Maior prêmio da arquitetura mundial vai para um africano

Pela primeira vez um arquiteto africano ganha o prêmio mais prestigiado da arquitetura no mundo. O Pritzker reconheceu o brilhantismo, a criatividade e a visão revolucionaria do arquiteto de Burkina Faso Francis Kéré.

Kéré opera a muitos anos sobre o conceito de justiça social e sustentabilidade. Com essa visão ele projetou escolas, centros de artes e edifícios de parques nacionais, principalmente na África. Todos os projetos do arquiteto africano são considerados revolucionários e ambiciosos, devido a falta de investimentos nas ideias e as restrições orçamentárias e materiais que Kéré tem que enfrentar para mostrar o que os especialistas que concederam o prêmio a ele de “expressão poética de luz”. Kéré declarou ao receber o Pritzker que: “Todos merecem qualidade, todos merecem luxo e todos merecem conforto”.