Conecte com a gente

VIVA VOZ

Incompatibilidade de horários no sexo: como resolver?

Já aconteceu de você e seu parceiro terem vontades bem distintas com relação ao sexo, como um querer de dia e o outro preferir pela noite? Pois isso tem explicação científica, de acordo com pesquisa realizada no Reino Unido. As mulheres têm maior desejo sexual à noite e os homens, pela manhã.

O estudo ainda chegou a um horário médio em que homens e mulheres têm mais vontade de fazer sexo. Enquanto o horário masculino é às 7h54 da manhã, o delas é por volta de 23h21.

A sexóloga Luni Freire explica que há uma razão biológica para o desejo dos homens logo pela manhã: eles vivem um pico de testosterona nessa parte do dia. Já as mulheres não têm picos do hormônio ao longo do dia, mas, sim, em um momento do mês, relacionado ao ciclo menstrual, “cerca de 14 dias depois da menstruação, na época da ovulação”, explica Luni.

Mas a especialista alerta que características biológicas não são as únicas levadas em consideração para aumentar o desejo sexual em determinado momento: “A gente é influenciado por todo um contexto social, você tem preferência por aquele horário baseado em várias coisas”.

Um dos fatores sociais apontados pela sexóloga para essa diferença de horário é a visão diversa que homens e mulheres têm para o sexo. Para Luni, geralmente os homens veem o sexo como um revigorante: “Se ele vai ter um dia cansativo, com problemas no trabalho, ele prefere iniciar o dia com uma atividade prazerosa, como o sexo”. Já as mulheres, segundo a especialista, têm uma imagem do sexo como atividade relaxante: “Se ela vai ter muitas questões a resolver no trabalho, pensa: ‘não quero despertar a vontade sexual agora, quero estar preparada’, e prefere o sexo depois de resolver os problemas”.

O papel que a mulher ainda exerce na sociedade, de ainda ser a maior responsável por cuidar das tarefas de casa e dos filhos, também é um fator apontado por Luni para reduzir a vontade de fazer sexo pela manhã. “Se a mulher tem muitas tarefas de manhã, arrumar o café, acordar as crianças e deixá-las pronta para a escola, ela não vai ter tempo e disposição para o sexo”, comenta.

A principal atitude a ser tomada para resolver esse problema de incompatibilidade de horários para a relação sexual é conversar. Luni explica que depois de uma conversa franca, o casal pode entrar em acordo e fazer uma alternância: “Nem todo dia de manhã, nem todo dia à noite”.

Uma solução é optar por fazer de manhã aos fins de semana, quando ela tem mais tempo e não precisa acordar mais cedo para isso. Em um dia mais descansado, ele pode ceder e fazer durante a noite.

Mas tanto o homem quanto a mulher podem usar de artifícios para que o outro queira fazer sexo na mesma hora que ele. Quer que ele faça sexo à noite? Faça um jantar romântico, até afrodisíaco, prepare um ambiente propício e use uma lingerie bem sedutora – são as dicas de Luni.

Já para os homens, a principal dica que ela dá para que consiga que a parceira tenha vontade de fazer sexo pela manhã é fazer as tarefas que ela normalmente faria. “Acorde mais cedo, prepare o café da manhã, e deixe as crianças prontas”, sugere a sexóloga, assim ela pode entrar mais no clima, sem ter várias tarefas a cumprir.

Por mais que a vontade de fazer sexo seja mais forte em algum horário, Luni explica que fazemos e temos mais desejos, inconscientemente, como uma recompensa, caso ele ou ela tenham feito o que lhe agradasse.

Você prefere transar de dia ou de noite?

fonte: delas.ig.com.br

 

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

WhatsApp chat