Cientistas descobrem que cerveja melhora saúde intestinal

Um novo estudo feito na Universidade Nova de Lisboa (Portugal) mostra que a bebida reforça bactérias benéficas e melhora saúde intestinal. E isso independentemente de a cerveja ser com ou sem álcool. A cerveja, assim como o vinho, contém compostos, como os polifenóis e microrganismos de sua fermentação, mas havia dúvida sobre os benefícios à saúde humana.

Por isso a professora Ana Faria e colegas da Universidade Nova de Lisboa fizeram um estudo diferente, um ensaio paralelo e randomizado, com dois grupos separados de participantes. Uma pesquisa anterior mostrou que, quando homens e mulheres consumiam cerveja lager sem álcool por 30 dias, a diversidade do seu microbioma intestinal aumentava.

Contudo, muitas dessas mesmas pessoas participaram de um segundo grupo que tomou uma versão alcoólica da cerveja, e não tiveram o mesmo efeito. Neste novo estudo duplo-cego, 19 homens saudáveis foram divididos aleatoriamente em dois grupos, que beberam 300 gramas de cerveja alcoólica ou não alcoólica, do tipo lager (fermentação em baixa temperatura), com o jantar durante 4 semanas.

Os dados são do site Só Notícia Boa.

Quer falar com a BLINK?