Conecte com a gente

BLINK NEWS

Cidade de Deus: famílias são retiradas de favela

Famílias que vivem na favela Cidade de Deus, próxima ao lixão de Campo Grande, são transferidas na manhã desta segunda-feira (07) para três áreas em diferentes regiões do município. Um total de 275 guardas municipais e servidores da Prefeitura estão na favela para fazer a desocupação do local. O mandado de reintegração de posse da [...]

Famílias que vivem na favela Cidade de Deus, próxima ao lixão de Campo Grande, são transferidas na manhã desta segunda-feira (07) para três áreas em diferentes regiões do município. Um total de 275 guardas municipais e servidores da Prefeitura estão na favela para fazer a desocupação do local.

O mandado de reintegração de posse da área foi autorizado, inclusive com uso de reforço policial, arrombamento dos imóveis e demolição das benfeitorias, pela 2ª Vara de Fazenda Pública e de Registros Públicos de Campo Grande na sexta-feira (4).

A Prefeitura não informou a localização das três áreas – por questão de segurança -, destinadas para as 450 famílias que devem deixar a Cidade de Deus. Moradores estão assutados com a ação e ainda não sabem se serão ou não obrigados a deixar a favela. “Tem mais de mil policiais aqui. Estão conversando com algumas lideranças, mas ainda não falaram pra gente se vamos ter mesmo que sair”, afirmou um morador da Cidade de Deus, que pediu para não ter o nome divulgado.

A ação conta com o apoio de servidores da SAS (Secretária de Assistência Social), Emha (Agência municipal de Habitação), Seintrha (Secretária Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação) e Guarda Municipal.

Em nota divulgada no site da Prefeitura, a informação é de que foi feito cadastramento das famílias para levantamento dos locais para transferência, que teriam infraestrutura necessária para receber os moradores como drenagem, água e energia, além de ficar próximos de UBS (Unidades Básicas de Saúde), Ceinfs (Centros de Educação Infantil) e com acesso a transporte coletivo.

A Administração Municipal se comprometeu ainda em disponibilizar caminhões e vans para a mudança. As famílias também vão ter crédito em um banco para a compra de materiais de construção – com o objetivo de fazer casas de alvenaria. Porém, os terrenos vão ser pagos e o valor subsidiado pela Prefeitura – que irá arcar com 50% do valor – e o restante deverá ser pago em “pequenas prestações ao longo dos anos”, de acordo com a nota oficial.

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Tendas para abrigar famílias da Cidade de Deus são montadas

BLINK NEWS

Liminar do TJ suspende remoção de famílias de favela

BLINK NEWS

Cidade de Deus: oito famílias foram removidas de favela

BLINK NEWS

Ministério passa a monitorar assistência a famílias que convivem com a microcefalia

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat