Conecte com a gente

BLINK NEWS

29 NOV 19: #6PRINCIPAISNOTÍCIAS

1 – Celular lidera lista de produtos com mais reclamações na Black Friday

O sonho de ter um celular moderno e com preço acessível, tem provocado dor de cabeça em alguns clientes que resolveram esperar a Black Friday para fazer a compra. Conforme balanço divulgado pelo site Reclame Aqui, o aparelho lidera lista de produtos que motivaram mais reclamações no período em que empresas anunciam pacotes de ofertas e descontos variados. O celular aparece em primeiro lugar com 10,2% do total de reclamações, seguido de tênis com 6,67% e componentes, peças e assessórios com 4,32%. Na relação ainda aparecem TV e cartão de crédito. O levantamento monitorou reclamações desde as 11 horas de quarta-feira (27) até às 12 horas desta sexta-feira (29). Nesse período, 4,8 mil reclamações foram registradas,volume 44% maior que no ano passado, quando o Reclame Aqui computou 3,3 queixas.

2 – Corpo de Gugu Liberato é enterrado sob aplausos e muita emoção em cemitério na Zona Sul de SP

O corpo de Gugu Liberato foi enterrado na manhã desta sexta-feira (29) sob aplausos e muita emoção no Cemitério Gethsêmani do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo. Fãs, familiares e amigos participaram da cerimônia que foi aberta ao público, a família teve uma área reservada. O corpo chegou ao local depois de ter sido velado por mais de 20 horas na Assembleia Legislativa de São Paulo. Também estão enterrados no cemitério os corpos de outros famosos como Jair Rodrigues e Hebe Camargo.

3 – Cerca de 135 mil pessoas desconhecem que estão com HIV no país, diz Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde estima que 135 mil pessoas vivem com HIV no Brasil e não sabem. Com base nessa estimativa, a campanha lançada em alusão ao Dia Mundial de Luta Contra a Aids quer incentivar as pessoas que se colocaram em risco a procurar uma unidade de saúde para realizar o teste rápido. Considerando o período entre 1980 e junho de 2019 foram detectados 966.058 casos de Aids no país. Segundo o diretor do departamento de doenças crônicas e infecções sexualmente transmissíveis, Gerson Pereira, o país adotou a recomendação do início do tratamento para todas as pessoas após o diagnóstico de HIV, independente da condição clínica do paciente.

4 – Duas amostras de pescado atingido por óleo estão fora dos níveis aceitos pela Anvisa, diz governo

O Ministério da Agricultura informou nesta sexta-feira (29) que duas amostras de peixes da área atingida pelo vazamento de óleo no Nordeste estão fora dos níveis aceitos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Foram analisados os níveis de Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPA) – principais indicadores de contaminação por derivados de petróleo. “Outras 66 amostras de peixe, camarão e lagosta analisadas até agora estão com resultados abaixo desses níveis (aceitos pela Anvisa)”, completou o ministério.

5 – Fifa anuncia banimento perpétuo de Ricardo Teixeira de atividades ligadas ao futebol

A Fifa anunciou nesta sexta-feira o banimento perpétuo do ex-presidente da CBF Ricardo Teixeira do futebol por conta de violações no código de ética. Segundo comunicado, a câmara decisória do Conselho de Ética da entidade considerou Teixeira culpado de crimes de suborno, aplicando a pena, que o proíbe de exercer atividades ligadas ao futebol para sempre. Ele também foi multado em 1 milhão de franco suíços (R$ 4,2 milhões). O advogado de Ricardo Teixeira, Michel Assef Filho, declarou que vai recorrer da decisão ao Comitê de Apelação da própria Fifa. A investigação do Conselho de Ética analisou atividades de Ricardo Teixeira entre 2006 e 2012, focando em contratos da CBF, Conmebol e Concacaf com empresas de mídia e direitos de transmissões de TV. O conselho considerou que Teixeira violou o artigo 27 do Código de Ética, que diz respeito a suborno, e decidiu aplicar a pena máxima – que também foi imposta a outros ex-presidentes da CBF, como Marco Polo Del Nero e José Maria Marín.

6 – STJ deixa julgamento sobre federalização do caso Marielle para 2020

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) deixou para o ano que vem o julgamento sobre a federalização da investigação das mortes da vereadora Marielle Franco e do motorista Anderson Gomes, assassinados em março de 2018. Havia possibilidade de julgamento em dezembro porque a Terceira Seção do tribunal, que julgará a questão, tem mais uma sessão neste ano, no dia 11. Mas a relatora do caso, ministra Laurita Vaz, deixou a questão para o começo do ano que vem, segundo o blog apurou. O objetivo é tentar um consenso entre os ministros que julgarão o tema na Corte.

Escrito por

Sou um nativo apaixonado da comunicação, que encontrou no microfone e nas ondas do rádio a forma mais divertida e expressiva de viver a vida. Vivo nas redes, nos feeds e nos stories do mundo. Jornalista, locutor, futuro publicitário e um amontoado de paixões comunicativas. Apresentador do #AoVivaço e do Horário de Pico. Meu Insta: @rodrigosdiniz.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

#TBTRETA Dá para salvar 2019 ainda?

AO VIVAÇO

PODCAST: Cidade do Natal!

CAFÉ COM BLINK

12 DEZ 19: #6PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Veja: Você no Cleber e Cauan

#AOVIVOBLINK102