Conecte com a gente

BLINK NEWS

FAB conclui que cansaço do piloto foi determinante para acidente que matou Eduardo Campos

A exaustão do piloto Marcos Martins, piloto do avião que caiu em Santos – SP, em 13 de agosto de 2014, matando o então candidato do PSB e ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos, e outras seis pessoas, sendo este um dos fatores contribuintes para a tragédia, que teve uma sequência de falhas humanas.

O resultado do relatório das investigações realizadas nos últimos 17 meses pelo Centro de Invetigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) será apresentado nesta terça-feira (19), às 13:00hs aos familiares de todos que estavam no voo e, em seguida, as 15:30hs, para a imprensa.

Além do uso de “atalho” para acelerar o procedimento de descida na Base Aérea de Santos, outro problema detectado durante os trabalhos foi a falta de treinamento do piloto, específico para aquela aeronave, um Cessna 560 XL, que levou à Aeronáutica, inclusive, a emitir uma recomendação de segurança à Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), três meses depois do acidente.

Poucos dias antes do acidente, o próprio Martins já havia relatado, em redes sociais, que estava “cansadaço”.

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Indulto natalino pode liberar presos da Lava Jato e outras notícias importantes. CONFIRA:

BLINK NEWS

WhatsApp chat