conecte-se conosco

Oi, o que você está procurando?

PLANTÃO DE NOTÍCIAS BLINK 102

Maio 2020 – Corona Vírus em Campo Grande

Maio 2020 - Corona Vírus em Campo Grande

Brasil ultrapassa meio milhão de casos de covid-19, e mortes chegam a 29.314

O Brasil superou neste domingo a marca de meio milhão de contágios registrados pelo coronavírus. Com 514.849 pessoas infectadas (16.409 novos casos em 24 horas), o país é o segundo com mais casos da doença, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam 1,8 milhão de contágios.
No total, 29.314 brasileiros morreram pela covid-19, um aumento de 480 casos em 24 horas. No entanto estes números são subdimensionados, tento em vista que nos finais de semana a capacidade de testagem dos laboratórios é reduzida.
São Paulo, que começa a flexibilização de sua quarentena na segunda-feira, continua à frente no número de casos e mortes pelo coronavírus no país, com 109.698 e 7.615, respectivamente. Logo atrás estão o Rio de Janeiro (53.388 e 5.344) e Ceará (48.489 e 3.010).
De acordo com o Ministério da Saúde, 278.980 pessoas com a doença estão em acompanhamento, e 206.555 se curaram. Além disso, 4.208 óbitos ainda estão em investigação, aguardando o resultado de exames;

MS: 20 óbitos e 1.568 casos confirmados de covid-19.

O vírus Sars-Cov-2 infectou 6.185.523  pessoas em todo o planeta desde o início do surto, em janeiro, de acordo com balanço da Universidade John Hopkins (EUA), que atualiza os dados em tempo real com informações da Organização Mundial da Saúde e autoridades sanitárias locais. A covid-19 também causou as mortes de 372.377 pessoas;

O ex-juiz Nicolau dos Santos, conhecido como Lalau, morreu aos 91 anos neste domingo, em São Paulo. Ele estava internado no Hospital São Luiz Morumbi com quadro de pneumonia e suspeita de covid-19. Apesar de estar na UTI desde o dia 12 de maio com falta de ar, o resultado dos testes do novo coronavírus ainda não saíram. 
Lalau ficou conhecido como principal acusado no escândalo de superfaturamento na construção da sede do Fórum Trabalhista de São Paulo, em 1998. Na época, as investigações detectaram um desvio de 169 milhões de reais na obra, quando o juiz presidia o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região. Nicolau foi condenado a 26 anos e seis meses de prisão em 2006 por desvio de verbas, estelionato e corrupção. Ele cumpriu a maior parte da pena em prisão domiciliar, mas foi transferido a Penitenciária 2 de Tremembé em março de 2013. Saiu em junho do ano seguinte por indulto pleno, concedido aos presos com mais de 60 anos com problemas de saúde e que já haviam cumprido mais de um terço da pena.

31.05.2020

Mundo ultrapassa 6 milhões de casos de coronavírus;

O novo coronavírus já infectou 6.087.902 pessoas e matou 369.627, aponta o levantamento da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Os EUA continuam como o epicentro global, com mais de 1,7 milhão de infecções e 103.000 mortes. A crise levou quase 40 milhões de pessoas ao desemprego. Na América Latina, o epicentro é o Brasil, que neste sábado registrou seu histórico de casos diários (33.274) e já é o quarto país do mundo com mais mortes por covid-19 (28.834). 

Os países com maior número de casos: 

  1. Estados Unidos: 1.770.384
  2. Brasil: 498.440 
  3. Rússia: 405.843
  4. Reino Unido: 274.220 
  5. Espanha: 239.228
  6. Itália: 232.664
  7. França: 188.752
  8. Alemanha: 183.302
  9. Índia: 182.990
  10. Turquia: 163.103 

Em Mato Grosso do Sul depois da Live realizada pela Secretaria de Saúde do Governo do Estado foram confirmados 20 óbitos, essa última morte confirmada é de um homem de 61 anos que possuía comorbidades (diabetes e hipertensão). Ele deu entrada no hospital em Campo Grande no dia 26 de maio direto para UTI (Unidade de tratamento intensiva) e não resistiu. Segundo a Sub-secretária de saúde do estado Christine Maymone a maioria dos casos de internação estão na região Sul e Sudeste do Estado. Ainda está em investigação a morte de uma indígena na cidade de Dourados. Já em Corumbá um Boliviano residente em Puerto Quijaro (Bolívia), faleceu em atendimento no Brasil. Segundo o Secretário de saúde Geraldo Resende esse caso contabilizará no país vizinho.

Os Secretários ainda na live pediram princialmente, para as pessoas de Guia Lopes da Laguna e Dourados permanecerem em suas residências. Os números expressivos nas duas cidades tiveram início em duas industrias de proteína animal (frigoríficos).

MS: 20 óbitos e 1.489 casos confirmados de covid-19;

30.05.2020

Brasil ultrapassa Espanha se torna o quinto país do mundo com mais mortes pelo coronavírus;

O Brasil encerra maio colecionando novas tristes marcas na pandemia do novo coronavírus. Na sexta-feira(29), pelo quarto dia seguido, o país confirmou mais de 1.000 novas mortes por covid-19, fazendo o total de óbitos saltar a 27.878. O número fez o país ultrapassar a Espanha e se tornar o quinto no mundo onde a doença foi mais mortífera até agora. Por onde se olhe os índices são preocupantes: na sexta(29), o país somou 26.928 novas infecções confirmadas, um recorde desde o início da crise —e uma cifra certamente subestimada pela falta de testes em massa. O Ministério da Saúde, ainda funciona com substitutos e interinos em postos-chave desde a segunda troca de comando feita pelo presidente Jair Bolsonaro, no começo do mês, reconheceu que a curva da pandemia “permanece numa linear de ascendência”. Enquanto isso, Estados e cidades anunciam planos de reabertura econômica. *Com informações da Reuters.
MS: 19 óbitos e 1.418 casos confirmados de covid-19.

29.05.2020 – 11:42

Brasil tem 26.754 mortos pela covid-19, e já soma 438.238 casos confirmados

O número de mortes e casos confirmados de covid-19 no Brasil continua em tendência de alta. Nesta quinta-feira foram o Ministério da Saúde divulgou que já são 26.754 óbitos pela doença, 1.156 registrados nas últimas 24 horas. Além disso, 438.238 pessoas fora contagiadas pelo coronavírus, um aumento de 26.417 ante os dados de quarta-feira.
São Paulo, que começa a planejar uma saída da quarentena para o início de junho, continua na liderança de casos e mortes, com 95.865 e 6.980, respectivamente. Logo atrás está o Rio de Janeiro (44.886 e 4.856), e o Ceará (37.821 e 2.733). O Estado nordestino também irá flexibilizar as restrições ao comércio e indústria na próxima semana.
A Saúde informa que os casos recuperados da doença somam 177.604 pessoas, e 4.211 óbitos ainda estão em investigação, aguardando o resultado dos exames. (Dados do dia 28/05/2020);

MS: 18 óbitos e 1.356 casos confirmados de Covid-19;

Celso de Mello encaminha à PGR pedidos de impeachment do ministro Augusto Heleno. Os três pedidos foram apresentados pelo PDT e por deputados, e pedem o enquadramento do general Augusto Heleno, ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), pela prática de crime contra a Lei de Segurança Nacional e de crimes de responsabilidade contra o livre exercício do Poder Judiciário. Heleno divulgou nota na semana passada para advertir sobre consequências “imprevisíveis” para a “estabilidade nacional” caso o Supremo Tribunal Federal decidisse requisitar o celular do presidente Jair Boilsonaro no curso da investigação sobre sua alegada interferência na Polícia Federal. O STF não chegou a fazê-lo. Como nos pedidos de impeachment desta quinta]-feira, o ministro Celso de Mello apenas repassou solicitações ao procurador-geral da República, Augusto Aras.

27.05.2020 – 11:36

Brasil fecha 1,1 milhão de vagas de trabalho vagas formais em março e abril em meio à pandemia;

O Brasil fechou 763.232 vagas formais de trabalho no período de janeiro a abril de 2020, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta quarta-feira, no pior desempenho para o período na série disponibilizada pelo Ministério da Economia, com início em 2010. Apenas em abril, foram fechadas 860.503 vagas, pior resultado para todos os meses desde pelo menos 2000, segundo série da Refinitiv, num reflexo do agravamento da crise com o coronavírus no primeiro mês cheio das medidas de distanciamento social implementadas para frear as infecções. Em março, houve perda de 240.702 vagas. Esta foi a primeira divulgação do Caged no ano. Em janeiro e fevereiro, houve abertura líquida de 113.155 e 224.818 postos, respectivamente. A performance no quadrimestre fez o país encerrar o período com 38,046 milhões de empregos formais, patamar mais baixo desde 2011 (36,824 milhões). Em nota, o Ministério da Economia indicou que o resultado teria sido ainda mais grave sem o programa do governo de pagamento de benefícios para os que têm jornada reduzida ou contrato de trabalho suspenso. A estimativa é que foram preservados 8,1 milhões de empregos por meio da iniciativa;

A Polícia Federal cumpre, desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, ordens judiciais determinadas pelo Supremo Tribunal Federal. As ordens judiciais tratam de investigações sobre fake news (inquérito 4.781), conduzidas pelo ministro Alexandre de Moraes. Os policiais federais cumprem 29 mandados de busca e apreensão em endereços no Distrito Federal, Rio de Janeiro, em São Paulo, Mato Grosso, no Paraná e em Santa Catarina;

O número de brasileiros mortos pela covid-19 chegou a 24.512 nesta terça-feira, um aumento de 1.039 óbitos nas últimas 24 horas. Ainda existem 3.882 mortes em investigação. Já os casos confirmados chegaram a 391.222, 16.324 a mais do que na segunda-feira. São Paulo continua sendo o principal epicentro da pandemia, com 86.017 casos confirmados e 6.423 mortes, seguido por Rio de Janeiro (40.024 e 4.361) e Ceará (37.021 e 2.603). A estimativa do Ministério da Saúde é de que 158.593 pessoas se recuperaram da doença, e 208.117 casos estão sendo acompanhados;

MS: 18 óbitos e 1.186 casos confirmados de Covid-19.

26.05.2020 – 11:34

Brasil chega a 23.473 mortes em 374.898 casos de coronavírus;

O Brasil soma 23.473 mortes em 374.898 casos de coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde. O país teve 807 novas mortes registradas nas últimas 24 horas, mas a redução no processamento de testes durante o fim de semana pode impactar no número. Assim como a antecipação de feriado em São Paulo, que concentra o maior número de infectados do país, e cujo processamento de testes pode ser afetado. Na semana passada, o país vinha registrando mais de mil mortes diárias durante vários dias. Segundo o Ministério da Saúde, 153.833 pessoas contraíram o vírus e se recuperaram;

MS: 17 óbitos e 1.100 casos confirmados de Covid-19;

A Polícia Federal cumpre no início da manhã desta terça-feira mandados de busca e apreensão em vários endereços do Rio de Janeiro, entre eles o Palácio das Laranjeiras, residência oficial do governador Wilson Witzel, e na casa onde o governador vivia antes de asssumir o Governo estadual, no Grajaú. A polícia federal investiga indícios de desvio de dinheiro público na área da saúde, em plena pandemia de coronavírus, que matou 4.105 pessoas no Estado do Rio. Em nota, a PF informou que as buscas fazem parte da Operação Placebo, que apura irregularidades no uso dos recursos destinados ao Estado de emergência de saúde pública decorrente da covid-19;

A deputada federal Carla Zambelli (PSL) —uma das principais aliadas de Jair Bolsonaro no Congresso—, disse na segunda-feira(24), que a Polícia Federal realizaria operações para investigar irregularidades cometidas por governadores durante a pandemia. Ao programa Timeline, da Rádio Gaúcha, Zambelli afirmou, sem citar o nome de Wilson Witzel: A gente já teve algumas operações da Polícia Federal que estavam ali, na agulha, para sair, mas não saíam. E a gente deve ter, nos próximos meses, o que a gente vai chamar, talvez, de Covidão ou de… não sei qual vai ser o nome que eles vão dar… mas já tem alguns governadores sendo investigados pela Polícia Federal”.

25.05.2020 – 11:34

Brasil tem 15.813 novos casos de coronavírus e 653 novos óbitos notificados neste domingo;

O Ministério da Saúde atualizou as informações sobre os casos e óbitos por coronavírus neste domingo. De ontem para hoje, 15.813 novos casos da doença foram registrados e 653 óbitos foram notificados.
No total, o Brasil tem 363.211 doentes confirmados e 22.666 óbitos notificados em decorrência da covid-19. Quase 150.000 pessoas se recuperaram da doença e 3.544 óbitos ainda estão em investigação.
São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Amazonas seguem sendo, nesta ordem, os Estados com o maior número de casos da doença;

Em todo o mundo, mais de 5,4 milhões de pessoas foram infectadas desde o início da pandemia e mais de 345.000 morreram, segundo a Universidade Johns Hopkins, dos EUA. A diretora de Saúde Pública da Organização Mundial da Saúde (OMS), María Neira, afirmou nesta segunda-feira que os cenários os quais trabalham estão “cada vez mais” descartando uma segunda onda grave do coronavírus nos locais onde já houve redução dos números;

Nesta segunda-feira, a Polícia Federal cumpre oito mandados de busca e apreensão em casas, empresas e órgãos públicos de Fortaleza e São Paulo para apurar desvios de recursos públicos na compra de respiradores. A Operação Dispinéia, como é chamada, detectou indícios de incapacidade técnica e financeira de uma empresa paulista contratada sem licitação pela Secretaria Municipal de Saúde de Fortaleza, além do superfaturamento dos valores pagos pelo equipamento, que chegaram a 34,7 milhões de reais;

MS: 17 óbitos e 1.023 casos confirmados de Covid-19.

22.05.2020 – 11:28

Presidente Jair Bolsonaro participa de videoconferência com governadores;

O presidente Jair Bolsonaro anunciou a sanção do projeto de resgate aos Estados aprovado no Congresso. Além dos governadores, também participam os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia, e do Senado, Davi Alcolumbre. O governador do Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, é o primeiro dos governadores a falar. Ele pede, em nome dos demais governadores, que Bolsonaro vete o artigo que dá aumento para servidores públicos. Ele argumenta que é hora de todos fazer sacrifícios, e que um aumento explodiria os gastos dos Estados e municípios;

O Brasil já soma 20.047 mortes por covid-19, com um novo recorde de registros em 24 horas: 1.188 novos óbitos, informa o Ministério da Saúde.  No total, o país tem 310.087 casos confirmados do novo coronavírus, com 18.508 novos casos notificados em 24 horas. 125.960 pessoas, o equivalente a 40,6% do total, já se recuperaram da doença no Brasil;

MS: 17 óbitos e 805 casos confirmados de Covid-19;

21.05.2020 – 11:18

Brasil tem 18.859 mortos pela covid-19

Com 888 óbitos registrados nas últimas 24 horas, o Brasil alcançou a cifra de 18.859 mortos pela covid-19. Além disso, foram contabilizados 19.951 novos casos da doença no país, totalizando 291.579 pessoas contagiadas. No balanço divulgado na terça-feira eram 271.628 casos confirmados e 17.971 mortes. São Paulo continua à frente no número de casos e mortes por coronavírus, com 69.859 e 5.363, respectivamente, seguido por Ceará (30.560 e 1.900) e Rio de Janeiro (30.372 e 3.237). O Ministério da Saúde também informou que 156.037 casos estão em acompanhamento, e 116.683 pessoas se recuperaram da covid-19,

MS: 17 óbitos e 746 casos confirmados de covid-19;

20.05.2020 – 11:23

Regina Duarte deixa a Secretaria da Cultura;

A atriz Regina Duarte deixou na manhã desta quarta-feira a Secretaria da Cultura do Governo Bolsonaro, pasta assumida por ela no dia 4 de março. A confirmação veio através de um vídeo postado na conta oficial no Twitter do presidente Jair Bolsonaro. De acordo com Bolsonaro, Regina sentiu falta da sua família e, para “continuar contribuindo com o Governo e a cultura brasileira”, assumirá a Cinemateca em São Paulo.

Embora algumas partes do mundo caminhem para o relaxamento das medidas restritivas, como a Europa, as mortes seguem avançando em outras partes do globo. Até esta quinta-feira, a covid-19 provocou 328.462 mortes. Os países com mais óbitos são:

  1. Estados Unidos: 93.439 mortes;
  2. Reino Unido: 35.786.
  3. Itália: 32.330.
  4. França: 28.135.
  5. Espanha: 27.888.
  6. Brasil: 18.859
  7. Bélgica: 9.186.
  8. Alemanha: 8.172.
  9. Irã: 7.183.
  10. Canadá: 6.150 mortes.

O Inep, órgão responsável por organizar o Exame Nacional do Ensino Médio, anunciou na tarde desta quarta-feira que adiará a prova por até 60 dias. Havia uma pressão parlamentar para que isso ocorresse. O Senado aprovou o adiamento em sessão nesta semana. E a Câmara caminhava para fazer o mesmo. Em princípio, haveria quatro dias para a realização das provas ocorreriam. AS escritas, nos dias 1º e 8 de novembro. E as digitais, 22 e 29 de novembro;

O presidente Jair Bolsonaro publicou no início da manhã desta quarta-feira, em seu perfil no Twitter, que o Ministério da Saúde deve apresentar o novo protocolo para tratar pacientes com covid-19 ainda hoje, em que recomenda o uso da cloroquina como medicamento para ser usado no tratamento da doença.

MS: 17 óbitos e 693 casos confirmados de Covid-19;

19.05.2020 – 18:28

Brasil registra novo recorde de mortes por coronavírus em 24 horas: 1.179;

É a primeira vez que o registro diário ultrapassa mil mortes (o Ministério da Saúde destaca que apenas 225 dos óbitos ocorreram nos últimos 3 dias). Agora, o país conta um total de 17.971 óbitos por coronavírus, mas ainda há 3.319 óbitos em investigação. O total de infectados notificados também aumentou muito, em 17.408, elevando os casos no país para 271.628. Segundo os últimos dados do Ministério da Saúde, 106.794 pessoas (39,3% dos infectados) se recuperaram.

MS: 16 óbitos e 642 casos confirmados de Covid-19;

“Quem tem comorbidade, fica em casa. Quem não tem, vai trabalhar, pô!”, diz Bolsonaro sobre as medidas de isolamento social para combater a pandemia. Enquanto o presidente fazia a declaração, o Ministério da Saúde divulgava que 1.179 óbitos por covid-19 foram registrados em 24 horas;

Mais de 321.000 pessoas perderam a vida em todo o mundo devido ao coronavírus, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Além disso, mais de 4,8 milhões de pessoas foram infectadas. O país mais afetado em termos brutos são os Estados Unidos, com mais de 1,5 milhão de positivos e mais de 91.000 mortes. O próximo país com mais mortes é o Reino Unido, que já ultrapassa 35.400, seguido pela Itália, com mais de 32.100.

18.05.2020 – 19:10

Brasil chega a 16.792 óbitos mortes por covid-19;

O Brasil já soma 254.220 casos e 16.972 óbitos por covid-19, com 674 mortes notificadas em 24 horas, bem como 13.140 novos casos, de acordo com o Ministério da Saúde. Existem 2.277 óbitos ainda em investigação. 100.459 pessoas (o equivalente a 39,5% do total de infectados) já se recuperaram da doença no país;

Pressionada pela crise do covid-19, que já infectou 4,7 milhões de pessoas e matou 315.000 em todo o mundo, a Organização Mundial da Saúde (OMS) iniciou nesta segunda-feira sua 73ª assembleia geral, a primeira virtual em sua história;

O Brasil já o quarto país com mais casos de covid-19 no planeta, e enfrenta a crise sanitária com instabilidades na pasta, que na sexta perdeu seu segundo ministro, Nelson Teich, em menos de um mês. O ministério é desde então chefiado interinamente pelo general Eduardo Pazuello, o número dois da pasta.

MS: 16 óbitos e 613 casos confirmados de Covid-19.

15.05.2020 – 17:51

Nelson Teich pede exoneração do Ministério da Saúde;

O Ministério da Saúde informou agora que o ministro Nelson Teich pediu exoneração nesta manhã. Teich já é o segundo ministro da Saúde a deixar a pasta em meio à pandemia, após substituir, há menos de um mês, Luiz Henrique Mandetta. Na segunda-feira, o ministro se mostrou surpreso ao ser informado pela imprensa durante uma coletiva, que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) havia incluído academias de ginástica, salões de beleza e barbearias como serviços essenciais, liberados, portanto, da quarentena. Sua distância do Planalto ficou evidente naquele momento. Mas na sequência, o atrito se seguiu. Ontem o presidente cobrou novamente do Ministério da Saúde um protocolo para o uso da cloroquina no tratamento de pacientes em estágio inicial do coronavírus. A droga é fortemente defendida pelo presidente desde o início da pandemia, mas seu uso sempre foi visto com ressalvas pelo Ministério da Saúde, desde a gestão Mandetta;

MS: 14 óbitos e 479 casos confirmados de Covid-19;

Pelo segundo dia consecutivo (e pela terceira vez na semana) o Brasil registrou mais de 800 mortos pelo coronavírus em 24 horas. Nesta sexta-feira o Ministério da Saúde divulgou 824 óbitos em um dia, totalizando 14.817. O número de casos confirmados da doença chegou a 218.223. São Paulo, principal epicentro da pandemia no país, continua à frente nos casos de coronavírus e de morte pela doeça, com 58.378 e 4.501, respectivamente, seguido pelo Ceará (22.490 e 1.476) e Rio de Janeiro (19.987 e 2.438). De acordo com a Saúde, existem 118.436 casos da doença em acompanhamento, e 84.970 pessoas recuperadas do coronavírus (38,9% do total de infectados).

14.05.2020 – 17:53

Brasil tem 13.993 mortes e 202.918 casos confirmados de coronavírus;

Com 884 novas mortes notificadas ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, o Brasil conta 13.993 óbitos e 202.918 casos confirmados de infecção pelo coronavírus. Não necessariamente as 884 mortes ocorreram em um único dia, já que há um atraso no sistema de informação dessas mortes e demanda reprimida de testes que confirmam a infecção nesses pacientes. O Governo informa que há 2.000 óbitos em investigação no país. Até o momento, o Brasil tem 79.479 pessoas que contraíram a covid-19 e se recuperaram;

Os números atualizados da Universidade Johns Hopkins registram mais de 300.000 mortes por coronavírus em todo o mundo, e o número de infecções é superior a 4,4 milhões. Os Estados Unidos, epicentro global da pandemia, já atingiram 1,4 milhão de casos e excederam 85.000 mortes. É seguido pelo Reino Unido, com 33.692; Itália, com 31.368, e da Espanha, com 27.321. O epicentro latino-americano continua sendo o Brasil, que registra 196.375 infecções e 13.555 mortes;

O Ministério da Saúde informa que nesta quinta-feira (14) teve início o inquérito epidemiológico para avaliar o tamanho da epidemia no país. Ao todo, 333.250 pessoas de 133 cidades em todos os Estados brasileiros participam da primeira de três fases do inquérito;

Brasil tem 199.768 profissionais da saúde com suspeita de coronavírus, diz o Ministério da Saúde. Desses, 15,9% foram confirmados com a covid-19 e 26,9% foram descartados. Mais da metade desses profissionais (57,2%) está em investigação. Os dados incluem informações de todo o país, exceto Paraná e Espírito Santo. Esses dois Estados têm plataformas próprias que ainda estão sendo integradas ao sistema do Ministério da Saúde. A maior concentração de profissionais da saúde notificados e contaminados está em São Paulo.

13.05.2020 – 18:16

Brasil tem 188.974 casos e 13.149 mortes pela covid-19;

O Brasil conta 188.974 casos e 13.149 mortes pela covid-19. Foram 749 novas mortes notificadas ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas. Não necessariamente todas essas mortes ocorreram em um único dia, já que há um atraso no sistema de informação dessas mortes e demanda reprimida de testes que confirmam a infecção nesses pacientes. Segundo dados do Ministério da Saúde, 2.050 óbitos estão ainda em investigação. O país também soma 78.424 pessoas que contraíram a doença e já estão recuperadas;

A Advocacia-Geral da União entregou ao Supremo Tribunal Federal os exames realizados pelo presidente Jair Bolsonaro que mostram resultado negativo para o coronavírus, ou seja, que atestam que ele não contraiu a covid-19. A apresentação dos exames acontece após longo embate entre o Governo e o jornal O Estado de S.Paulo, que acionou a Justiça para ter acesso aos testes feitos pelo mandatário. As informações são do Estadão. O presidente já havia anunciado que não contraiu a doença, porém, se recusara a apresentar os exames comprovando o diagnóstico. Dos três exames, dois foram feitos no Sabin e um no Fiocruz no mês de março;

O principal especialista em emergências da Organização Mundial da Saúde alertou nesta quarta-feira que o mundo tem um “longo caminho pela frente” para poder controlar a pandemia de coronavírus, apesar das medidas iniciais de muitos países para reiniciar a vida normal. Mike Ryan, chefe do programa de emergências da OMS, disse que os riscos da covid-19 permanecem altos nos “níveis nacional, regional e global”. Falando em uma coletiva de imprensa online, Ryan disse que é necessário um “controle muito significativo” do vírus para que a atual avaliação de risco seja reduzida. (Reuters)

12.05.2020 – 17:42

Brasil tem 12.400 mortes e 177.589 casos de coronavírus

Com 881 novas mortes por covid-19 notificadas ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, Brasil soma 12.400 óbitos e 177.589 casos de coronavírus. Não necessariamente as 881 mortes ocorreram em um único dia, já que há um delay no sistema de informação dessas mortes e demanda reprimida de testes que confirmam a infecção nesses pacientes. O Governo informa que 206 desses óbitos ocorreram nos últimos três dias e há 2.050 óbitos em investigação no país. Até o momento, o Brasil tem 72.597 pessoas que contraíram a Covid-19 e se recuperaram;

Eduardo Macário, da secretaria de Vigilância em Saúde, informa em entrevista coletiva do Ministério da Saúde que 884 profissionais de saúde foram notificados com síndrome respiratória aguda grave, uma complicação da covid-19 e de outras gripes. Deles, 57% são da área da enfermagem, que inclui deste enfermeiros até técnicos e auxiliares;

O Ministério da Saúde pede a nove Estados que investiguem com profundidade 39 casos de síndrome respiratória aguda grave confirmados com o novo coronavírus identificados no sistema de vigilância antes do Governo anunciar o primeiro caso oficial da covid-19 no país. O primeiro caso confirmado e investigado no Brasil ocorreu no dia 26 de fevereiro, mas estudos científicos mostram que o vírus já circulava no país no mês anterior;

MS: 12 óbitos e 405 casos confirmados de Covid-19;

O Ministério da Saúde informa que o Brasil realizou um total de 337.595 exames já realizados para detectar o coronavírus nos laboratórios públicos. No momento, segundo a pasta, 95.144 exames estão em análise. O Ministério anunciou mudanças em suas plataformas de informação para abrir mais dados relacionados à epidemia no país.  

11.05.2020 – 18:10

Brasil registra 11.519 mortes em 168.331 casos de coronavírus;

Brasil chega a 11.519 mortes em 168.331 casos de coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde. Nas últimas 24 horas, a pasta foi notificada sobre 5.632 novos casos confirmados e 396 novas mortes pela covid-19. Os números não necessariamente representam uma redução da curva, já que são impactados pela menor capacidade de testagem durante os fins de semana. A taxa de letalidade pela Covid-19 no país é de 6,8%;

MS: 11 óbitos e 385 casos confirmados de Covid-19;

Os Estados Unidos, país mais afetado pela pandemia, superaram a marca de 80.000 óbitos pela covid-19 nesta segunda-feira, de acordo com levantamento feito pela Reuters. Além disso, os EUA têm 1,3 milhão de pessoas contaminadas pelo vírus. A quantidade de mortos já é maior do que a registrada nos 11 primeiros anos da epidemia de Aids (de 1981 a 1992);

Acompanhe os números mundiais pelo site:

https://coronavirus.jhu.edu/map.html

08.05.2020 – 18:04

Brasil tem 9.897 mortes em 145.328 casos de coronavírus;

Com 751 novas mortes notificadas ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas, Brasil chega a 9.897 mortes pela Covid-19 em 145.328 casos confirmados de coronavírus. Esses falecimentos não necessariamente aconteceram em um único dia. Em média, afirma a pasta, eles têm demorado até 15 dias para aparecer na plataforma do Governo Federal. Segundo o Ministério da Saúde, o prazo legal para isso é de até 60 dias. Ministério da Saúde diz que tem trabalhado para reduzir o delay da notificação, provocado tanto pela fila reprimida de testes quanto pelos diferentes sistemas nos quais elas são registradas nas três esferas. Entre os 145.328 casos confirmados de coronavírus, 59.297 pacientes com a doença se recuperam;

MS: 11 óbitos e 326 casos confirmados de Covid-19;

A produção nacional de veículos caiu 99,3 % no último mês de abril, na comparação com o mesmo período de 2019, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). “É o pior resultado da série histórica da indústria automobilística desde 1957”, afirmou o presidente da entidade, Luiz Carlos Moraes, ao por tal G1. Foram produzidos em abril 1.847 veículos (automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus), contra 267.561 desta categoria, no mesmo período no ano passado.

07.05.2020 – 17:36

Brasil ultrapassa a marca de 9.000 mortos pela Covid-19;

O Brasil registrou, nesta quinta-feira, 9.146 mortes pelo coronavírus, um acréscimo de 610 casos em 24 horas (7,1%). O Ministério da Saúde, no entanto, afirmou que destes novos óbitos 227 ocorreram nos últimos três dias. O número de casos confirmados subiu para 135.106, um incremento de 9.888 com relação aos dados de quarta-feira. São Paulo lidera o número de casos e óbitos: 39.928 e 3.206, respectivamente, seguido por Rio de Janeiro (14.156 e 1.394) e Ceará (13.888 e 1.394). O Ministério informou também que até o momento 55.350 pessoas se recuperaram da doença;

MS: 10 óbitos e 311 casos confirmados de Covid-19;

Segundo atualização dada pelo secretário estadual de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, o Estado somou mais 2.075 casos e 161 mortes pelo novo coronavírus de ontem para hoje, que totalizam 39.928 infectados e 3.206 óbitos no Estado. Quase 9.000 pessoas estão internadas, que ocupam 66% dos leitos de UTI no Estado e 89,6% dos leitos de UTI na capital paulista. São Paulo registrou, nesta quarta-feira, 47% de isolamento social;

O Flamengo divulgou na noite desta quarta que após a realização de testes em 293 pessoas do clube, 38 testaram positivo para o novo coronavírus. Três são jogadores do time profissional. Os nomes não foram revelados. O clube informou que as 38 pessoas infectadas pela Covid-19 são “positivos assintomáticos”, e que 11 (sendo dois atletas) já haviam tido contato com o vírus previamente, sem sintomas, e se encontram com anticorpos IGG positivos;

O corte maior que o esperado e a indicação de novas reduções na taxa Selic (juros básicos da economia) pelo Banco Central (BC) provocaram uma fuga de recursos do país que pressionou o câmbio e fez o dólar bater mais um recorde. O dólar comercial encerrou esta quinta-feira (7) vendido a R$ 5,84, com alta de R$ 0,136 (+2,39%). Esse é o maior valor nominal (sem considerar a inflação) desde a criação do real.

06.05.2020 – 17:28

Brasil tem 8.536 mortes em 125.218 casos confirmados de coronavírus;

O Brasil tem 8.536 mortes em 125.218 casos confirmados de coronavírus, segundo dados do Ministério da Saúde. O país teve 615 novos registros de mortes por coronavírus nas últimas 24 horas. Esses óbitos não necessariamente ocorreram em um único dia, mas foram notificados ao Ministério da Saúde nas últimas 24 horas. “São registroa atualizados que estavam em investigação”, esclarece Wanderson de Oliveira, secretário de vigilância. Ele explica que 140 dessas mortes ocorreram nos últimos três dias. Há ainda 1.643 óbitos em investigação. Segundo o Ministério da Saúde, 51.370 infectados se recuperaram;

MS: 10 óbitos e 288 casos confirmados de Covid-19;

O ministro Nelson Teich diz que a diretriz do Ministério da Saúde para orientar as medidas de isolamento social está pronta, mas que a pasta avalia o melhor momento e forma de apresentá-la;

O Secretário de  Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson Oliveira, anuncia novo programa de testagem do coronavírus, que pretende testar 12% da população brasileira. Segundo Wanderson, 222 unidades de saúde sentinelas no Brasil passarão a coletar amostras respiratórias para testar todos os pacientes sintomáticos que as procurarem. Até então, os testes em casos leves eram limitados. Além disso,  serão implementadas unidades de coleta emergencial em todas as cidades com mais de 500 mil habitantes, capitais e regiões metropolitanas. O secretário também disse que uma parceria público privada ajudará a zerar a fila de testes (que atualmente é de 100.000) será zerada na próxima semana, o que impactará o número de casos confirmados da doença no país;

05.05.2020 – 17:33

Ministério da Saúde registra 600 óbitos em 24 horas, totalizando 7.921 mortes por Covid-19;

O Brasil notificou 600 óbitos em 24 horas (um incremento de 8% em relação ao dia anterior), totalizando 7.921 mortes por covid-19, de acordo com o Ministério da Saúde. Trata-se de um recorde de notificação de mortes num período de 24 horas, mas ainda há 1.579 óbitos em análise. Ou seja, não é possível indicar um pico de mortes registradas. Entre os 600 novos óbitos, 25 pessoas faleceram nesta terça-feira, 51 faleceram na segunda-feira e 48 morreram no domingo. O país tem 114.715 casos confirmados de infeccção por coronavírus, com 6.935 casos notificados em 24 horas (um incremento de 6% em relação ao dia anterior). 48.221 pessoas já se recuperaram da covid-19, o que equivale a 42% do total de casos, e 58.573 estão em acompanhamento;

Em coletiva de imprensa, o secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, diz que, pela curva de contágios por coronavírus, o Estado de Santa Catarina pode apresentar os mesmos números de São Paulo ou do Amazonas.

A cidade de São Paulo registrou nesta terça-feira a segunda morte de um bebê em decorrência do coronavírus. Os casos na capital passam de 34.000 confirmações e dos 2.800 óbitos. O primeiro bebê que morreu na cidade de São Paulo tinha seis meses, com óbito confirmado em 25 de abril. Essa segunda confirmação é de um bebê que tinha de 1 ano de idade;

Uma criança de um ano da etnia Guarani morreu em decorrência do coronavírus no último dia 21. De acordo com a Associação dos Povos Indígenas (APIB), o óbito ocorreu na Terra Indígena Tenonndé-Porã, em São Paulo, e a confirmação da doença ocorreu ontem pela noite. “O resultado do exame com teste positivo para o novo coronavírus saiu apenas ontem, 1 mês e 13 dias após a morte”, diz a nota da APIB. De acordo com informações da Comissão Guarani Yvyrupa (CGY), outras crianças da mesma Terra Indígena tiveram síndrome respiratória aguda grave e algumas foram internadas em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) da região.

04.05.2020 – 17:24

Brasil tem 7.288 mortes em 105.222 casos confirmados de coronavírus;

O Brasil registra 7.288 mortes pela covid-19 e soma 105.222 casos confirmados de coronavírus, segundo dados divulgados pelo Ministério da Saúde nesta segunda-feira (4). Nas últimas 24 horas, foram notificadas 263 novas mortes. A taxa de letalidade no país é de 6,9%;

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, mais de 250.000 pessoas perderam a vida em todo o mundo devido ao coronavírus e mais de 3,5 milhões foram infectados. O país mais afetado em termos brutos são os Estados Unidos, com mais de 1.170.000 positivos e mais de 68.300 mortes.

04.05.2020 – 11:49

10 óbitos por Covid-19 em MS;

MS: 10 óbitos e 274 casos confirmados de Covid-19;

A pandemia do novo coronavírus já matou 249.372 pessoas e infetou mais de 3,5 milhões em todo o mundo desde dezembro na China, segundo um balanço da agência AFP. Ainda sim existiam 3.555.790 casos de infeção oficialmente diagnosticados em 195 países e territórios desde o início da epidemia, em dezembro passado, na província chinesa de Wuhan;

Os Estados Unidos, que tiveram a sua primeira morte ligada ao coronavírus no início de fevereiro, são o país mais afetados em termos de número de óbitos e de casos, com 68.285 mortes para 1.171.041 casos. Pelo menos 180.303 pessoas foram declaradas curadas pelas autoridades norte-americanas. Depois dos Estados Unidos, os países mais afetados são a Itália, com 29.079 mortes para 211.938 casos, o Reino Unido, com 28.734 mortes (190.584 casos), a Espanha, com 25.428 mortes (218.011 casos) e a França, com 25.201 morto (169.462 casos);

Entre os países mais atingidos, a Bélgica é o que apresenta maior número de óbitos em comparação com a sua população, com 68 mortes por cada 100.000 habitantes, seguida pela Espanha (54), Itália (48), Reino Unido (42) e França (39). A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de dezembro, contabilizou oficialmente um total de 82.880 casos (três novos entre domingo e hoje), incluindo 4.633 mortes (zero novas) e 77.766 curas.

01.05.2020 – 17:23

Manaus testemunha a ‘hora da morte’ por covid-19. “As pessoas morrem sozinhas. Sozinhas, sozinhas, sozinhas.”

A capital do Amazonas é uma das mais afetadas no Brasil pela crise do coronavírus e tem sido palco das histórias mais tristes da pandemia no Brasil. A médica Uildéia Galvão trabalha 12 horas por dia, todos os dias. Às vezes, 20 horas por dia, para dar conta dos pacientes que chegam ao Pronto Socorro 28 de agosto, em Manaus. Superlotação em hospitais, avalanche de corpos nos cemitérios, centenas de mortos que não conseguem chegar ao hospital e morrem em casa;

Brasil registrou 428 novos óbitos por covid-19 em 24 horas, totalizando 6.329 mortes, segundo o Ministério da Saúde. País também contabilizou 6.209 casos em 24 horas, um incremento de 7% em relação ao dia anterior. No total, são 91.589 infecções confirmadas;

A Caixa abrirá 902 agências neste sábado, das 8h às 14h, para atender aos beneficiários nascidos de janeiro a outubro que recebem o Auxílio Emergencial pela Poupança Social Digital e optaram por realizar o saque em espécie. A abertura no sábado permitirá a antecipação do calendário do saque em espécie, contribuindo para o escalonamento no atendimento a quem recebe o auxílio. A data para os nascidos em novembro e dezembro está mantida na terça-feira, 5. Para saber quais agências estarão abertas, consulte o site da Caixa, clicando aqui.

01.05.2020 – 12:07

Comentários

Você também vai gostar:

COLUNISTAS

São vinte anos olhando para você desse mesmo lugar. Um privilégio porque daqui pude assistir seu repouso tranquilo e imaginar seu sonho que vez...

COLUNISTAS

Ouvir dizer que a palavra Beleza vem do hebraico e quer dizer “Onde Deus Brilha”. Achei poético para começar a contar sobre o dia...

COLUNISTAS

Ideia boa quando brota na cabeça, desce pelo braço, como quem vai para as pernas, desembarca na mão, vira rabisco e nasce em forma...

ENTRETENIMENTO

Tom Brady (marido da Gisele) fez uma surpresa no 40 aniversário da top. Só que ele teve ajuda de Stevie Wonder.Sua postagem no Instagram,...

BLINK NEWS

No Café com Blink o Blaster Pirotécnico Caio César Guiselli, comentou sobre a explosão que teria tido início em um galpão com fogos de...

ENTRETENIMENTO

Copy – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – COPY...

ACORDA BLINK

Paste – Vem rir com a gente! BLINK 102 FM · ACORDA BLINK – AULA DE (INGREIS) COM PROFESSOR CORUMBÁ DA POPULAR – PASTE...

APERTE O PLAY ;)