Conecte com a gente

BLINK NEWS

Pré-matrícula na rede estadual será realizada pela internet nas unidades urbanas

A Secretaria de Estado de Educação começou, na manhã desta segunda-feira (23), o período de pré-matrículas para alunos do ensino Fundamental e Médio que procuram mudar de escola ou frequentar pela primeira vez a rede estadual de ensino. Este ano, o processo será feito 100% através da internet, com o objetivo de agilizar o trabalho. No entanto, [...]

A Secretaria de Estado de Educação começou, na manhã desta segunda-feira (23), o período de pré-matrículas para alunos do ensino Fundamental e Médio que procuram mudar de escola ou frequentar pela primeira vez a rede estadual de ensino.

Este ano, o processo será feito 100% através da internet, com o objetivo de agilizar o trabalho. No entanto, a secretária de Educação, Maria Cecília Amendola da Motta, ressalta que apenas as escolas localizadas na área urbana dos 79 municípios contam com o sistema eletrônico. Por isso, nas 17 escolas da área rural e indígenas, a pré-matrícula é necessariamente presencial.

Os sites que devem ser acessados por quem deseja efetuar a pré-matrícula pelo sistema digital são: www.sed.ms.gov.br e www.matriculadigital.ms.gov.br. Ao efetuar o processo, uma senha será gerada. Ela deve ser guardada até janeiro, quando haverá o período de confirmação.

A pré-matrícula acontece até o dia 8 de janeiro. Para quem perder esse prazo, há uma nova chance entre os dias 10 e 22 de janeiro.

O acesso pode ser feito a qualquer hora, de qualquer lugar, utilizando um computador, tablet ou smartphone. Quem encontrar dificuldades ou tiver dúvidas quanto ao processo ou não tiver acesso a internet, deve entrar em contato através do telefone da central de atendimento, o 0800-647-0028. Apenas em último caso as secretarias das escolas urbanas devem ser procuradas para a realização da pré-matrícula.

Para realizar a matrícula, o candidato deverá apresentar, na secretaria da escola para qual foi designado, os seguintes documentos:

– cópia da certidão de nascimento, casamento ou documento de identidade;
– guia de transferência e histórico escolar (quando necessário);
– comprovante de residência;
– carteira de trabalho (se o aluno for trabalhador);
– inscrição no Registro de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome), caso o candidato informe que é doador voluntário de medula óssea;
– quatro últimos comprovantes de doação de sangue (se a opção for marcada na pré-inscrição);
– laudo médico ou atestado (caso o estudante possua necessidades específicas).

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Edital apoia projetos que combatem violência sexuais contra crianças e adolescentes

COLUNISTAS

Você gostava da aula de educação física?

COLUNISTAS

Depois de sofrer bullying na escola, psicólogo encontra na psicologia positiva um caminho possível

COLUNISTAS

17 ABR: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Blink102 Blink102 Blink102 Blink102 Blink102

Comentários

“TagSômetro”

Blink102

Posts recentes

Blink102
Publicidade Blink102 Blink102 300x250
Blink102 300x250
WhatsApp chat