Cientistas criam bateria movida a algas

Pesquisadores da Universidade de Cambridge, Inglaterra, criaram uma bateria que gera energia para alimentar continuamente um microprocessador. Usando apenas água, luz e uma espécie de algas ‘não tóxicas’, chamadas Synechocystis, os cientistas conseguiram alimentar um computador durante meio ano, cerca de 6 meses.

Bateria alimentada por algas

“Ficamos impressionados com a consistência com que o sistema funcionou por um longo período de tempo, pensamos que poderia parar depois de algumas semanas, mas continuou”, disse Paolo Bombelli, do Departamento de Bioquímica da Universidade de Cambridge.

Segundo o estudo o sistema tem potencial de alimentar os eletrodomésticos em um futuro próximo, como dispositivos como celulares, TVs entre outros. A bateria pode levar a humanidade para uma nova era tecnológica confiável e renovável.

Os dados são do site Só Notícia Boa.

Quer falar com a BLINK?