O Brasil nas graças do Little-Mix

O Little Mix esteve no Brasil em 2020, para um show em São Paulo, e a passagem por aqui parece ter marcado bastante o grupo, em especial, integrante Leigh-Anne Pinnock, que fez questão de falar sobre o momento durante seu documentário “Leigh-Anne: Race, Pop & Power” (Raça, Pop & Poder, na tradução literal), que estreou no dia 13, na BBC.

Na produção, a cantora discute o racismo na indústria da música, abraçando sua própria experiência como única integrante negra do Little Mix, expondo situações sobre as quais ela já se abriu bastante com os fãs, inclusive através de desabafos nas redes sociais.

E sobre isso, o público brasileiro certamente guardou um lugar especial nas lembranças da cantora. Em um trecho do documentário, divulgado por perfis de fãs do trio, Leigh-Anne rasgou elogios sobre como foi recebida pelas fãs de nosso país.

“Nós chegamos e, a partir daquele momento, era: ‘LEIGH-ANNE, LEIGH-ANNE’. O público estava indo a loucura por mim, e eu pensei ‘Uau’. Eu nunca tinha visto ou escutado algo assim”, disse ela.

Veja o trecho que está ganhando força nas redes sociais:

“Havia tantas pessoas negras na plateia e eu nunca havia sentido esse amor. Eu nunca me senti tão aceita”, acrescentou.

E aí? O que acha do assunto? Comente!

Gostaria de ser um parceiro @BLINK102FM? Ligue 67 3325 2444 - comercial@blink102.com.br