Conecte com a gente

BLINK NEWS

NASA desenvolve laptop para buscar registros de vida no espaço

A agência espacial norte-americana a NASA, está com um "brinquedo" novo e que vai ajudar os cientistas na busca por vidas-extraterrestres, a agência o chama de "Laptop químico" O invento é um computador que tem a capacidade de analisar amostrar, para buscar sinais de vida.  Além de ter um poder maior de percepção do que [...]

A agência espacial norte-americana a NASA, está com um “brinquedo” novo e que vai ajudar os cientistas na busca por vidas-extraterrestres, a agência o chama de “Laptop químico”

O invento é um computador que tem a capacidade de analisar amostrar, para buscar sinais de vida.  Além de ter um poder maior de percepção do que os outros equipamentos utilizados fora da Terra atualmente, ele é o primeiro a conseguir detectar ácidos graxos e aminoácidos. Na prática isso é bem importante, os dois componentes são essenciais para que se estabeleça vida, e encontrá-los pode ser uma prova de que há, ou já ouve, algo vivo por ali.

A NASA informou que o equipamento funcionará de uma forma bem parecida com sua máquina de café expresso. Uma amostra é coletada, misturada com água e fervida a 100°C, depois disso, o computador adiciona um corante que reage em contato com os elementos procurados, se algo for encontrado, um microchip separará a substância e possibilitará, até mesmo, saber qual o tipo de aminoácido localizado.

O novo experimento já está sendo testado em campos nos arredores da agência especial, em Pasadena, Califórnia, mas seu próximo desafio será internacional. A NASA está preparando testes no deserto do Atacama, no Chile. A ideia é sair do país, para depois sair do planeta.

O equipamento, que é descrito pela agência espacial como pequeno e portátil, ainda tem a vantagem de conseguir acionar diferentes tipos de aplicativo para análise, podendo ser reprogramado quando necessário. Ainda não se sabe quando o notebook será enviado ao espaço, mas a NASA está determinada a lança-lo em algum momento.

“O objetivo máximo é colocar um detector desses em um veículo especial como um Mars Rover”, afirma Peter Willis, diretor de pesquisas do projeto.

Nesse momento, enquanto o pequeno computador não viaja pelo universo, podem ser exploradas as habilidades do pequeno por aqui mesmo, seja em testes com medicamentos, ou na coleta de dados sobre o ambiente terrestre.

Escrito por

Jornalista Brasileira. Produtora de conteúdo. pura canceriana. descobrindo maneiras de agradecer, sempre. respirando fundo, de vez em quando. a louca da poesia, dos contos e das letras de músicas. Journalist brazilian w/ italian citizenship - cargocollective.com/giuliasimcsik

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Vá dormir direito!

VIVA+

Não seja traíd(a)o pelos olhos! Fuja disso! Desconfie.

COLUNISTAS

26 FEV: #6_PRINCIPAISNOTÍCIAS

BLINK NEWS

Saiba como se proteger de assédio sexual no carnaval com a Google.

COLUNISTAS

WhatsApp chat