Conecte com a gente

BLINK NEWS

No interior de MS projeto de lei quer igualar salários de vereadores a de professores

Foi protocolado ontem (segunda,22) pelo vereador Johnys Hemory Dennis Basso, o projeto de lei que reduz o salário dos vereadores de Bela Vista, distante a 323 km de Campo Grande. O projeto, de autoria do vereador, pretende fixar a remuneração dos parlamentares equivalente ao subsídio do Piso Nacional dos Professores, ou seja, reduzindo assim os [...]

Foi protocolado ontem (segunda,22) pelo vereador Johnys Hemory Dennis Basso, o projeto de lei que reduz o salário dos vereadores de Bela Vista, distante a 323 km de Campo Grande. O projeto, de autoria do vereador, pretende fixar a remuneração dos parlamentares equivalente ao subsídio do Piso Nacional dos Professores, ou seja, reduzindo assim os atuais R$7.500 para R$2.135 mensais.

Para o parlamentar, os salários dos vereadores não condizem com a realidade dos trabalhadores do município.

Enquanto cerca de 40% dos trabalhadores de Bela Vista sobrevivem com até um salário mínimo e tem que conviver com o aumento do preço da energia, dos transporte e dos alimentos, os políticos têm diversas mordomias e altos salários e privilégios. É uma contradição

Afirmou o vereador ao jornal Diário Digital

Johnys afirma ainda que o projeto pretende educar os parlamentares, já que,segundo ele, a atuação política não deve ser um meio de vida.

Em qualquer instância, os parlamentares são eleitos para defender os direitos dos trabalhadores, propondo e votando projetos para a vida digna da população. Mas, infelizmente, o que vemos hoje são pessoas que se elegem para mudar de vida, conseguir mordomias e enriquecer à custa dos trabalhadores.

O projeto, que está na pauta de discussão e pode ser votado na próxima semana, é polêmico.

O projeto também define que o salário do presidente da Câmara de Bela Vista será rigorosamente igual aos demais vereadores, sendo velado o acréscimo de qualquer gratificação, adicional, abono, premio, verba de representação ou outra espécie remuneratória.

Além do mais o projeto determina que a ausência dos vereadores as sessões ordinárias, sem justificativa plausível apresentada por escrito ao presidente da Câmara, implicara desconto, no pagamento do próprio salário, da quantia equivalente a 50%.

A Lei vai determinar que o pagamento das diárias só serão feitos aos vereadores obedecendo aos critérios da Lei Municipal nº 1.513\2014 de 10 janeiro de 2014. Pela proposta fica estabelecido que o reajuste do salário dos vereadores será realizado após o cumprimento do Piso Nacional dos Professores vigentes do corrente ano.

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 28 DE JANEIRO

DESTAQUES NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 4 DE JANEIRO

BLINK NEWS

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 18 DE DEZEMBRO

BLINK NEWS

Quase 80% dos brasileiros não lembra em quem votou para o Congresso. E agora?

BLINK NEWS

Notícias em seu email?

Coloque aqui seu melhor e-mail que enviaremos "Blink News" para você semanalmente!

WhatsApp chat