Conecte com a gente

VIVA VOZ

O amor que constrange: demonstrações de afeto em público incomodam?

Imagine a cena: um casal sentado num banco de parque, ambos apaixonadíssimos, trocam beijos molhados sem se importar com a opinião de quaisquer pedestres desavisados que por ali possam passar. Não há nada além disso, mão naquilo ou aquilo na mão, são apenas beijos, beijos de quem deseja e é desejado. Você se incomodaria com isso?

É comum na cultura americana a expressão “hey, get a room”, algo do tipo – caramba, arranjem um quarto!, – algo que reflete, de certa forma, o incômodo que expressões muito calorosas de afeto podem despertar em terceiros.

Alguns diriam que as pessoas não se sentem livres para fazer o que quiserem, outras, que é necessário bom senso sim na hora de demonstrar tanto amor em público. É fato que em alguns países do mundo para frear o entusiasmo dos casais, muitas nações optam por certas regras e punições. Na Índia, por exemplo, os atores Richard Gere e Shilpa Shetty foram processados por exagerarem em suas demonstrações públicas de afeto. E na Holanda, onde se é permitido fazer sexo em praça pública, é preciso respeitar alguns limites: o sexo só pode ser feito a noite e longe dos parques infantis, e os casais tem que assumir o compromisso de jogar seus preservativos no lixo.

No Brasil, beijos lascivos e carícias em público são considerados como atentado violento ao pudor. Mas é claro que a liberdade cada vez maior nos hábitos e costumes da nossa sociedade torna esta punição aplicável apenas em casos extremos.

Pois bem, e no quesito beijo de cinema? Como você lida com demonstrações públicas nesse sentido? Se sente constrangido quando vê e por isso também evita ou não, amor é pra ser mostrado mesmo?

fonte: casalsemvergonha.com.br e delas.ig.com.br

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

WhatsApp chat