Conecte com a gente

BLINK NEWS

Delcídio nega ameaça a colegas e delação

Em sua primeira declaração depois de quase três meses preso, o senador Delcídio do Amaral nega a informação de ameaça de entregar colegas do Senado, caso tenha seu mandato cassado. As informações foram publicadas na Folha de São Paulo nesta terça-feira (23). Corre, no Conselho de Ética, representação contra ele por quebra de decoro parlamentar. Seu retorno [...]

Em sua primeira declaração depois de quase três meses preso, o senador Delcídio do Amaral nega a informação de ameaça de entregar colegas do Senado, caso tenha seu mandato cassado. As informações foram publicadas na Folha de São Paulo nesta terça-feira (23).

Corre, no Conselho de Ética, representação contra ele por quebra de decoro parlamentar. Seu retorno ao parlamento, inclusive com declarações na tribuna, que estava previsto para esta terça-feira, será adiado, de acordo com a assessoria do senador.

Segundo Delcídio, seus colegas de Senado o conhecem bem. “[…] Não sou burro, nem louco de botar o Senado contra mim”, teria dito.

Cogitações sobre uma possível delação premiada também foi descartada por ele. “Não há delação premiada alguma. Minha defesa é boa. Será feita nos tribunais superiores”, disse.

Pouco tempo depois da prisão do senador, a imprensa nacional divulgou notícias sobre a possibilidade de Delcídio aceitar acordo de colaboração premiada, desde sempre negada pela defesa.

Ainda segundo a Folha de São Paulo, o senador explicou que não está em prisão domiciliar e, sim, em “recolhimento noturno”, que seria uma medida cautelar. Essas e demais informações serão explicadas durante seu primeiro pronunciamento na tribuna.

Na sua volta, o senador também fará ‘corpo a corpo’ com os demais colegas, no intuito de se defender, enquanto na tribuna afirmará ser inocente e vítima de armação.

A assessoria de comunicação confirmou que o senador não voltará aos trabalhos no Senado nesta terça-feira. Delcídio passará por “uma série de exames” e a definição do horário que ele terá de voltar para casa, em virtude da medida cautelar. Ainda conforme a assessoria, o senador “não pedirá licença, reassumirá o mandato e todas as comissões das quais faz parte”.

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 1º DE FEVEREIRO

DESTAQUES NEWS

Eleições na Câmara e no Senado acontecem nesta sexta-feira (1º)

BLINK NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 30 DE JANEIRO

DESTAQUES NEWS

Voto aberto ou secreto nas eleições para Câmara e Senado?

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat