Entrevista com a Secretária Adjunta de Estado de Saúde de MS Crhistinne Cavalheiro Maymone Gonçalves;

Mato Grosso do Sul apresenta os números de Covid-19; Para falar sobre esse tema conversamos no Café com Blink com: Crhistinne Cavalheiro Maymone Gonçalves – Doutora em Ciências pela Faculdade de Saúde Pública da USP – Possuí experiência na área de Saúde Coletiva: Políticas públicas de saúde, Promoção da Saúde, Determinantes Sociais da Saúde, Avaliação de Serviços de Saúde, Telessaúde,Tuberculose e Arboviroses (projetos em Zika, Dengue e Chikungunia). Atuação em Pesquisas clínicas sobre Tuberculose e Arboviroses, com População Privada de Liberdade e Populações indígenas e desde 04/2019 exercendo o cargo de Secretária Adjunta de Estado da Saúde de Mato Grosso do Sul.

Mato Grosso do Sul atualmente possuí 05 óbitos registrados e mais 171 casos confirmados de Covid-19. Os cenários traçados pela Secretaria de Saúde do Estado de MS sofrem variáveis apesar dos esforços de toda rede de saúde. Uma das previsões é justamente que a normalidade retorne em setembro de 2020. Em Campo Grande há, pelo menos, 402 respiradores, tanto em leitos particulares quanto públicos, sendo 382 em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) e outros 20 nas unidades de saúde 24 horas da Capital. Do total em UTI, são 269 no Sistema Único de Saúde (SUS) e outros 113 em leitos particulares.

Deixe um comentário