Conecte com a gente

BLINK NEWS

FAKE NEWS: DESCUBRA SE VOCÊ RECEBEU UMA NOTÍCIA FALSA

Pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP) e da Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR) se reúnem para desenvolver protótipo detector de fake news. Para desenvolver o protótipo, os pesquisadores das universidades partiram do princípio de que, se alguém conta uma mentira, a forma de se expressar e também a escrita do texto são afetadas. Para o estudo, foram reunidos mais de 3,6 mil textos totalmente falsos e outros 3,6 mil completamente verdadeiros. Em seguida, os pesquisadores usaram códigos para identificar padrões de linguagem em cada texto.

Notícias falsas x notícias reais

  • erros ortográficos aparecem em 36% das notícias falsas contra 3% nos textos verídicos;
  • fake news costumam apresentar frases mais curtas do que as notícias verdadeiras;
  • notícias reais usam mais substantivos, adjetivos, advérbios e pronomes;
  • notícias falsas costumam “apelar” para os sentimentos;
  • o vocabulário das notícias falsas é mais diverso.

Usando o Nilc-FakeNews

O protótipo Nilc-FakeNews já está no ar e pode ser acessado por aqui. Ainda deve ser aprimorado e equilibrado pelos pesquisadores, inclusive com categorias de notícias conforme os assuntos (política, TV e celebridades, sociedade e cotidiano, etc). Para utilizar o Nilc pelo computador ou pelo celular é necessário carregar o texto da notícia, com no mínimo 100 palavras, e aguardar o alerta – ou não – enviado pelo sistema.

Como identificar uma notícia falsa?

Especialistas têm divulgado com mais frequência dicas e sugestões para identificar uma fake news. Algumas destas dicas são enfatizadas pela Federação Internacional de Associações e Instituições Bibliotecárias (IFLA). Anote:

  • verifique se a fonte é de confiança;
  • leia a notícia completa e não apenas o título;
  • pesquise sobre o autor do texto;
  • preste atenção na data de publicação da notícia;
  • veja se o texto não contém sarcasmo ou ironia;
  • consulte especialistas.

Exemplos de fake news

A Blink 102 separou dois exemplos de notícias falsas relacionadas às eleições deste ano. A maioria delas foi compartilhada através do whatsapp, aplicativo de mensagens para celulares.

“POUPANÇA FRATERNA”

Um projeto de lei (137/2004) de autoria de Nazareno Fonteneles (PT) realmente estabeleceria limite máximo de consumo mensal por pessoa residente no Brasil, mas foi arquivado em 2007. Quem criou o boato sobre as poupanças vinculou o projeto já arquivado a Ciro Gomes e Fernando Haddad, ambos candidatos à presidência, mas, nos planos de governo dos candidatos não houve menção ao projeto.

VOTAÇÃO NA SEGUNDA-FEIRA

Imagem divulgada nas redes sociais repassaria aos eleitores do Partido dos Trabalhadores a informação de que votação aconteceria no dia 8 (segunda-feira), dia seguinte ao dia “real” das eleições do primeiro turno. A imagem, em formato informativo, levava figuras de políticos do PT e instruía os apoiadores do partido a irem às urnas no início da semana. O Tribunal Superior Eleitoral precisou se manifestar e lembrar que não havia convocação de votação para nenhum outro dia além de 7 de outubro.

Escrito por

Jornalista e especialista em marketing digital, agora mergulho no universo radiofônico. Produtora do #CaféComBlink. No ar de 2ª a 6ª, a partir das 7h, na Blink 102. Amo colecionar histórias... Me conta a sua?!

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Em terra de Fake News, quem tem credibilidade é o Rádio!

CAFÉ COM BLINK

É Fake News!

CAFÉ COM BLINK

O que precisamos saber sobre decreto que flexibiliza posse de armas

BLINK NEWS

Confirmado: Sérgio Moro será Ministro da Justiça

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat