Conecte com a gente

BLINK NEWS

Mas por que o Zika vírus é tão perigoso?

O Zika vírus tem sido pauta em diversos artigos aqui na Blink102, e muitas dúvidas pairam sobre o assunto. Por isso, reunimos tudo na resposta para a pergunta: Porque o Zika vírus é tão perigoso? Assim fica mais fácil entendermos a gravidade do assunto e podermos combater esta doença que já é preocupação mundial. O [...]

O Zika vírus tem sido pauta em diversos artigos aqui na Blink102, e muitas dúvidas pairam sobre o assunto. Por isso, reunimos tudo na resposta para a pergunta: Porque o Zika vírus é tão perigoso? Assim fica mais fácil entendermos a gravidade do assunto e podermos combater esta doença que já é preocupação mundial.

O Zika vírus (ZIKV) é um vírus do gênero Flavivírus que é considerado relativamente novo, uma vez que só foi identificado em seres humanos a partir de 1968.

O vírus é transmitido pelos mosquitos do gênero Aedes, tais como o já conhecido por nós o Aedes aegypti, que também transmitem outras doenças, como a dengue, febre amarela e a febre de Chikungunya.

Essas doenças compartilham na maioria dos seus sintomas: febre, dores de cabeça e dores musculares. Em particular, o Zika vírus tem dois sintomas diferentes: conjuntivite e erupção cutânea.

Apesar de ter mais sintomas, os especialistas concordam que, em geral, os sintomas do Zika vírus são muito mais suaves do que aqueles causados por outras doenças. Então, por que é tão perigosa esta doença?

Já está comprovado cientificamente que o Zika vírus é perigoso para as mulheres grávidas, pois pode causar defeitos congênitos no feto.

O país mais afetado pela expansão do Zika Vírus na América é o Brasil. E foi aqui que começou a se desconfiar sobre a correlação entre a infecção pelo Zika Vírus e o nascimento de bebês com microcefalia.

A Colômbia registra 22.612 infectados pelo vírus zika, entre eles 2.824 grávidas, além do forte aumento de Guillain-Barré – de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo Instituto Nacional de Saúde no sábado, com dados de até 30 de janeiro.

A Síndrome de Guillain-Barré é uma doença autoimune que ocorre quando o sistema imunológico do corpo ataca parte do próprio sistema nervoso por engano. Isso leva à inflamação dos nervos, que provoca fraqueza muscular.

Na sexta-feira (5), a ONU (Organização das Nações Unidas) pediu que se autorize o aborto em países afetados pelo zika. Já as autoridades colombianas recomendaram aos casais em janeiro que adiem a gravidez entre seis e oito meses.

Por aqui, 200 bebês nasciam com esta malformação a cada ano, mas desde outubro de 2015 mais de 4.000 casos foram documentados. Um aumento impressionante, coincidindo com o aumento dos casos positivos do Zika vírus.

Outras partes do mundo também relataram um aumento na taxa de nascimento de bebês com microcefalia. Como na ilha de Yap, localizada na Micronésia, e na Polinésia Francesa; nesses lugares o vírus chegou apenas em 2007 e 2013.

Como o nível de suspeita cresce, também cresce o nível de alerta pelas autoridades de saúde, que recomendam que grávidas tomem medidas extremas para prevenir a infecção pelo Zika vírus.

Confira algumas dessas medidas:

Esvaziar e desinfectar os recipientes que possam acumular água parada;
– Usar repelentes contra insetos;
– Cobrir a pele tanto quanto possível através do uso de mangas compridas, calças e sapatos fechados;
– Proteger portas e janelas com redes mosquiteiras;

A febre muito alta e persistente é o principal risco desta doença, especialmente para as crianças, idosos e qualquer pessoa com um sistema imunitário enfraquecido.

O Zika vírus não é uma doença mortal, mas se não for diagnosticada corretamente e persistirem os sintomas por muito tempo, qualquer paciente pode desenvolver complicações com risco de vida.

O vírus se expandirá por todo o continente americano, exceto Canadá e Chile, advertiu a Organização Mundial de Saúde (OMS).


Vinícius Nunes

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

PODCAST: Todo dia um dia novo, ou nem sempre?

VIVA+

29 JUL #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

23 JUL #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Vá dormir direito!

VIVA+

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

WhatsApp chat