Crematório Campo Grande é o único complexo LEED Platinum no mundo.

Ser sustentável é uma meta global, em especial para empresas inovadoras e que acreditam que viver em harmonia com o meio ambiente é imprescindível. Com esse objetivo em mente desde sua criação, o Crematório Campo Grande recebe no próximo dia 9, uma certificação internacional inédita, que o torna o único crematório sustentável no mundo todo.

O LEED, certificação concedida apenas a empresas com alto rigor em suas práticas sustentáveis, é a sigla em inglês para Leadership in Energy and Environmental Design; em português Liderança em Energia e Design Ambiental. “É o sistema mais reconhecido internacionalmente, está em mais de 120 países e atua de forma a ter critérios rigorosos técnicos, práticas sustentáveis como um todo e para abordagens sustentáveis dentro da construção civil”, explica Ricciano Liberalli, da consultoria Petinelli, responsável pela certificação do Crematório Campo Grande.

Os projetos que buscam a certificação LEED são analisados em oito dimensões. São elas: localização e transporte, espaço sustentável, eficiência do uso da água, energia e atmosfera, materiais e recursos, qualidade ambiental interna, inovação e processos e créditos de prioridade regional. O nível da certificação é definido conforme a quantidade de pontos adquiridos, podendo variar de 40 a 110 pontos. O Crematório Campo Grande ganhou a mais alta delas, sendo condecorada com a certificação LEED Platinum. Apenas 3% dos empreendimentos certificados no mundo todo chegam a esse nível.

Para Emerson Tulux, engenheiro civil responsável pelo projeto, ter um certificado como esse mostra que o Crematório Campo Grande preocupa-se, sobretudo, com o futuro. No projeto, foram aplicadas maneiras sustentáveis de se utilizar os sistemas de iluminação, o uso otimizado das áreas verdes, bem como a utilização das águas pluviais. “Necessitamos de novas práticas construtivas, a quebra dos paradigmas e os velhos conceitos”, pontua Tulux.

Projetado para ser, sobretudo, um espaço acolhedor a arquiteta Alessandra Ribeiro acredita que ser sustentável pode inclusive ter relação com o rito da partida. “Um dos principais motivos dessa obra foi para tratar do momento de despedida, desse final de ciclo, de uma forma mais sensível e acolhedora para quem perdeu seus entes queridos. E na natureza, quando você cuida dela, automaticamente recebemos esse cuidado de volta. A sustentabilidade é também cuidar do outro nesse momento de dor. É trazer através da arquitetura essa leveza, essa suavidade e naturalidade para esse momento”, afirma ela.

Sobre o certificado, para Alessandra o que fica é o orgulho de um trabalho concluído com muita dedicação: “Foram muitos desafios. Praticar uma arquitetura sustentável, inédita e, ainda, desbravando esse propósito fora do eixo Rio-São Paulo ou dos grandes centros foi uma grande missão para nossa equipe. Por isso, o maior sentimento é o da superação de desafios.”

Entrega – A entrega da certificação LEED acontece no próximo dia 9 de setembro, às 9 da manhã, com transmissão AO VIVO pelo IG @crematoriocampogrande. Estarão presentes os empresários responsáveis pelo empreendimento, autoridades locais e também o consultor Ricciano Liberalli, da consultoria Petinelli e Felipe Faria, CEO da Green Building Council – GBC Brasil, organização responsável pelo selo LEED.

O Crematório Campo Grande está localizado na Avenida Tamandaré, 6.781, Vila Nasser – em frente ao Cemitério Jardim das Palmeiras. Informações sobre venda de planos e outros serviços oferecidos podem ser obtidos pelo telefone (67) 3361-2940, pelo site http://www.crematoriocampogrande.net ou ainda pelo e-mail contato@crematoriocampogrande.net.

Texto: Assessoria Crematório Campo Grande.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br