Harpia praticamente extinta ganhará projeto de conservação

A conservação da harpia (Harpia harpyja), será tema na Oficina de Avaliação de Manejo Integrado para Conservação da Harpia na Mata Atlântica, que ocorre entres os dias 07 e 10 de junho, em Foz do Iguaçu, no Paraná. O evento discute translocação e conservação da natureza, além de estratégias para proteção da espécie, com foco nas florestas do sul do país e nos vizinhos, Argentina e Paraguai.

Considerada vulnerável a extinção pela ultima avaliação do ICMBio, a maior ave de rapina brasileira já perdeu mais de 40% do seu habitat natural e tem ficado cada vez mais restrita à Amazônia.

A oficina é uma ação em conjunto da Sociedade de Pesquisa em Vida Selvagem e Educação Ambiental (SPVS) com a Itaipu Binacional, com o objetivo de montar uma estratégia para que a harpia não desapareça da Mata Atlântica.

Os dados são da O eco.

Quer falar com a BLINK?