Conecte com a gente

COLUNISTAS

Depois de sofrer bullying na escola, psicólogo encontra na psicologia positiva um caminho possível

Já ouviu falar de bullying positivo? Calma, não é uma nova moda pra incentivar o bullying nas escolas. O psicólogo Guilherme Fagundes, criador do projeto, explica: “É um trabalho que mostra como lidar com o bullying de uma maneira diferente”. Ao invés de dar foco no agressor – que muitas vezes desconta situações pessoais intimidando colegas – ou de só defender a vítima ao invés de ela mesma se defender. O psicólogo mostra que é possível trabalhar para que todos estejam bem consigo mesmo.

Guilherme estudava numa escola municipal em Campo Grande. Filho de pais divorciados, não podia encontrar sempre o pai na cidade de Fátima do Sul. Então, sua mãe fez um acordo com a diretora: se os dois filhos tirassem notas altas, poderiam entrar de férias já no quarto bimestre e passar o fim do ano com o pai. Só que um boletim cheio de notas 9 e 10 não era uma vantagem para o jovem na sua turma: “meus colegas me obrigavam a fazer as tarefas deles, não podia fazer gol no futebol durante o recreio se não apanhava”, relata Guilherme.

Psicologia Positiva

Já na faculdade, Guilherme começou a compreender que o bullying acontecia porque algo estava reprimido nos próprios autores das intimidações. Por isso, ele defende: “ao invés de punir o agressor, precisamos entender o sentimento que ele tem fora da escola. O que está acontecendo para ele descontar a raiva dessa maneira?”. Ao mesmo tempo, acredita que as vítimas do bullying precisam compreender as questões mal resolvidas dentro delas para terem confiança suficiente em suas potencialidades.

Ele se baseia no conceito de Psicologia Positiva. “É um novo olhar na forma de ver o mundo. Com ela, entramos no pensamento e mostrarmos o que é a felicidade, o que conseguimos ver de positivo nas nossas vidas, e tentamos trazer a felicidade como um estilo de vida”. Assim, essa teoria acredita que conseguimos criar felicidades mais duradouras.

O psicólogo explica que já existem várias pesquisas que apontam que os transtornos ansiosos vão superar a depressão. “Sem perceber, treinamos para sermos ansiosos ao usarmos as redes sociais, por exemplo. Se todos estão compartilhando fotos de momentos felizes no Instagram, porque eu não tenho isso também?”, ele explica.

Por isso, é importante compreender nossas ansiedades, nossos desejos, nossas dificuldades de comunicação. A partir da psicologia positiva, Guilherme compartilha técnicas nas escolas onde palestra sobre o tema.  “É um momento que apresento técnicas que apoiam o autoconhecimento, a felicidade autêntica, a gratidão, o perdão. Soluções positivas para as pessoas aprenderem a lidar quando estiverem em situações de bullying”. No evento, ele também explica o que é felicidade autêntica, como é importante incluir atividades físicas na rotina, comenta sobre amor próprio, perdão, afeto e propósito.

Palestras nas escolas

Guilherme decidiu usar parte de seu tempo para realizar palestras para estudantes de escolas públicas e privadas. Em parceria com a prefeitura de Campo Grande, participa mensalmente dos ciclos de palestra do projeto Levanta Juventude. Além disso, faz parcerias com instituições privadas. Para saber mais, é só acessar suas redes sociais (@guifagundespsico no instagram e https://www.facebook.com/psiguifagundes) ou enviar um e-mail para guipsico@gmail.com.

Escrito por

Caio Dib é jornalista e compartilha oportunidades da educação brasileira em www.caiodib.com.br

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Se liga. Ela é superior, sim!

VIVA+

Edital apoia projetos que combatem violência sexuais contra crianças e adolescentes

COLUNISTAS

Você gostava da aula de educação física?

COLUNISTAS

17 ABR: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Posts recentes

Publicidade Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat