fbpx

Nova paceria entre Ricky Martin, Anitta e Pabllo Vittar pode acontecer

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Nova paceria entre Ricky Martin, Anitta e Pabllo Vittar pode acontecer

Quando apresentou Pausa, a primeira parte de seu novo projeto discográfico, Ricky Martin deixou claro que a continuação do álbum seria recheada de colaborações e mais rítmica.

Em entrevista com o jornal O Globo, o porto-riquenho falou mais: quer sabor brasileiro no disco. Ele revelou que sonha em trabalhar com Anitta e Pabllo Vittar.

“Eu sou obcecado pela Anitta. Ela é maravilhosa! Sabe de quem gosto muito? Pabllo Vittar. Gostaria muito de trabalhar com elas, se pudesse, já em Play. Sempre falei que se tenho ao meu lado um brasileiro, o show vai ser muito bom, porque vocês sabem fazer festa. Gostaria muito de trabalhar com elas, espero que em breve”.

Pausa foi publicado no dia 29 de maio e tem como single atual Recuerdo, uma parceria com Carla Morrison que ganhará clipe em breve. A segunda ainda não tem data para ser divulgada.

Há uma nítida reflexão de seu momento pessoal nos versos. “Eu preciso de tranquilidade para acalmar minha cabeça que está sempre ativa”, Ricky Martin.

As colaborações falam por sí. O intérprete de Tiburones não foi atrás de mercado, ele quis contar histórias. Por isso, lá estão nomes como Pedro Capó, Residente, Bad Bunny, Carla Morrison e Diego El Cigala, com quem divide a excelente Quiéreme.

O instrumental é um show à parte. Sem pop, sem urbano, quase artesanal. Pausa talvez reflita o melhor momento da carreira de Ricky Martin, que leva a alcunha hitmaker não pela obra, mas por toda a sua trajetória. O álbum é uma alma desnuda, uma reflexão de sentimentos.

A segunda parte, de acordo com a gravadora, será mais “movida”. Para quem estava acostumado ao cantor mais urbano dos últimos anos, Pausa é um bálsamo de tranquilidade que se encaixa perfeitamente ao momento em que vivemos. Os problemas seguem, a vida continua, mas é preciso ter um olhar empático para seguir adiante.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Assine nossa newsletter e receba tudo primeiro!

Não mandamos spam e nem divulgamos seu e-mail! Apenas enviamos mediante sua autorização.