Conecte com a gente

VIVA VOZ

Estampado na cara! Estudo diz q feição revela muito sobre sua vida sexual

A frase já é batida mas sempre funciona: os olhos não mentem. Ou os olhos são as janelas da alma. Enfim, há inúmeras variáveis a esse respeito, mas já parou pra pensar se seu próprio rosto te entrega, principalmente no quesito vida sexual? Pois de acordo com este estudo, alguns traços faciais são capazes de dar detalhes a respeito do comportamento sexual da pessoa, como o nível de libido e até a probabilidade de ela cometer uma traição.

Calma, não é como se os detalhes sórdidos da sua vida sexual – como qual é o sexo da última pessoa com quem você transou ou se você fez sexo em público – ficassem estampados em seus trejeitos e expressões. De acordo com o estudo, o formato do rosto, tanto de homens quanto de mulheres, é algo que dá um parecer geral sobre os hábitos sexuais de alguém.

Detalhes do estudo

O levantamento em questão foi realizado por pesquisadores da Nipissing University (Canadá) em duas partes. Na primeira, foram analisados dados de 145 estudantes que estavam em relacionamentos sérios. Além de responderem perguntas sobre comportamento e hábitos sexuais, os participantes também tiveram fotos de seus rostos analisadas para determinar medidas como largura e altura da face.

A segunda etapa foi uma extensão da primeira e, para ela, foram consultadas outras 314 pessoas que responderam às mesmas perguntas e algumas a mais envolvendo a orientação sexual, a probabilidade de elas cometerem uma traição e o quão confortáveis elas se sentem com o conceito de sexo casual (que não inclui amor ou compromisso).

Segundo os resultados obtidos, tanto homens quanto mulheres com rostos mais largos e arredondados têm níveis mais altos de desejo sexual e fazem mais sexo em comparação com pessoas de rostos mais finos e compridos. Além disso, homens que têm a face larga também têm mais propensão a curtir a ideia do sexo casual e a trair.

Mas, afinal, por que isso acontece? De acordo com o estudo, essa relação pode estar ligada à variação dos níveis hormonais na fase de desenvolvimento das pessoas, como a puberdade, que influencia tanto nas mudanças físicas quanto no desejo sexual e nos hábitos da vida sexual em geral.

Você concorda com este estudo?

fonte: delas.ig.com.br

 

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ: