Cientistas criam o primeiro combustível “carbono neutro”

Cientistas inventaram um sistema de produção de combustível movido a energia solar que, segundo eles, poderia ajudar a indústria da aviação a se tornar neutra em carbono. O design inovador da torre usa a energia do Sol para facilitar o processo de conversão de água (H20) e dióxido de carbono (CO2) em hidrocarbonetos líquidos como querosene.

“Somos os primeiros a demonstrar toda a cadeia de processos termoquímicos de água e CO2 a querosene em um sistema de torre solar totalmente integrado”, disse o professor Aldo Steinfeld da ETH Zurich. “Com nossa tecnologia solar, mostramos que podemos produzir querosene sintético a partir de água e CO2 em vez de derivá-lo de combustíveis fósseis”.

O professor Steinfeld acrescentou: “A quantidade de CO2 emitida durante a combustão de querosene em um motor a jato é igual à consumida durante sua produção na usina solar. Isso torna o combustível neutro em carbono, especialmente se usarmos o CO2 capturado diretamente do ar como ingrediente, espero que em um futuro não muito distante.”

O sistema faz parte do projeto SUN-to-LIQUID da União Europeia, que visa encontrar alternativas sintéticas aos combustíveis derivados de fósseis.

Em teoria, esses combustíveis sintéticos geram apenas tanto CO2 durante a combustão quanto foi removido da atmosfera em sua produção. No entanto, a produção de máquinas para criar os combustíveis pode criar emissões adicionais de carbono.

Os dados são do site Independent: https://www.independent.co.uk/tech/carbon-neutral-fuel-solar-kerosene-b2127459.html

Quer falar com a BLINK?