conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

PLANTÃO DE NOTÍCIAS BLINK 102

Junho 2020 – Corona Vírus em Campo Grande

Junho 2020 - Corona Vírus em Campo Grande

30.06.2020

Brasil se aproxima de 60.000 mortes por coronavírus e conta 1,4 milhão de infectados

O Brasil se aproxima de 60.000 mortes por coronavírus e conta 1.402.041 casos confirmados da covid-19, 33.846 deles notificados nas últimas 24 horas. Segundo os dados do Ministério da Saúde, nesta terça-feira (30), foram registradas 1.280 novos óbitos. Com isso, o Brasil conta um total de 59.594 mortes pelo novo coronavírus. 790.040 brasileiros já contraíram a doença e se recuperaram;

MS: 85 óbitos e 8.676 casos confirmados de covid-19.

29.06.2020

O balanço da covid-19 no mundo: já são mais de 500.000 mortes;

Após ultrapassar os 10 milhões de casos, a pandemia de covid-19 atinge uma nova marca no mundo: mais de 500.000 mortes em decorrência da doença. Segundo os números mais atualizados Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, o novo coronavírus infectou 10.154.984 pessoas e matou 502.048 no planeta.

Dados atualizados na plataforma do Ministério da Saúde às 18h30 deste domingo apontam que os casos de coronavírus registrados aumentaram em 30.476 e os óbitos em 552 nas últimas 24 horas. Com isso, o Brasil chega a 1.344.143 infectados e 57.622 mortos pela doença desde o início da pandemia.
A região sudeste é a que apresenta ainda o maior número de casos (469.459) e óbitos (26.624) do país, seguido pelo nordeste (459.708 infectados e 18.566 mortos). O norte, entretanto, é a região do país com a maior taxa de mortalidade por 100.000 habitantes: 50,7, de acordo com os dados do Ministério da Saúde. O número é quase o dobro da taxa do país: 27,4.

MS: 75 óbitos e 7.676 casos confirmados de covid-19.

26.06.2020

Brasil soma 54.971 mortes em 1,22 milhão de casos de coronavírus

O Brasil registrou 1.141 novas mortes e 39.483 novas infecções pelo coronavírus nesta quinta-feira (25). Com isso, o país chega a um total de 54.971 óbitos e 1.228.114 casos da covid-19. Enquanto o Ministério da Saúde divulgada as altas cifras, o presidente Jair Bolsonaro voltava a defender o relaxamento da quarentena para reabrir a economia e a minimizar a crise de saúde. Segundo o Ministério da Saúde, 499.414 pessoas estão hospitalizadas pela covid-19. E 673.729 pessoas já contraíram o vírus e se recuperaram.

MS: 65 óbitos e 6.913 casos confirmados de covid-19.

25.06.2020

Brasil registra mais de 40 mil novos casos do coronavírus e 1.185 mortes nas últimas 24 horas 

O Brasil registrou nas últimas 24 horas 42.725 novos casos de coronavírus de acordo com o Ministério da Saúde. No total, são 1.188.631 infectados em todo o país. De ontem para hoje também foram notificadas 1.185 mortes, totalizando 53.830 óbitos notificados em decorrência da doença. A pasta informa também que 649.908 pessoas estão curadas da covid-19;

MS: 61 óbitos e 6.523 casos confirmados de covid-19.

24.06.2020

Brasil chega a 52.645 mortes em 1,14 milhão de casos de coronavírus;

O Brasil registrou nesta terça-feira 1.374 novas mortes pela covid-19 e soma agora 52.645 óbitos pela doença. O Ministério da Saúde também recebeu notificação de 39.436 novos casos. Com isso, o país já conta 1.145.906 infecções. O número de recuperados, segundo o Governo, é de 613.345;

MS: 56 óbitos e 6.201 casos confirmados de covid-19.

23.06.2020

Mundo ultrapassa 9 milhões de infectados pela covid-19;

9.115.878 de pessoas contraíram o novo coronavírus desde o início da pandemia, segundo balanço da Universidade Johns Hopkins, atualizado em tempo real com as informações oficiais dos governos dos países. Os Estados Unidos e o Brasil lideram em número de casos, assim como o número de mortes. A América é hoje o epicentro da pandemia. Há a confirmação de 472.541 mortes em decorrência da covid-19 no planeta.

O Brasil registrou nesta segunda-feira 654 novas mortes e 21.432 novos casos de covid-19, de acordo com o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde com dados atualizados até 18h30. Com os novos registros, o país chega a um total de 51.271 mortes pelo coronavírus e 1.106.470 casos registrados pelas autoridades sanitárias.
Além disso, o Ministério da Saúde afirma que 3.912 casos estão sendo investigados. Do total de casos confirmados, 571.649 são de pessoas consideradas recuperadas. Os demais seguem em acompanhamento. 

MS: 55 óbitos e 5.784 casos confirmados de covid-19.

22.06.2020

MS chega aos 47 óbitos;

MS: 47 óbitos e 5.391 casos confirmados de covid-19.
A coletiva de imprensa da Secretaria Estadual de Saúde de MS relatou dificuldades com números fornecidos pelas Prefeituras do interior;

O Brasil registrou 641 óbitos e 17.459 novos casos de covid-19 neste domingo. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde e estão atualizados até as 17h30. Com os novos registros, o país atinge a marca de 50.617 mortos pelo novo coronavírus e 1.085.038 notificações da doença.
De acordo com o Governo Federal, há 3.817 óbitos em investigação. Ou seja, em que são aguardados os resultados de exames para saber se a causa da morte do paciente era covid-19 ou não;

O número de casos de coronavírus registrados no mundo em 24 horas marca um novo máximo, com mais de 183.000 contágios em um único dia, segundo a Organização Mundial da Saúde. O maior incremento (116.000) está localizado nas Américas. Os Estados Unidos se aproximam dos 120.000 óbitos, enquanto no Brasil já passam de 50.000. Na Alemanha, a propagação do vírus disparou após um surto da doença em um frigorífico  na Renânia do Norte-Vestfália. 
Ao todo, o número de infectados pelo mundo se aproxima dos 9 milhões: são 8.970.977 casos confirmados e 468.589 mortes, segundo a Universidade Johns Hopkins (EUA);

Após dar entrevistas ao longo do final de semana para falar sobre as razões de Fabrício Queiroz estar em sua casa quando foi detido na última quinta-feira, o advogado Frederick Wasef deixa de advogar para o senador Flavio Bolsonaro. Foi o próprio Flavio quem deu a notícia no seu twitter na noite de domingo(21). “A lealdade e a competência do advogado Frederick Wassef são ímpares e insubstituíveis. Contudo, por decisão dele e contra a minha vontade, acreditando que está sendo usado para prejudicar a mim e ao Presidente Bolsonaro, deixa a causa mesmo ciente de que nada fez de errado.”

19.06.2020

No mundo, já são 8,5 milhões de infectados pela covid-19;

Segundo o levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos EUA, o novo coronavíris infectou 8.509.393 pessoas e matou 454.380;

O Ministério da Saúde informa que o Brasil soma 978.142 casos confirmados e 47.748 mortes por coronavírus. Foram 1.238 novas mortes e 22.765 novos casos da covid-19 registrados nas últimas 24 horas.Ainda há 3-982 mortes em investigação e, segundo o Ministério da Saúde, 482.102 pessoas já contraíram o vírus e se recuperaram;

MS: 40 óbitos e 4.666 casos confirmados de covid-19.

18.06.2020

Brasil soma 46.510 mortes em 955.377 casos de coronavírus;

O Brasil registrou 1.269 novas mortes pela covid-19 nas últimas 24 horas e já soma 46.510 óbitos pela doença. Os dados, divulgados nesta quarta-feira (17) pelo Ministério da Saúde, mostram que o país se aproxima de alcançar a marca de um milhão de infectados. Foram 32.188 novas notificações em um dia, e o país soma agora 955.377 casos confirmados. O Ministério da Saúde ainda informa que 463.474 brasileiros já contraíram o vírus e conseguiram se recuperar;

MS: 39 óbitos e 4.274 casos confirmados de covid-19.

17.06.2020

Com recorde de novos casos, mundo tem quase 8,2 milhões de infectados por covid-19;

O número de pessoas infectadas no mundo em um único dia atingiu um novo recorde, com 139.500 casos nas últimas 24 horas, elevando o total para quase 8,2 milhões de pessoas infectadas e mais de 444.000 mortes, de acordo com o balanço da Universidade Johns Hopkins. Os Estados Unidos são o país mais afetado, com 2,1 milhões de infectadas e cerca de 117.000 óbitos, seguido pelo Brasil. 

O Brasil registrou 1.282 novas mortes por coronavírus e chega a 45.241 óbitos em 923.189 casos confirmados da covid-19. Os dados foram divulgados pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira (16). A pasta conta ainda 441.729 pessoas que contraíram a infecção e se recuperaram;

MS: 36 óbitos e 4.164 casos confirmados de covid-19.

16.06.2020

Mundo ultrapassa de 8 milhões de infectados;

O vírus Sars-Cov-2 infectou 8.051.732 pessoas em todo o planeta desde o início do surto, em janeiro, de acordo com balanço da Universidade John Hopkins (EUA), que atualiza os dados em tempo real com informações da Organização Mundial da Saúde e autoridades sanitárias locais. A covid-19 também causou as mortes de 437.266 pessoas;

Com 627 novas mortes registradas nas últimas 24 horas, Brasil soma 43.959 óbitos pela covid-19 em 888.271 casos de coronavírus. Os dados são do Ministério da Saúde, que conta 412.959 recuperados pela doença. Os dados são impactados pela capacidade de processamento dos exames, que costuma ser reduzida durante o fim de semana. Ainda há 4.070 mortes em investigação;

MS: 36 óbitos e 3.785 casos confirmados de covid-19.

15.06.2020

Brasil soma 43.332 mortes por covid-19 e 867.624 casos da doença;

De acordo com o Ministério da Saúde, o país registrou 612 novos óbitos e 17.110 novos casos de infecção em 24 horas, números mais baixos que correspondem com o esperado para o domingo, devido ao maior atraso nas notificações durante os finais de semana. Ainda há 3.981 mortes em investigação.
388.492 pessoas já se recuperaram da doença, o equivalente a 44,8% do total de casos confirmados. 

MS: 33 óbitos e 3.551 casos confirmados de covid-19;

A pandemia do novo coronavírus já infectou 7.930.989 e matou 433.783 pessoas em todo o mundo, aponta o levantamento da Universidade Jonhs Hopkins, nos EUA. Os norte-americanos ainda são são os mais afetados, e os casos da doença do país já passam de 2 milhões. O Brasil é o segundo do mundo ém número de casos e e óbitos;

A Procuradoria-Geral da República instaurou nesta segunda-feira uma investigação preliminar sobre o ato de sábado à noite, quando um grupo lançou rajadas de fogos de artifício em direção ao Supremo Tribunal Federal. A investigação foi um pedido do presidente do STF, Dias Toffoli, e foi determinada pelo procurador Augusto Aras, que a deixou sob a responsabilidade do vice-procurador Humberto Jacques, o mesmo que supervisiona o inquérito aberto em abril no Supremo para investigar manifestações que pedem o fechamento de instituições democráticas.

12.06.2020

95% dos pacientes que se curam da covid-19 sofrem com dificuldades para recuperar a rotina;

Cansaço, dores no corpo e na cabeça, palpitações e falta de ar. Estes são alguns dos sintomas relatados por pessoas que se curaram da covid-19. Segundo estudo feito pela fundação holandesa Longsfonds com 1.622 sobreviventes da doneça, 95% deles relataram algum problema para recuperar o ritmo de vida após a cura. A maioria (85%) informou que não tinha nenhum problema de saúde antes de contrair o coronavírus.

O Brasil tem 41.058 mortes por coronavírus confirmadas até as 8h desta sexta-feira, aponta o levantamento feito pelo consórcio de veículos de imprensa com informações das secretarias estaduais de Saúde.
Segundo os Governos, são ao todo 805.682 casos confirmados até agora. O levantamento difere do divulgado pelo Ministério da Saúde por ter atualizações de Estados. Pelos números do Governo federal divulgados na noite desta quinta-feira, o país tem  40.919 mortes por covid-19 e 802.828 infectados. 
O consórcio é composto por G1O GloboExtraO Estado de S. PauloFolha de S.Paulo e UOL;

MS: 28 óbitos e 3.001 casos confirmados de covid-19;

11.06.2020

Brasil chega a 40.919 mortes por covid-19 e soma 802.828 casos confirmados;

O Ministério da Saúde registrou 1.239 novos óbitos e 30.412 casos em 24 horas. 3.588 mortes continuam em investigação.
Desde o início da pandemia, 345.595 brasileiros se recuperaram da doença, o que equivale a 43% dos casos confirmados. 

MS: 25 óbitos e 2.853 casos confirmados de covid-19;

10.06.2020

Brasil chega a 38.497 óbitos na pandemia, segundo contagem de consórcio de veículos;

País chegou a 38.497 óbitos pelo novo coronavírus desde o início da pandemia, com 1.181 mortos registrados nas últimas 24 horas, de acordo com o balanço feito junto às secretarias estaduais de Saúde pelo consórcio formado entre os veículos O GLOBOExtraO Estado de S. Paulo, Folha de S.PauloG1 e UOL.  Os números foram atualizados às 20h desta terça-feira e divergem dos apresentados pelo Ministério da Saúde, que fechou seu boletim às 18h45. Há mais 91 mortes no balanço independente na comparação com o balanço oficial (38.406). O balanço independente, criado após o Governo mudar drasticamente a forma de divulgar os dados, não conta com os números de Mato Grosso. Ainda que a fonte seja a mesma – as secretarias estaduais – alguma divergência é esperada por conta do horário de processamento de dados;

MS: 24 óbitos e 2.597 casos confirmados de covid-19;

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira que parece que a Organização Mundial da Saúde (OMS) quer “quebrar países”, depois de a entidade esclarecer que pessoas portadoras da covid-19 e que estão assintomáticas podem sim transmitir a doença respiratória causada pelo novo coronavírus. As informações são da Reuters;

A exoneração de Regina Duarte do carto de secretaria especial da Cultura foi publicada hoje no Diário Oficial da União, com as assinaturas do presidente Jair Bolsonaro e do ministro do Turismo, Macelo Álvaro Antônio. Apoiadora de Bolsonaro, Duarte ficou na secretaria entre 4 de março e 20 de maio, quando pediu a exoneração alegando “saudades da família”.
Em seu Instagram, a atriz publicou a exoneração com a legenda “Deu-se! #ufa!”.

09.06.2020

Brasil registrou 849 novos óbitos pela pandemia nas últimas 24 horas, informa consórcio de veículos de imprensa;

O Brasil contabilizou 849 novos óbitos pela pandemia nas últimas 24 horas, segundo dados colhidos por um consórcio de veículos de imprensa junto às Secretarias de Saúde dos Estados. O número é maior do que os 679 registros anunciados oficialmente pelo Governo Bolsonaro, que admitiu que o balanço não incluía os dados de Alagoas e de Santa Catarina nas últimas 24 horas. O consórcio de veículos de imprensa ( Extra, Folha de S.Paulo, G1, O Estado de S.Paulo, O Globo UOL ) foi criado justamente por causa das confusões e mudanças na divulgação dos dados pelo Ministério da Saúde, num movimento que começou na última sexta-feira;
MS: 22 óbitos e 2.455 casos confirmados de covid-19.

08.06.2020

Plataforma do Governo altera número de mortes e comunica dados diferentes dos distribuídos pelo próprio Ministério da Saúde;

O Ministério da Saúde atualizou, no final da noite de domingo, os números divulgados no site oficial do Governo que traz dados sobre a covid-19 no Brasil, comunicando informações diferentes das divulgadas anteriormente pela própria pasta. Segundo o site, houve 18.912 novos casos e 525 óbitos registrados nas últimas 24horas. A informação não condiz com o que a própria pasta informou anteriormente, quando comunicou 12.581 novos registros de infectados pelo novo coronavírus e 1.382 mortes.
Na atualização diária sobre a pandemia no Brasil, o Ministério da Saúde informa que foram confirmados nas últimas 24 horas 12.581 novos casos e 1.382 mortes por coronavírus. Ao todo, o Brasil já contabilizou 685.427 pessoas infectadas e 37.312 óbitos.
MS: 22 óbitos e 2.324 casos confirmados de covid-19.

07.06.2020

Governo Bolsonaro impõe apagão de dados sobre a covid-19 no Brasil em meio à disparada das mortes;

Portal do Ministério da Saúde exclui número total de infectados pelo novo coronavírus e acumulado de óbitos no país desde o início da pandemia. Secretários de Saúde, Judiciário e entidades da sociedade civil criticam omissão de dados: “Tragédia”, classifica ex-ministro Mandetta.
MS: 21 óbitos e 2.253 casos confirmados de covid-19.

06.06.2020

Ultrapassada pelo Brasil, Itália soma 85 mortes e 518 contágios em um dia;

O Governo italiano registrou, de ontem para hoje, 85 mortes e 518 pessoas infectadas (402 em Lombardia, no norte do país, a região mais atingida) pelo novo coronavírus, que totalizam 33.774 falecimentos e 234.531 casos confirmados no país desde o início da pandemia. No ranking absoluto de mortes, a Itália foi ultrapassada ontem pelo Brasil, que atingiu os 34.021 óbitos e se tornou o terceiro país com mais mortes pela covid-19. A título de comparação, o Governo brasileiro registrou ontem 1.473 mortes e 30.925 infectados. (Efe);

O presidente dos EUA, Donald Trump, usou o Brasil como exemplo de país com “dificildades” para lidar com o coronavírus nesta sexta-feira. “Se você olhar para o Brasil, eles estão passando por dificuldades. A propósito, eles estão seguindo o exemplo da Suécia. A Suécia está passando por um momento terrível. Se tivéssemos feito isso, teríamos perdido 1 milhão, 1 milhão e meio, talvez até 2 milhões ou mais de vidas”, disse o presidente norte-americano na Casa Branca, acrescentando que agora é hora de acelerar a reabertura em seu país.
Os Estados Unidos são o país do mundo com o maior número de casos do novo coronavírus, com 1,9 milhão de infecções e mais de 108.000 mortos. O Brasil é o segundo do mundo em número de casos, com quase 615.000 infecções confirmadas pelo Ministério da Saúde e 34.021 mortes. (Reuters);

Brasil registrou 1.005 óbitos em 24 horas e já soma 645.771 infecções desde o início da pandemia. Nesta sexta-feira, em que não houve coletiva de imprensa com o Ministério da Saúde para acompanhamento das ações de combate à covid-19, os números da crise no Brasil foram, mais uma vez, divulgados com atraso, pouco antes das 22h. A forma de apresentação dos dados também mudou.
MS: 21 óbitos e 2.132 casos confirmados de covid-19.

05.06.2020

Com novo recorde de registro de casos e óbitos em 24 horas, Brasil soma 34.021 mortes e 614.941 infectados;

Os dados são do boletim diário do Ministério da Saúde. Nem todas as mortes notificadas nas últimas 24 horas ocorreram em um único dia. Os números são impactados pelos resultados de exames relacionados a milhares de mortes (atualmente, 4.159) ainda em investigação. Segundo o Ministério da Saúde, 254.963 pessoas contraíram o novo coronavírus e se recuperaram.
Ms: 21 óbitos e 1.997 casos confirmados de covid-19;

A ordem para atrasar a divulgação de boletins epidemiológicos sobre a disseminação do novo coronavirus no país partiu direto do presidente da República, Jair Bolsonaro. De acordo com uma fonte no alto escalão do governo, a decisão é permanente e, a partir de agora, a divulgação será apenas às 22 horas. (informações Correio Braziliense).

04.06.2020

Com novo recorde de mortes notificadas em 24 horas, Brasil soma 32.548 óbitos e 584.016 casos de coronavírus;

Brasil bate um novo recorde de mortes notificadas em 24 horas, com 1.349 óbitos contabilizados nesta quarta-feira (3). O país soma 32.548 mortes pela covid-19 e 584.016 casos de coronavírus. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde, 238.617 brasileiros contraíram a doença e se recuperaram.

O Ministério da Saúde anunciou que, “devido a problemas técnicos”, o boletim de casos e óbitos de covid-19 será divulgado excepcionalmente às 22h. Mais cedo, a pasta havia cancelado uma coletiva com técnicos do ministério a respeito do avanço da pandemia. 
Desde a saída de Luiz Henrique Mandetta do comando da Saúde a informação oficial sobre a covid-19 no país tem ficado mais escassa. As coletivas diárias sobre o tema desapareceram. Quando falam, os técnicos não comentam os números do dia, que em geral só são divulgados depois da conversa com a imprensa.

MS: 20 óbitos e 1.925 casos confirmados de Covid-19. Destaque para a interiorização da doença em Mato Grosso do Sul, com atenção especial a cidade de Dourados que contabilizou nas últimas 24 horas mais de 40 casos confirmados da doença.

Ouça a entrevista com a Secretária-adjunta de Saúde do Estado de Mato Grosso do Sul Christine Maymone sobre os números atualizados do novo coronavírus.

03.06.2020

Brasil supera 30.000 mortos por covid-19;

País tem 31.199 óbitos pela doença, com 1.262 mortes notificadas em 24 horas, informa o Ministério da Saúde. 
No total, o Brasil registrou 555.383 infecções pelo novo coronavírus (com 28.938 casos notificados em 24 horas) e ainda tem 4.312 mortes em investigação. 223.638 pessoas já se recuperaram da doença no  país, o equivalente a 40,3% dos casos confirmados;
MS: 20 óbitos e 1.802 casos confirmados de Covid-19.

02.06.2020

Brasil registra 29.937 óbitos por covid-19, com 623 novas mortes notificadas em 24 horas;

Com 12.247 novas infecções registradas pelo Ministério da Saúde em 24 horas, país já soma 526.447 casos confirmados. 4.412 mortes ainda estão sob investigação. 

Desde o início da pandemia no Brasil, 211.080 pessoas se recuperaram da doença (40% do total de pacientes). 

MS: 20 óbitos e 1.646 casos confirmados de Covid-19.

01.06.2020

Comentários

Você também vai gostar:

COLUNISTAS

São vinte anos olhando para você desse mesmo lugar. Um privilégio porque daqui pude assistir seu repouso tranquilo e imaginar seu sonho que vez...

COLUNISTAS

Ouvir dizer que a palavra Beleza vem do hebraico e quer dizer “Onde Deus Brilha”. Achei poético para começar a contar sobre o dia...

COLUNISTAS

Ideia boa quando brota na cabeça, desce pelo braço, como quem vai para as pernas, desembarca na mão, vira rabisco e nasce em forma...

ENTRETENIMENTO

Tom Brady (marido da Gisele) fez uma surpresa no 40 aniversário da top. Só que ele teve ajuda de Stevie Wonder.Sua postagem no Instagram,...

BLINK NEWS

No Café com Blink o Blaster Pirotécnico Caio César Guiselli, comentou sobre a explosão que teria tido início em um galpão com fogos de...

ENTRETENIMENTO

Copy – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – COPY...

ACORDA BLINK

Paste – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – PASTE...

APERTE O PLAY ;)