Em uma conversa surpreendedora Eduardo Costa relevou coisas da vida de um cantor sertanejo. Em uma live com a apresentadora Márcia Goldschimidt o cantor sertanejo garantiu que não fará mais shows em 2020.

O músico revelou que as lives são os maiores sucessos da atualidade e por isso vai se dedicar a isso, além de mostrar o grande repertório que ele já está planejando. Tudo isso faz parte de uma serie documental que ele está produzindo

“Com ou não a liberação para fazer shows, eu não farei mais shows. Vou continuar fazendo lives, mas não farei shows esse ano e vou mudar minha carreira. Quero que as pessoas vejam um Eduardo Costa mais músico, mais instrumentista, que toca piano, percussão, baixo e outros instrumentos porque tudo isso vai fazer parte de um documentário, um roteiro para um trabalho que possa virar série para televisão”, 

View this post on Instagram

Sua vida pode ser uma comédia, uma aventura ou uma história de superação, sucesso e amor. Mas pode ser também um drama, uma trajédia ou a monotonia da não mudança. Porque todos nós temos tudo isso em nossas vidas. O que muda é como editamos, em quais experiências mantemos o foco e sobre o que falamos. Fale do drama, e sua vida será um drama. Fale da aventura e a mesma vida será deliciosa. Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar autor da própria história. É saber falar de si mesmo. É não ter medo dos próprios sentimentos. Sou um eterno aprendiz que no traçado da história tenta entender quem sou. Sou apenas um cantador que viaja a procura de mim mesmo. E DEUS é meu único guia.

A post shared by 𝑬𝑫𝑼𝑨𝑹𝑫𝑶 𝑪𝑶𝑺𝑻𝑨 (@eduardocosta) on

Sobre a repercussão da live com a parceira de Leonardo que gerou muitas polemicas, ele disse que lamentou muito com a não aprovação do público que o criticou nas redes sociais. Na transmissão ao vivo, Eduardo disse muitos palavrões e frases machistas que se tornou o assunto mais comentado do twitter. Logo após finalizar a live e ver que os comentários não eram nada positivos, o cantor disse que iria encerrar a sua carreira na música.

“Eu fiquei muito triste. Nós arrecadamos milhões de toneladas de alimentos, álcool gel, materiais de limpeza e higiene pessoal e só falaram das fofocas. Não ganhamos um p*, não faturamos nada. Os patrocínios foram todos transferidos para as doações e fomos muito cobrados”, afirmou.

Parece que o cantor mudou de ideia e já planeja mais lives para o futuro, agora com a consciência mais leve, ele disse estar focado em realizar as transmissões e aprimorar tudo o que seus colegas músicos estão fazendo nas transmissões. Estamos aguardando quais serão os próximos passos de Eduardo Costa