Enzima decompositora de plástico: a solução para o acúmulo de lixo

Cientistas da Universidade do Texas em Austin descobriram uma enzima capaz de quebrar plástico em partes menores em até 24 horas, ajudando a diminuir a quantidade de lixo distribuído no mundo. As toneladas de resíduos práticos que residem em aterros sanitários e prejudicam o meio ambiente, poluindo ambientes e rios podem virar história com a a descoberta.

O professor do Departamento de Engenharia Química McKetta da UT Austin, Hal Alper, acredita que as possibilidades da enzima são infinitas. “Além da óbvia indústria de gerenciamento de resíduos, isso também oferece às empresas de todos os setores a oportunidade de liderar a reciclagem de seus produtos. Por meio dessas abordagens enzimáticas mais sustentáveis, podemos começar a vislumbrar uma verdadeira economia circular de plásticos”, disse.

No momento a equipe de pesquisa está preparando a produção da enzima para aplicação industrial e ambiental. Também estão estudando os vários usos do produto, como limpeza de locais públicos.

Os dados são da revista Saber é Saúde.

Quer falar com a BLINK?