Conecte com a gente

BLINK NEWS

Marin se diz inocente, e Justiça dos EUA determina fiança de R$ 57 milhões

A Justiça norte americana decidiu nesta terça-feira (3) o valor da fiança para José Maria Marin - US$ 15 milhões (R$ 57 milhões). Com aparência cansada poucas horas após ter desembarcado em Nova York, Marin permaneceu sentado durante a audiência na Corte Federal do Brooklyn. Acusado de receber propinas em negociações de direitos esportivos, o ex-presidente [...]

A Justiça norte americana decidiu nesta terça-feira (3) o valor da fiança para José Maria Marin – US$ 15 milhões (R$ 57 milhões). Com aparência cansada poucas horas após ter desembarcado em Nova York, Marin permaneceu sentado durante a audiência na Corte Federal do Brooklyn.

Acusado de receber propinas em negociações de direitos esportivos, o ex-presidente da CBF se declarou inocente, mas ficará em prisão domiciliar com monitoramento eletrônico. Uma nova audiência está marcada para o dia 16 de dezembro.

Com a prisão domiciliar nos Estados Unidos, ele poderá sair de casa para ir à igreja, ao médico e fazer compras uma vez por semana, desde que o FBI seja devidamente avisado. Nenhuma dessas saídas pode ser noturna.

Marin estava preso em Zurique desde o dia 27 de maio e foi extraditado para os Estados Unidos nesta terça.

Aos 83 anos, Marin é acusado de receber e repartir propinas num esquema de corrupção na venda de direitos de TV de vários torneios realizados no Brasil e na América do Sul. O valor chegaria a US$ 6 milhões, envolvendo as edições da Copa América de 2015, 2016, 2019 e 2023, e também da Copa do Brasil de 2013 a 2022.

O dirigente virou alvo das autoridades americanas porque usou empresas e bancos dos EUA para fazer transações financeiras. Em 27 de maio, pouco antes das últimas eleições para presidente da Fifa, o brasileiro foi preso com outros seis dirigentes da entidade.

Com o acordo para pagar US$ 15 milhões, Marin poderá ficar na prisão domiciliar em seu apartamento. O valor é uma garantia que ele vai cumprir o acordo feito com a justiça norte americana – todos os detalhes ainda não foram revelados. Em julho, Jeffrey Webb – ex-presidente da Concacaf e ex-vice da Fifa envolvido no mesmo escândalo de corrupção – fez acordo de US$ 10 milhões. Já o empresário argentino Alejandro Burzaco, também indiciado no processo, teve fiança de US$ 20 milhões.

 

 

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Você gostava da aula de educação física?

COLUNISTAS

Conflitos da Democracia: a corrupção é o principal problema do Brasil?

BLINK NEWS

Conflitos da Democracia debate as manifestações de junho de 2013: o que elas têm a ver com os dias de hoje?

BLINK NEWS

Conflitos da democracia: tudo o que você precisa ver e ouvir. A partir de quarta-feira (15), no Café com Blink

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat