINK NEWS

Chuvas acumuladas ultrapassam média histórica em MS

O ano começou com chuvas que não dão trégua desde novembro do ano passado e, em vários municípios de Mato Grosso do Sul, já choveu até 99% do histórico, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, Clima e dos Recursos Hídricos de MS). Sete Quedas registra 17,18% acima do histórico de chuvas, sendo que o [...]

O ano começou com chuvas que não dão trégua desde novembro do ano passado e, em vários municípios de Mato Grosso do Sul, já choveu até 99% do histórico, conforme o Cemtec (Centro de Monitoramento do Tempo, Clima e dos Recursos Hídricos de MS).

Sete Quedas registra 17,18% acima do histórico de chuvas, sendo que o Cemtec registrou o acumulado de 171,2 mm, sendo que o histórico para janeiro era de 146,1 mm.

Até terça-feira (12), no município de Cassilândia tinha chovido 67,4 mm, sendo que o histórico para janeiro é de 302,3 mm, ou seja, 22,9% do histórico.

Chapadão do Sul acumula 145 mm de 1º de janeiro até a última terça-feira (12), quando a média para o período é de 285 mm. Em Três Lagoas choveu 50,32% do histórico em janeiro, chegando a 109 mm.

Em Coxim, o nível do Rio Taquari vem subindo e conforme os dados do Cemtec, a chuva acumulada registrada é de 154,4 mm em 12 dias do mês, sendo que a média para janeiro é de 248,8 mm.

Aquidauana registra 166,2 mm nos primeiros dias do mês e o histórico para o período é de 197,5 mm.

Em Maracaju choveu 50% acima do histórico e nos primeiros 12 dias de janeiro, a chuva acumula 100,4 mm, sendo que a média é de 200 mm para o período.

Em Itaquiraí, conforme o Cemtec, o nível histórico de chuvas ultrapassou 41% e o acumulado de chuvas chega a 64 mm. O município de Ivinhema sofre com os estragos causados pelas chuvas constantes e em janeiro, a média histórica registrada é de 18,6 mm.

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Economia do MS perde “fôlego”

CAFÉ COM BLINK

PODCAST: 42 anos de MS!

CAFÉ COM BLINK

11 JUL #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

PODCAST: Munhoz e Mariano no #AOVIVAÇO

AO VIVAÇO