Conecte com a gente

ENTRETENIMENTO

O que quer, afinal, a geração Z?

Os Ys, Xs e Baby Boomers que nos desculpem, mas nesta matéria nós vamos falar sobre eles, que estão em todos os lugares, em todos os momentos, e às vezes até em vários lugares ao mesmo tempo: a geração Z. Os nativos da tecnologia que certamente não se lembram o que é o mundo sem internet, estão virando as coisas e a cabeça de seus antecedentes de cabeça para baixo.

Esta categoria de pessoas que nasceram a partir da década de 90 até os dias de hoje, indicam os mais jovens garotos e garotas que querem tudo para ontem, são críticos, dinâmicos, exigentes, autodidatas e não gostam de hierarquias ou horários pouco flexíveis.

Há quem não leve muito a sério este campo da psicologia que separa as pessoas e suas peculiaridades pela época em que vieram ao mundo, mas fato é que o pensamento em comum dos mais novos tem causado grande impacto, principalmente no âmbito profissional.

Dado Schneider, doutor em Comunicação, afirma: “Eles enxergam o mundo diferente. Sua relação com o tempo é outra, é online, a maneira como lidam com hierarquias e a autoridade, enfim, tudo é diferente para a geração deste milênio e as organizações devem se inspirar nela”.

Ainda segundo ele, o comportamento que pode parecer arrogante, apenas reflete a evolução de pessoas que sabem o que querem e são questionadores com argumentos: “Diferentemente da Geração X (nascidos entre o fim de 1960 e 1980), que aceita as normas de trabalho, e da Geração Y (nascidos entre 1980 e 1995), que finge que aceita, eles são questionadores e possuem bons argumentos. A verdade é que eles são bastante maduros, assertivos e vão ser os chefes da geração Y em poucos anos”, prevê.

No entanto, outros estudiosos apontam problemas com essas novas tendência do jovem em comunidade: egocentrismo, não saber ouvir nãos, não sabem ou não terem mais o sentimento de perda e o imediatismo que pode causar ansiedade e consequente frustração, infelicidade.

Você acredita que essas categorias temporais podem ditar novos comportamentos sociais? Qual é a sua experiência e a sua percepção com os jovens nascido dentro desta geração?

Fonte: manualdohomemmoderno.com.br

Escrito por

Buscando a felicidade sempre. Apaixonado pela comunicação e pela música. Sonhar, acreditar e jamais desistir, tudo isso sem perder a fé. Locutor, cantor e acadêmico de jornalismo. Apresentador do Viva-Voz. Me siga no insta: @padubotelho.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RECOMENDADOS PARA VOCÊ:

Não seja traíd(a)o pelos olhos! Fuja disso! Desconfie.

COLUNISTAS

Saiba como se proteger de assédio sexual no carnaval com a Google.

COLUNISTAS

Vida sem tecnologia? É possível, sim

VIVA+

AS 6 PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA | 21 DE DEZEMBRO

BLINK NEWS